Segunda-Feira, 30 de Março de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Bênção e procissão de ramos abrem a Semana Santa de 2015 amanhã

Publicada em 28/03/2015 às 00:03
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Imagens seculares expostas na Catedral, no Centro (Foto: Fernando Rezende)
IGREJA
 
Todas as igrejas paroquiais da cidade e da região, acompanhando o calendário litúrgico romano para a Igreja católica espalhada pelo mundo todo, têm preparado para amanhã cerimônias religiosas relativas ao Domingo de Ramos, abrindo a Semana Santa de 2015. O arcebispo metropolitano de Sorocaba, dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues, preside às 10 horas as cerimônias litúrgicas lembrando a entrada triunfal de Nosso Senhor Jesus Cristo, debaixo de calorosas manifestações de júbilo e gritos de "Hosana ao Filho de Davi! Bendito o que vem em nome do Senhor", em Jerusalém, onde dias depois seria entregue à morte, na igreja da Catedral de Nossa Senhora da Ponte. Haverá bênção dos ramos junto às escadarias da Sé Metropolitana, na praça Cel. Fernando Prestes, procissão pelas ruas do entorno da igreja (São Bento, Padre Luiz, Penha e Cel. Benedito Pires) e missa, com a solene proclamação do Evangelho da Paixão.
 
A Semana Santa, como destaca o teólogo padre Rodolfo Gasparini Morbiolo, da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, de Vila Angélica, começa, assim, com o espetáculo humano denunciado pela traição do povo da Antiga Aliança, simbolizado nos habitantes de Jerusalém, entusiastas acolhedores do Messias e, ao mesmo tempo, seus mais ardorosos algozes. Tudo isto, num único dia, o Domingo de Ramos da Paixão do Senhor. "Este derradeiro Dies Domini, Dia do Senhor, desmembra-se posteriormente nos ofícios próprios da Semana da Paixão, que tem como coração o Tríduo Pascal. Amparados no testemunho evangélico de João somos imersos nos mistérios do sofrimento, morte e ressurreição do Filho do Homem, Messias e Redentor de Israel e Salvador da Humanidade", acrescenta padre Rodolfo.
 
Já na Paróquia Salesiana de Nossa Senhora Auxiliadora, no Jardim Paulistano, haverá amanhã duas missas com bênção e procissão de ramos, a primeira às 7, saindo do Oratório, e a segunda às 10 horas, com a bênção no estacionamento da Igreja Matriz, precedendo a procissão; nas missas das 8, 18 e 19h30, assim como na deste sábado (28), às 16h30, haverá apenas a bênção de ramos. Na Paróquia de São Lucas, no bairro do Vergueiro, as cerimônias religiosas do Domingo de Ramos amanhã terão início às 9 horas defronte ao prédio da Faculdade de Medicina da Puc-SP. Segue-se a procissão pela rua Cláudio Manoel da Costa e missa solene com a proclamação do Evangelho da Paixão na Igreja Matriz, sob a presidência do pároco padre Tacílio Ferreira Gomes, CR, também prepósito da Província Paulo VI do Brasil da Ordem dos Clérigos Regulares (Padres Teatinos).
 
Na Paróquia de Santa Rita de Cássia, em Vila Santana, informa o pároco padre Manoel César de Camargo Júnior, a bênção de ramos será junto ao Colégio Véritas, às 17 horas deste domingo, seguindo-se a procissão até a Igreja Matriz, para a missa de abertura da Semana Santa deste ano. Ainda no âmbito da Paróquia de Santa Rita de Cássia, amanhã pela manhã, às 8h30, haverá bênção de ramos, procissão e missa junto à Comunidade de Santa Edwiges, no Jardim Brasilândia.
 
A SEMANA SANTA - A Semana Santa'2015 prossegue na Catedral Metropolitana na quarta-feira (1º de abril), quando às 19h30 o arcebispo dom Eduardo Benes preside, ao lado de todo o clero secular e religioso da Arquidiocese de Sorocaba, a chamada `Missa do Crisma', que manifesta a Unidade da Igreja Particular em torno de seu Pastor e são abençoados os Óleos Sacramentais (Catecúmenos e Enfermos) que serão utilizados em todas as paróquias locais e da região nos próximos meses, na administração dos Sacramentos, assim como consagrado pelo Arcebispo o Óleo do Crisma. Nessa missa ainda, os padres presentes renovam perante a Igreja, na pessoa do Arcebispo, suas promessas sacerdotais.
 
Na Catedral Metropolitana, segunda (30) e terça-feira (31), haverá missa precedida do exercício quaresmas da Via Sacra às 12 e 18h15. O Tríduo Pascal começa na Quinta-Feira Santa, 2 de abril), às 19h30, com a Missa da Ceia do Senhor, lembrando a instituição da Eucaristia e do sacerdócio católico, incluindo o Sermão do Mandato, o Mandamento Novo de Jesus ("Amai-vos uns aos outros, assim como Eu vos amei"), e cerimonial do Lava-pés. Segue-se vigília de orações diante de Jesus Sacramentado após a missa.
 
Sexta-Feira Santa, dia 3, as funções litúrgicas da Paixão e Morte do Senhor na Catedral Metropolitana começam, como de costume, às 14 horas, com a pregação do Sermão das Sete Palavras pelo pároco padre Tadeu Rocha Moraes e, em seguida, a ação litúrgica da Paixão do Senhor. Às 19h30, sairá a Procissão do Senhor Morto pelas ruas do Centro, seguindo-se a encenação da Paixão pelos jovens nas escadarias da igreja. Sábado Santo (3), a Vigília Pascal, com a missa da Ressurreição, está marcada para as 19h30.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar