Segunda-Feira, 30 de Março de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Aposentados que recebem salário mínimo passam dos 32 mil na cidade Maioria dos beneficiários tem mais de 60 anos

Publicada em 29/03/2015 às 11:03
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Em um ano, o número de aposentados caiu cerca de 12% (Foto: Fernando Rezende)
O número de aposentados que receberam um salário mínimo por mês em Sorocaba, durante 2014, foi de 32.221 pessoas, o que representa cerca de 5% da população total se comparado com o número estimado divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em agosto passado, de 637.187 mil habitantes. Até dezembro, o salário mínimo era de R$ 724 e passou para R$ 788. Já em relação ao total de aposentados na cidade, equivale a 42,98%, pois, de acordo com o Instituto Nacional (INSS), há 74.964 mil beneficiários. Desses, 54.724 mil têm mais de 60 anos de idade, o que corresponde a 73% dos que recebem a contribuição. Em um ano, o número de aposentados caiu cerca de 12%, já que em 2013 o INSS registrava 85.293.
 
OCUPAÇÃO – Em 2010, quando a população da cidade era de 586.625 mil habitantes, o Censo do IBGE mostrou que havia 11.615 pessoas acima dos 60 anos de idade que mantinham uma ocupação. Um total de 3.164 recebia até um salário mínimo por mês que, na época, era de R$ 510. Entre um e 10 salários mínimos, a parcela de aposentados somava 7.830 pessoas, enquanto de 10 a 20 era de 507 beneficiários. Já de 20 a 30 salários eram 92 aposentados e somente 22 que recebiam acima de 30 mínimos. 
 
PROJEÇÃO - Uma projeção da Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados) com base nos dados do Censo 2010, do IBGE, aponta que em 2014 a população acima dos 60 anos em Sorocaba seria de 75.144 pessoas. A maior parte, cerca de 33,73%, tem entre 60 e 64 anos de idade. Já a parcela de 75 anos ou mais representa quase 25%, enquanto de 65 a 69 anos chega a 24,32%. Levando em consideração o estudo, a parcela idosa da população representa 3,97% do total da cidade.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar