Domingo, 15 de Setembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Beleza artística do Antigo Egito é mostrada por Museu Itinerante

Publicada em 15/04/2015 às 01:04
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Essam dedica sua vida às réplicas de peças históricas egípcias (Foto: Divulgação)
Museu Egípcio Itinerante é uma mostra inédita em Sorocaba e reúne mais de 150 réplicas dos mais famosos artefatos históricos em exibição nos museus do Cairo, Alexandria, Luxor, Louvre, Londres, Berlim e do Vaticano
 
O Pátio Cianê Shopping, na região central da cidade, traz pela primeira vez a Sorocaba o Museu Egípcio Itinerante, um dos mais completos acervos mundiais de réplicas de artefatos do Egito Antigo. São mais de 150 obras do artista egípcio Essam Elbattal, com peças que revelam a cultura contemporânea do país e réplicas de múmias, sarcófagos, estátuas de deuses e pinturas sobre papiros, entre outras. As peças reproduzem um rico e variado acervo que se encontra em exposição em alguns dos mais importantes museus do mundo, como o do Cairo, de Alexandria e Luxor, os três no Egito; do Louvre, em Paris (França); de Londres (Inglaterra), de Berlim (Alemanha) e, inclusive, do Vaticano, em Roma.
 
Em um ambiente temático que inclui espetáculo com som e luz, o Museu Egípcio Itinerante ainda apresenta ao público atividades paralelas, inclusive palestras, oficinas de fabricação artesanal de papel papiro e apresentações folclóricas. O museu segue aberto à visitação pública no Pátio Cianê Shopping até o dia 14 de junho, no 1º piso do bloco A.
 
ESSAM ELBATTAL - Idealizador do Museu Itinerante, o artista plástico Essam Elbattal nasceu na cidade de Sharkia, no Egito. Demonstrou profunda inclinação para as Artes Plásticas ainda na infância e, já aos 16 anos de idade, se dedicava à criação de obras inspiradas no Antigo Egito, baseando seu trabalho em pesquisas de renomados egiptólogos internacionais. Em 1989, se graduou em Artes Plásticas pela Universidade de Alfnon Algamela, no Cairo, e em 1992 formou-se em Economia pela Universidade de Zagzig, na cidade do mesmo nome. No entanto, o sonho de dedicar seu trabalho à valorização do Egito Antigo permaneceu e logo Essam começou a organizar exposições itinerantes ao redor do mundo.
 
Em 1996, realiza ele pela primeira vez, no Brasil, um ciclo de exposições apresentando réplicas de peças famosas. Entre elas, O Escriba, O Busto Inacabado de Nefertiti, A Múmia, A Pedra de Roseta, O Sarcófago de Tutankhamom e A Máscara de Tutankhamom, assim como inúmeros objetos religiosos e de adorno.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar