Sábado, 7 de Dezembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Corpo do cantor Dominguinhos é velado em São Paulo e levado para Recife

Publicada em 24/07/2013 às 20:17
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O corpo do sanfoneiro, compositor e cantor Dominguinhos foi velado nesta quarta-feira (24) na Assembleia Legislativa de São Paulo, na região do Ibirapuera, na zona sul da capital. Ele morreu ontem (23), aos 72 anos, em decorrência de complicações infecciosas e cardíacas. O cantor estava internado no Hospital Sírio-Libanês, desde o dia 13 de janeiro, quando foi transferido do Hospital Santa Joana, no Recife.

O corpo de Dominguinhos será levado para o Recife de avião. Na capital pernambucana, o corpo do músico será velado na Assembleia Legislativa de Pernambuco. De acordo com a viúva, Guadalupe Mendonça, o enterro não deve ocorrer antes de sexta-feira (26). “O povo não vai deixar sepultar antes, porque o povo é louco por ele, há uma admiração e um amor muito grande do povo de lá por ele”. O voo que levará o corpo de Dominguinhos para o Recife parte às 23h10 do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos.

Fã de Dominguinhos, o músico pernambucano José João da Silva Irmão vive em São Paulo e tocou, em algumas ocasiões, triângulo e zabumba com o artista. “Foi um prazer imenso tocar com ele. Um amigo meu que tocava com ele me levou. Foi maravilhoso. Saber do falecimento dele partiu meu coração”. Assim como Luiz Gonzaga, Dominguinhos, segundo José João, incentivava novos músicos. “É um símbolo do Nordeste”.

Há cerca de seis anos, o sanfoneiro se tratava de um câncer no pulmão. Dominguinhos foi internado na Unidade de Terapia Intensiva Coronariana do Hospital Santa Joana, no Recife, no dia 17 de dezembro, com um quadro de infecção respiratória e arritmia cardíaca. Depois, foi transferido, em janeiro, para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.




 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar