Sábado, 6 de Junho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Vagas divulgadas na internet atraem milhares de candidatos Pessoas chegaram de madrugada

Publicada em 03/02/2015 às 09:02
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Candidatos dividiram espaço na calçada (Foto: Bruno Cecim)
Os anúncios de empregos para Auxiliar de Produção e Operador de Telemarketing, emitidos por uma agência de empregos, situada na Rua Amazonas, Vila Santa Teresinha, atraíram cerca de oito mil pessoas na manhã desta segunda-feira (2), conforme o diretor da empresa, Walter Rosa. Embora a direção da entidade não tenha revelado a firma contratante e o número de vagas, devido a contrato de sigilo, candidatos amanheceram na fila, que dobrava dois quarteirões. O trânsito na região ficou prejudicado e foi preciso ajuda dos agentes da Urbes, os amarelinhos.
 
Rosa explica que as oportunidades foram anunciadas nas redes sociais da agência. Conta, ainda, ter esperado menos interessados, porque a quantidade média de atendidos, diariamente, é de 200 pessoas. Ao mesmo tempo em que diz estar alegre, o diretor salienta ser triste a situação atual do País em relação a postos de trabalho. “Antes, quando soltávamos um anúncio de vagas, recebíamos no máximo dez interessados. Hoje, veja a quantidade!” 
 
Apesar de a fila estender-se por todo o entorno do prédio, o candidato que chegou por volta das 13 horas não conseguiu participar do processo seletivo, contudo podia deixar no setor de atendimento o currículo, informando a pretensão de salário. Rosa adianta que, para os que não conseguiram participar da seleção ontem, foi agendado horário para os próximos dias e entregue senhas. “Até o começo de março, temos agendamento marcado.”
 
O diretor comenta que 95% dos candidatos passam no exame, por ser simples. A prova é composta por questões da Língua Portuguesa, Matemática e Redação. Não é obrigado ter experiência e o interessado precisa ter concluído o Ensino Médio. O salário para quem for selecionado é R$ 1.300, mais benefícios. Rosa justifica o limite proposto no horário de atendimento por causa do Sol forte e calor, que podem interferir na saúde dos que enfrentam a fila. 
 
O operador de produção, Reginaldo William de Almeida Romano, disse ter chegado por volta das 7 horas para conseguir ser o primeiro da fila, porém lamenta ter encontrado pessoas na frente. “Impossível, teve gente que chegou aqui às 4 da manhã.” Protegendo-se do Sol com o currículo, a operadora de produção, Ana Rosa Lima, também afirma ter chegado de manhã, porque já estava agendada. Ela comenta ter escutado que há 500 vagas para as duas funções e afirma que a grande culpa da situação é o governo. “Tinha até gente com bebê na fila. Tudo isso é culpa da Dilma, que, além de tudo, mexe no nosso ‘seguro-desespero’ (seguro-desemprego)”, ironiza.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar