Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Ação alerta a população sobre combate ao trabalho infantil

Publicada em 13/06/2015 às 23:06
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Foto: Fernando Rezende
Uma ação de conscientização em função ao dia Mundial do Combate ao Trabalho Infantil, comemorado no dia 12 de junho, contou com a distribuição de bexigas e panfletos na Ceagesp na manhã deste sábado (13). Organizado pela Secretaria do Desenvolvimento Social da Prefeitura, a campanha tem como principal missão conscientizar as famílias, e também as crianças, a respeito da lei que proíbe o trabalho infantil. 
 
De acordo com a psicóloga e uma das responsáveis pela seção de proteção especial da zona oeste na Secretaria do Desenvolvimento Social, Fernanda Monteiro Silva, a campanha começou a ser pensada no mês de março deste ano, com o objetivo de mostrar os riscos que o trabalho infantil pode causar para os pequenos. “A criança deve estar brincando e não trabalhando. Além disso, nós escolhemos a Ceagesp porque essa região é onde se concentra o maior número de casos na cidade.” 
 
Ela comenta, ainda, que as crianças que trabalham em feiras-livres podem ter prejuízos físicos. “Por conta do excesso de peso, elas podem carregar prejuízos físicos ao longo da vida. Temos de combater isso. Enquanto elas estão trabalhando, não estão brincando. Elas têm de estar na escola, fazendo coisas que crianças fazem”, reforça.
 
Segundo Fernanda, a campanha que foi desenvolvida também nos terminais de ônibus da cidade pretende seguir de forma permanente e sistemática dentro das escolas, centros de saúde e empresas. A pasta também fará amanhã uma capacitação para os profissionais da área da assistência com a abordagem do combate ao trabalho infantil. “Inicia-se aí uma nova forma de trabalhar, são campanhas realizadas de maneiras diferentes, mas com o mesmo propósito."
 
A psicóloga ressalta que, de acordo com uma pesquisa aplicada em 2010 pelo Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE), 2.500 crianças até 14 anos são vítimas do trabalho infantil na cidade.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar