Terça-Feira, 18 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Mais de 30 anos sem Elis Regina

Publicada em 20/01/2015 às 01:01
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Elis também era chamada de Pimentinha pelo compositor Vinícius de Moraes (Foto: Arquivo/Conteúdo Estadão)

Há 33 anos, o Brasil despedia-se de Elis Regina. Morta em 19 de janeiro de 1982, aos 36 anos, vítima de complicações de overdose, a cantora ficou conhecida por sua presença de palco, voz e personalidade. Conseguiu inovar os espetáculos musicais da época com os sucessos “Falso Brilhante” e “Transversal do Tempo”. Aventurou-se por diferentes gêneros, como MPB, Bossa-Nova, Samba, Rock e Jazz. Entre suas interpretações, destacam-se “Madalena”, “Como nossos pais”, “O bêbado e a equilibrista” e “Querelas dos Brasil”. Ela também era chamada de "Pimentinha" pelo compositor brasileiro, Vinícius de Moraes.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar