Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Mairinque terá integração entre as linhas de ônibus Com o novo sistema, o usuário utilizará dois ônibus de linhas diferentes em um intervalo de 70 minutos

Publicada em 16/06/2015 às 02:06
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Foto: AI/PMM
A partir de 1º de julho, o transporte coletivo de Mairinque também passará a ter o sistema de integração entre as linhas, como já acontece na Capital, em Sorocaba e em outros municípios, ou seja, o passageiro poderá utilizar dois ônibus de linhas diferentes, em um intervalo de 70 minutos, pagando apenas uma passagem, desde que os usuários façam o cadastramento na concessionária Jundiá. O bilhete múltiplo que propicia a integração de duas linhas custará R$ 2,60.
 
Por exemplo, hoje uma pessoa que mora no Jardim Vitória e trabalha em Dona Catarina precisa pegar o ônibus no bairro, ir até o Centro de Mairinque, descer, pagar outra passagem e pegar outro ônibus até o bairro de destino. Com a integração, a pessoa vai descer em um dos pontos do trajeto, como por exemplo na praça da Vila Sorocabana e ali mesmo pegar o ônibus para Dona Catarina, sem pagar outra passagem. Precisará apenas passar o cartão na catraca.
 
As principais vantagens desse sistema é que o passageiro irá se locomover pela cidade de forma mais rápida, prática e econômica.
 
INTEGRAÇÃO E CADASTRAMENTO - Mesmo a cidade não tendo terminais urbanos, segundo a Prefeitura de Mairinque será possível realizar a integração, pois cada parada de ônibus onde houver cruzamento de linhas diferentes será um ponto de integração. Serão divulgados oportunamente, pela concessionária Jundiá, quais serão os principais pontos de integração na cidade e onde serão as partidas e chegadas das linhas de ônibus, porém o usuário não precisará realizar a integração apenas nesses pontos principais. Isso poderá ser feito em qualquer local em que duas linhas diferentes se cruzam. Por exemplo, se o usuário sobe no ônibus no bairro Marmeleiro, pode descer no ponto em frente à Fepema, antigo recinto da Festa do Pêssego na Rodovia Raposo Tavares, e ali mesmo pegar o ônibus para o bairro Dona Catarina.
 
O acesso à integração só será permitido, porém, por meio do cartão múltiplo cadastrado, cartão vale-transporte (concedido pelas empresas), cartão escolar e cartão gratuidade. O cartão unitário não dará direito à integração e o cartão comum que não for cadastrado será retido na catraca na utilização do último crédito, não permitindo, assim, a integração. Para isso, os usuários também deverão fazer o cadastro do cartão múltiplo, que pode ser carregado com quantos créditos o passageiro necessitar. Além disso, caso o usuário cadastrado perca o seu cartão, poderá bloquear os créditos do cartão extraviado e transferi-los para o novo cartão, com o usuário pagando apenas a taxa da segunda via. O cartão múltilplo garantirá, assim, o embarque seguro e imediato e ainda acabará com a necessidade da compra do cartão unitário em pontos de venda que, dependendo do dia e do horário, não ficam abertos.
 
Para o cadastramento, basta o usuário apresentar o documento de identidade e CPF e se dirigir ao escritório da empresa, que está localizado na praça Senador José Ermírio de Moraes, 295, na Vila Sorocabana, todos os dias da semana, das 5 até às 23 horas.
 
CONQUISTAS - Em junho de 2013, ondas de protestos invadiram o País, depois que foi anunciado o aumento das passagens de ônibus em várias cidades e capitais brasileiras. Dois meses antes, em abril, a Prefeitura de Mairinque renegociou o contrato com a empresa Jundiá, que presta os serviços de transporte coletivo na cidade, e reduziu a tarifa dos R$ 2,90, para apenas R$ 2,00, quando iria aumentar para R$ 3,10, tornando Mairinque conhecida como uma das tarifas mais baratas do País.
 
Além da redução de tarifa, que representa 30% de economia, a frota de ônibus urbanos do Município foi renovada com 29 veículos novos, houve readequação das linhas escolares com ônibus em horários e linhas exclusivas para atender aos estudantes e também aconteceu a implantação de monitores nos ônibus que transportam menores de 12 anos.a
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar