Quinta-Feira, 27 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Unidos do Cativeiro quer que todos sejam artistas na 'vida' Paulo Betti confirma presença no carnaval sorocabano

Publicada em 18/01/2015 às 00:01
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Mestre Cuco afirma que o dinheiro passado às escolas ainda é pouco (Foto: Fernando Rezende)
CARNAVAL 2015
 
As noites de gala, bailes do Havaí, concursos de miss e teatros que ocorriam no Clube União Recreativo, localizado na Praça Coronel Fernando Prestes, no Centro, são tema para a escola de samba “Unidos do Cativeiro” fazer bonito na avenida. Com o samba-enredo “Todos nós podemos ser artistas” e uma equipe formada por 220 pessoas, o professor e responsável pela maior parte dos eventos no clube, Pedro Salomão José, será o homenageado deste ano. No carro abre-alas, o ator Paulo Betti deve ser a atração do desfile. 
 
De acordo com o presidente da escola, Manuel Troiano dos Santos, conhecido como mestre Cuco, a presença de Paulo Betti tem grande importância para o tema deste ano, porque Pedro Salomão foi o primeiro professor de teatro do ator, em Sorocaba. O líder da equipe ressalta a preocupação da “Unidos do Cativeiro”, que é mostrar a vida de Pedrinho, como o chama Santos, e ao mesmo tempo passar a mensagem de que todos podem ser artistas na avenida e na vida. 
 
Santos explica que a preparação para o desfile começa com a escolha do tema que será abordado. Ele conta que alguns colaboradores da escola e promotores de eventos na cidade sugeriram a biografia do homenageado. Para que todas as peças sejam feitas a tempo - já que há menos de um mês para a apresentação, que  ocorre no dia 14 de fevereiro -, os ensaios são organizados duas vezes por semana no Parque dos Espanhóis. O término dos detalhes dos dois carros-alegóricos também está a todo vapor. 
 
De acordo com o presidente, os carros têm de ser movimentado manualmente. No abre-alas, que é o primeiro a entrar no desfile, a estrutura de um teatro, com destaques em penas, deve ser o cenário para que Paulo Betti cumprimente o público. Ele adianta que o ator sentiu-se honrado em participar do carnaval sorocabano e estará fantasiado de “maestro amalucado” – personagem de Pedro Salomão. O segundo representa um salão onde ocorriam bailes de carnaval da época. “Tirinhas, fantasias, serpentinas e máscaras dão o colorido”, ressalta Santos.
 
Treze alas compõem a alegoria da Unidos. Figuras de Sorocaba são evidenciadas nas roupas e nos integrantes que entrarão na passarela do samba. Mestre Cuco expõe que os conjuntos mostram o baile do Havaí, teatros e outras manifestações artísticas, além da comissão de frente, que se prepara para coreografias. Ele chama a atenção para a ala das baianas ao afirmar que elas não podem faltar. “Isso é tradicional e, neste ano, simbolizam a Mãe Preta.” 
 
TUDO NOVO – Na sede em Votorantim, o carnavalesco Kaká Lorrane é o responsável pelas fantasias. Lantejoulas, purpurina, cetim dividem o espaço com máquinas de costura. Lorrane explica que Paulo Betti usará um fraque e gravata e a roupa deve ser alugada. Ele conta que a confecção começou há duas semanas e todo o material é novo. Santos adianta que a Prefeitura destinou R$ 300 mil ao Carnaval 2015, contudo ressalta que a quantia que chega à escola – cerca de R$ 33 mil - ainda é pouca, porque é dividida entre nove agremiações. 
 
EXPERIÊNCIAS – O presidente da Unidos reforça que é um desafio estar na liderança de uma escola de samba. Responsável pela equipe pelo segundo ano, ele revela que a falta do ex-presidente Luiz Gonzaga Rodrigues, conhecido como Luizão e morto em maio de 2013, foi uma das dificuldades que colaboraram para que a escola ficasse com 155 pontos e fosse a última colocada do Carnaval 2014. Porém assegura que neste ano a situação será diferente tanto para o grupo, quanto para o carnaval sorocabano. Ele afirma ainda que a iniciativa de os desfiles retornarem ao Parque das Águas será melhor para a acessibilidade. No ano passado, a passarela do samba foi instalada em frente à Prefeitura. 
 
 
Samba-enredo: "Todos nós podemos ser artistas"
Compositor: Cleverson V.F.
 
Chegou a arte colorindo a avenida
Sou cativeiro, sou amor, sou vida
Vermelho e branco pintou, o palco iluminou
Abre as cortinas que o show já começou
 
É dia de festa, vem recordar
Mergulhar da arte, brincar e sonhar
Menino que a mãe preta bem cuidou
E fez do sonho um ideal
Renovou o brilho dos salões e dos grandes festivais
Sonha Libanês, sorocabano de paixão
Teu incentivo para a arte hoje é historia
A Cativeiro canta Pedro Salomão
Pedro Salomão José
Abriu o palco para toda multidão 
Vi as estrelas do show (bis)
Eu vi a miss, Ballet teatro e emoção
Hoje no Recrê tem show
(Oba) É lá que eu vou
 
Ô Pierrô não chora,
Que está na hora desse povo balançar 
Vou de cartola, vou ficar a noite inteira
A cantar
 
Se a vida é um palco, a ribalta é nossa
Neste carnaval
As havaianas, nos bailes tropicais
Um florido sensacional
Nos bailes de gala eu dancei 
Eu brilhei, rodopiei no salão 
Essa vitória é nossa
Sem discriminação! 
Somos todos convidados 
Do maestro amalucado Pedro Salomão
Que no palco desta vida ele mostrou
Que todos nós podemos ser artistas!
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar