Terça-Feira, 17 de Setembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Segurança Alimentar é tema de conferência

Publicada em 14/04/2015 às 02:04
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Na próxima quinta-feira (16), das 8 às 18 horas, ocorre a 1ª Conferência Municipal de Segurança Alimentar de Sorocaba, que terá como tema "Comida de verdade no campo e na cidade: por direitos e soberania alimentar". O encontro será realizado na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, localizado na rua Júlio Hanser, 140, próximo à Rodoviária.
 
Organizado pelo Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea) de Sorocaba, o objetivo principal do encontro é consultar a população sobre as questões que envolvem o tema, bem como para definir prioridades e diretrizes para a elaboração do Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional. A previsão é que este documento esteja finalizado em 2016. "Por isto é de suma importância que tenhamos a participação de todos os setores da sociedade. Este é o momento de ouvirmos a população", destaca Bruno Franques, presidente do Consea e representante do Núcleo de Agroecologia Apete Caapuã da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos).
 
O evento é uma ação preparatória para a 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar, que ocorrerá em novembro, em Brasília. Antes disto, acontecerá também a etapa Regional, entre maio e junho, e a Estadual, em agosto deste ano.
 
SEGURANÇA ALIMENTAR - A Segurança alimentar e nutricional consiste na realização do direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a outras necessidades essenciais, tendo como base práticas alimentares promotoras de saúde, que respeitem a diversidade cultural e que sejam ambiental, cultural, econômica e socialmente sustentáveis.
 
Durante a Conferência Municipal na quinta-feira, pela manhã serão realizadas apresentações para compor um panorama sobre as principais questões que envolvem a segurança alimentar e nutricional. À tarde, os participantes vão se dividir em grupos de trabalho para discutir eixos temáticos: Segurança alimentar; Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA); nutrição, fome, desnutrição e obesidade; Infância, alimentação e mídia; Agricultura, água e ecologia; e Soberania alimentar, reforma agrária, agricultura familiar e comunidades tradicionais.
 
A partir desta discussão, serão formuladas propostas para resolver os principais problemas que envolvem o assunto. As propostas serão apresentadas e apreciadas por todos na plenária final para, então, serem encaminhadas às suas instâncias. Aquelas que se referirem a questões que competem ao Poder Público Municipal serão encaminhadas ao Consea Sorocaba e servirão como base para a elaboração do Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional. As que forem de competência estadual ou federal serão enviadas para as outras etapas da Conferência.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar