Domingo, 16 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Goleiro Bruno afirma que sabia da morte de Eliza

Publicada em 07/03/2013 às 13:31
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O goleiro Bruno Fernandes pediu para ser interrogado novamente nesta quinta-feira (7), no Tribunal do Júri de Contagem (região metropolitana de Belo Horizonte). Ele afirmou que sabia que Eliza Samudio seria morta.

"Sabia e imaginava (que Eliza iria morrer)", disse. Questionado pela juíza Marixa Fabiane Lopes sobre como ele sabia que a modelo seria assassinada, Bruno voltou a culpar Luiz Henrique Romão, o Macarrão. "(Sabia) pelas brigas constantes (entre Macarrão e Eliza), pelas agressões do Macarrão, pelo fato de eu ter entregado para Macarrão o dinheiro de Eliza."

O dinheiro a que Bruno se refere seria a quantia de R$ 30 mil que Macarrão sacou no Rio de Janeiro e entregou à Eliza no sítio do goleiro em Esmeraldas (MG). O montante seria resultado de um acordo entre o goleiro. Apesar de confusa, a declaração de Bruno dá a entender que eles só aceitaram entregar o dinheiro para a modelo porque já sabiam que ela seria morta. No interrogatório de ontem, o goleiro não chegou a afirmar que sabia que Eliza seria morta, apesar de ter dito que poderia ter evitado o seu assassinato.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar