Quinta-Feira, 9 de Abril de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Ministro sinaliza veto a novo cálculo de aposentadoria

Publicada em 17/06/2015 às 02:06
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O ministro da Previdência, Carlos Gabas, indicou ontem que são remotas as chances de a presidente Dilma Rousseff sancionar a medida provisória aprovada no Congresso com a flexibilização do fator previdenciário, mecanismo criado para adiar as aposentadorias de quem deixa o serviço mais cedo. Em reunião com dirigentes de seis centrais sindicais, ministros disseram que a fórmula 85/95, avalizada pelo Congresso, quebra a Previdência e ouviram da CUT, braço sindical do PT, a ameaça de que, se houver veto, a entidade deixará o fórum de negociações com o governo. 
 
Na tentativa de evitar mais desgaste político, Dilma pretende apresentar hoje, prazo final para sanção ou veto do projeto, uma proposta alternativa à fórmula pela qual o trabalhador pode pedir aposentadoria integral, sem o corte do fator previdenciário, sempre que a soma da idade com o tempo de contribuição atingir 85 anos para mulheres e 95 para homens. 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar