Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Thomas Traumann deixa Secretaria de Comunicação Social do governo Roberto Messias, secretário-executivo da Secom, assumirá o comando da pasta de forma interina

Publicada em 26/03/2015 às 08:03
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Saída do ministro já era esperada após vazar documento de críticas à comunicação do governo (Foto:STF)
A presidente Dilma Rousseff aceitou ontem o pedido de demissão do ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom), Thomas Traumann. Segundo a Secretaria de Imprensa, o atual secretário-executivo da Secom, Roberto Messias, assumirá o comando da pasta interinamente, até que Dilma nomeie um sucessor. Traumann é o segundo da equipe do novo mandato de Dilma a deixar o governo em uma semana. Na quarta-feira (18), o ministro da Educação, Cid Gomes, pediu demissão após se envolver em polêmica com o Congresso Nacional. Na quinta-feira (19), a presidente descartou uma reforma ministerial e disse que a mudança do comando da Educação era pontual.
 
A saída de Traumann ocorre após o vazamento de um documento interno produzido pela Secom com críticas à comunicação do governo. O documento, que não tem assinatura, circulou na terça-feira (17) entre ministros, dirigentes do PT e assessores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 
 
O texto cita, em tom de alerta, pesquisa telefônica recente feita pelo Ibope a pedido do Planalto na qual 32% dos entrevistados disseram ter mudado de opinião negativamente sobre o governo nos últimos seis meses, ou seja, da campanha de outubro até agora. Conclui que o País passa por um caos político e admite que não será fácil virar o jogo. O documento é dividido em três partes: "Onde estamos", "Como chegamos até aqui" e "Como virar o jogo".
 
A Secretaria de Comunicação Social é responsável pela interlocução do Palácio do Planalto com a imprensa, por gerenciar as estratégias de comunicação de todos os ministérios e definir a aplicação das verbas publicitárias do governo nos veículos de comunicação.
 
A saída de Traumann já era esperada. Em sua conta no Twitter, o agora ex-ministro postou trechos da música "Novos Rumos", de Paulinho da Viola, que diz: “Vou imprimir novos rumos ao barco agitado que foi minha vida. Fiz minha velas ao mar, disse adeus sem chorar e estou de partida. Todos os anos vividos são portos perdidos que eu deixo para trás. Quero viver diferente, que a sorte da gente é a gente que faz".
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar