Terça-Feira, 25 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Cinco corintianos continuam presos na Bolívia

Publicada em 25/07/2013 às 21:46
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Apesar de já existir um parecer da Justiça da Bolívia favorável à soltura dos cinco corintianos acusados de envolvimento na morte do adolescente boliviano Kevin Spada, em fevereiro, os torcedores continuam presos na penitenciária San Pedro, em Oruro. O Ministério das Relações Exteriores reafirmou que a Embaixada do Brasil na Bolívia continua trabalhando para que os brasileiros sejam libertados o mais rápido possível. Segundo a assessoria de imprensa do ministério, isso pode acontecer a qualquer momento.

Os cinco torcedores fazem parte de um grupo de 12 corintianos que foram acusados pela morte de Spada, atingido por um sinalizador durante um jogo entre o Corinthians e o San José, válido pela Taça Libertadores da América, em Oruro, na Bolívia. Sete dos 12 acusados foram libertados no início de junho. Todos eles sempre negaram envolvimento na morte de Spada. Menos de uma semana depois do incidente, um adolescente, sócio da Gaviões da Fiel (torcida organizada do Corinthians), apresentou-se à Justiça brasileira como autor do disparo do sinalizador.

A soltura dos cinco corintianos foi parte de um acordo entre Justiça boliviana e os advogados do Corinthians. Pelo acordo, a família de Spada receberá uma doação de US$ 50 mil.


 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar