Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Palhaços da Trupe Lona Preta fazem a farra

Publicada em 01/05/2015 às 02:05
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Foto: Divulgação
Outra diversão garantida no feriado desta sexta-feira, 1º de Maio, em comemoração ao Dia do Trabalho, é o espetáculo "O Concerto da Lona Preta", da Trupe Lona Preta, que será encenado igualmente no ginásio do Sesc Sorocaba, às 16 horas. A atração é interativa, gratuita e livre para todos os públicos. 
 
A atração é inspirada na tradição circense e em músicas que fazem parte do imaginário popular. Cinco palhaços, que também atuam como músicos, tentam de forma divertida executar um concerto musical com um amplo e variado repertório. Os palhaços esfarrapados se apresentam sob uma imaginária lona preta. Eles simbolizam trabalhadores e desempregados, precarizados sob a lona invisível que representa a falta de condições dignas para se viver.
 
A atração promove a reflexão em sua trama por meio de um apanhado de cenas clássicas de palhaço que foram transmitidas oralmente por gerações, o que torna o espetáculo dotado da flexibilidade do improviso e da interação com o público, parte fundamental do processo de pesquisa e criação da Trupe Lona Preta. O público assistirá, assim, a um espetáculo único. A cada apresentação de "O Concerto da Lona Preta", a obra se refaz e se transforma de acordo com as novas experiências adquiridas. Expressões musicais, como o samba e o hip hop, são utilizadas para representar os encontros e desencontros da periferia, correspondendo a um conteúdo rico e complexo, que retrata o cenário de exclusão e resistência. 
 
Com direção de Sérgio Carozzi e produção de Henrique Alonso, "O Concerto da Lona Preta" tem no elenco os atores Alexandre Matos, Elias Costa, Joel Carozzi, Wellington Bernardo e o próprio Sérgio Carozzi.
 
TRUPE LONA PRETA - A Trupe Lona Preta, grupo composto por pessoas que mobilizam diversas linguagens artísticas, como Música, Teatro, Artes Plásticas e Cinema, nasceu em 2005, a partir da experiência em saraus e intervenções artísticas organizadas na comunidade do Jardim Guarau e no seu entorno, em São Paulo, dialogando com associações de moradores da região e movimentos culturais. Tal experiência coincidiu com o desenvolvimento de uma pesquisa sobre a linguagem do palhaço, o que incentivou ainda mais a prática de colocar em cena, tanto nos saraus, como nas ruas, os esquetes criados coletivamente. 
 
Há dez anos, a Trupe Lona Preta realiza inúmeras apresentações, circulando por mais de 100 bairros e comunidades da região metropolitana de São Paulo (Parque Pirajussara, Real Parque, Vila Fundão, Santa Tereza, Parque Santo Antônio, Campo Limpo, Capão Redondo, Jardim São Luiz, Grajaú e Taboão da Serra, entre outras), além de percorrer unidades do circuito Sesc e outras cidades do Brasil. O grupo prossegue também os estudos e reflexões com o intuito de construir uma prática teatral que esteja em consonância com a realidade da população.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar