Quinta-Feira, 27 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Museu de Arte Contemporânea concluirá sua sede Verba virá de programa estadual de defesa dos interesses difusos

Publicada em 07/12/2014 às 12:12
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DE SOROCABA, o anexo da antiga Estação Ferroviária abrigará um dos mais modernos espaços dedicados às artes visuais de São Paulo (Foto: Divulgação)
O Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba (Macs) foi contemplado com quase R$ 3 milhões, que garantirão a finalização da reforma do prédio anexo à antiga Estação Ferroviária da cidade, na avenida Dr. Afonso Vergueiro, que abrigará sua sede definitiva. A verba, proveniente do FID (Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos), permitirá que seja iniciada a última fase de obras e será utilizada para a requalificação de uma das galerias do prédio, auditório, parte das instalações do segundo andar e a construção de uma rampa de acesso. Esta é a primeira vez que a cidade é contemplada com este edital.
 
Publicado no fim de novembro de 2013, o edital que prevê a verba garante a restauração e construção de espaços ligados à arte e ao lazer. Ao todo, 125 instituições do Estado de São Paulo foram contempladas com recursos do Fundo. "Este é mais um passo para a consolidação do Macs como uma das mais importantes instituições de arte do interior de São Paulo", comemora a diretoria do Museu.
 
Com a chegada do montante, o Macs fica, assim, cada vez mais próximo de ocupar sua sede definitiva. A expectativa é de que, até outubro de 2015, o Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba já esteja instalado no prédio restaurado e adaptado da antiga Estação Ferroviária. Porém, a restauração completa do espaço deve ficar pronta até dezembro de 2016. Em um projeto orçado em R$ 10 milhões, o Museu terá um dos mais modernos equipamentos voltado para as artes visuais do Estado, tornando-se, além de um ambiente cultural, um cartão postal de Sorocaba. "Teremos ainda a possibilidade de aumentar, consideravelmente, o público que frequenta o Museu, podendo passar de 40 mil visitantes, por ano, após o término completo da reforma e expansão do prédio", revela igualmente a diretoria do Macs.
 
O NOVO MACS - A primeira fase da reforma e ampliação do Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba envolve todo o setor administrativo da instituição, escritório, reserva técnica, área de monitoria, recepção dos visitantes, biblioteca, banheiros e uma cafeteria. Reúne ainda uma inusitada ocupação do renomado artista plástico José Resende, que utilizará quatro vagões antigos de trem para criar uma instalação em frente à nova sede. 
 
A segunda e a terceira etapas da obra, que incluem mais dois ambientes para exposições e um auditório, com 145 lugares, totalmente adaptado para portadores de necessidades especiais, também fazem parte dos planos da nova sede. 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar