Sábado, 19 de Outubro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Zoonoses intensifica vistoria nos cemitérios após feriado

Publicada em 06/11/2012 às 18:19
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Embora a estação mais quente do ano ainda não tenha começado, é preciso fiscalizar os focos de dengue na cidade. Por isso a Zoonoses intensificou nesta semana a vistoria nos cemitérios municipais de Sorocaba. Após o feriado de Finados, muitos vasos com água parada é alvo dos insetos transmissores da doença. 

Como é de praxe, os agentes da Zoonoses retiram inúmeras embalagens plásticas que envolvem os vasos de flores. “Temos que agir rápido, pois as altas temperaturas aceleram a reprodução dos mosquitos”, diz o agente Douglas Ferraz, responsável pela equipe que trabalhava na tarde de ontem no Cemitério da Consolação. Ele conta que o processo de botar os ovos e virar larva demora cerca de sete a dez dias. Por isso o mutirão começou logo após o final de semana. “Enchemos 16 sacos plásticos de 100 litros cada, com embalagens de só metade do cemitério”, conta.

Neste ano, muitos comerciantes ofereceram a opção de flores artificiais, que nada resolve se o cidadão não for consciente. “Mesmo neste caso, se colocar a embalagem plástica em volta, corre o risco de juntar água de chuva”, afirma Ferraz. 

As equipes irão trabalhar nos quatro cemitérios municipais até que todos estejam completamente vistoriados. O término dos trabalhos deve ocorrer no fim desta semana. Mesmo se tratando da prevenção de um surdo que poderia ter grandes consequências na cidade, muitas pessoas reclamam do serviço prestado pelos agentes. “O pessoal acha ruim, mas é pelo bem de todos. Um foco a menos já é importante”, diz Ferraz. Até a tarde de ontem, a equipe havia encontrado muitos vasos com água parada, mas nenhum com foco do mosquito.
 
 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar