Terça-Feira, 18 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Frente fria deve amenizar calor de 37°C Advogados são dispensados do terno e gravata

Publicada em 21/01/2015 às 01:01
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A piscina do Sesc ficou lotada na tarde de ontem (Foto: Fernando Rezende)
Uma frente fria está prevista para chegar ao Estado de São Paulo nesta quarta-feira (21). Conforme o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia, Marcelo Schneider, a temperatura deve ficar em 32°C hoje e pancadas de chuva são esperadas à tarde. Ontem, o calor não deu trégua e ficou na escala de 36°C a 37,1°, contudo o especialista afirma não ter dados da sensação térmica, devido à baixa umidade. O tempo mais ameno fica até amanhã e, na sexta-feira (23), volta o clima típico de verão, com calor durante o dia e chuva no fim da tarde. 
 
As temperaturas acima dos 30°C são convites para banhos em piscinas e cachoeiras, mas é preciso cuidado. Nos últimos 15 dias, na região de Sorocaba, foram registradas cinco mortes por afogamento em cachoeiras e lagos. Algumas pessoas também não se atentam aos perigos da radiação solar ao lugar impróprio para a atividade. Segundo Schneider, não é recomendado a banhistas que se exponham ao Sol em períodos de maior radiação. Durante o horário de verão, o usuário deve evitar piscinas das 11 às 17 horas. “Nestes dias, deve ser evitado mais ainda”, destaca. 
 
Pesquisa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) mostra que o câncer mais frequente no Brasil é o de pele, correspondendo a 25% de todos os tumores diagnosticados em todas as regiões geográficas. Conforme a entidade, a radiação ultravioleta natural, vinda do Sol, é o maior causador da doença. O Inca informa também que os raios são classificados em UV-C, UV-A e UB-B. E os raios UV-C são potencialmente mais carcinogênicos do que os UVB e sua incidência sobre a Terra tem aumentado progressivamente. 
 
A auxiliar de produção, Lucimara Silvério Wanderley, não se preocupou com calor da tarde de ontem e abrigou-se debaixo de uma sombrinha para percorrer as ruas do Centro. Ela conta que é complicado conseguir dormir e a falta de ventilador nas lojas da região central complica ainda mais a situação. Já Mônica Ramos, operadora de caixa em uma lanchonete na Rua da Penha, salienta que consegue pegar no sono por volta da uma e meia da manhã, depois de ter tomado dois banhos. “Cadê a chuva que não vem? No bairro Aparecidinha está impossível.” 
 
PISCINAS – Desde o dia 1° mais de 18 mil pessoas já passaram pela piscina do Sesc de Sorocaba, de acordo com a coordenadora de núcleo esportivo, Maria Denise Leite. O limite de frequentadores no local é de 600 pessoas e, quando o número é atingido, o acesso é fechado e só é permitida a entrada de mais gente quando outras saem. Maria afirma que à tarde o movimento é mais intenso e a temperatura das piscinas, infantil e adulto, fica entre 28°C e 30°C.
 
A estudante Júlia Amaral Sena, 14 anos, foi se refrescar com a mãe e as irmãs. “Neste calor, a gente vem praticamente todos os dias. Em casa a gente toma banho toda hora.” A técnica química Tânia Rodrigues, 34 anos, conta que mantém ligado direto o ventilador em casa e não dispensa frequentar a piscina.     
    
O coordenador de Esporte do Serviço Social da Indústria (Sesi), Sérgio Antunes de Oliveira, explica que o uso das piscinas do Centro de Lazer e Esporte, localizado no bairro Mangal, é liberado mediante apresentação de carteira de usuário atualizada e exames médicos dermatológicos, válidos por três meses. Ele frisa que, nesta época do ano, é observado aumento de 40% no comparecimento de público, já que a quantidade média de atendidos, diariamente, é de 650 pessoas.
 
O crescimento na procura pelas atividades nas piscinas começam em outubro, antes do início do verão. Para manter a segurança, Oliveira ressalta que os usuários são monitorados por cinco guarda-vidas, que passam por treinamento anual, tanto na parte técnica, quanto na de atendimento ao cliente. Ele adianta que os sócios respeitam os intervalos após refeição e estão mais preocupados com a hidratação.
 
TRAJE NO FÓRUM – Funcionários do Fórum e Juizado Especial Federal Cível de Sorocaba estão dispensados do terno e gravata até o dia 21 de março, começo do outono. De acordo com a diretora do setor administrativo do Fórum, Rosângela Santa Rosa Santos, um provimento emitido pela presidência do Tribunal de Justiça abriu exceção, desde o dia sete deste mês, para que os servidores pudessem usar apenas calça social e camisa. Também funcionária do setor administrativo, Sônia Pinheiro de Souza afirma que “está quase morrendo com o calor”. Ela explica que a saída é congelar toalhas envoltas em sacola plástica e colocá-las na cabeça para amenizar.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar