Sexta-Feira, 10 de Abril de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Fluminense derrota o Grêmio e segue na liderança do Brasileiro

Publicada em 29/10/2010 às 01:20
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O Grêmio foi melhor em boa parte do jogo, pressionou o Fluminense, mas os cariocas aproveitaram as chances e derrotaram os gaúchos por 2 a 0, na noite desta quinta-feira, no Engenhão, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Darío Conca fez os dois gols, que mantiveram a equipe do técnico Muricy Ramalho na liderança da competição.

Souza, recuperado de lesão no tornozelo, foi a “surpresa” de Renato Gaúcho na escalação do Grêmio. O jogador não atuava desde a 24ª rodada, quando se machucou na partida contra o Flamengo.

Pelo lado do Fluminense, Muricy Ramalho não fez mistério e escalou o time no 4-5-1, com o lateral-esquerdo Júlio César no meio, conforme tinha treinado na véspera. Mesmo sem levar perigo ao gol de Victor, os cariocas iniciaram a partida em cima dos gaúchos.

A partir dos 15 minutos, o Grêmio começou a se soltar e quase abriu o placar numa bobeada do sistema defensivo do Fluminense. Porém, quando o jogo caminhava para ficar equilibrado, Darío Conca, aos 19, num golaço, colocou os cariocas em vantagem.

O gol animou o Fluminense, empurrado pela sua torcida. Só que este ímpeto foi embora e o Grêmio passou a pressionar. Não conseguiu o empate no primeiro tempo, mas teve ótimas chances, num chute de Souza e na cabeçada de André Lima.

O intervalo não foi suficiente para mudar o panorama do jogo. O Grêmio, que terminou o primeiro tempo atacando o Fluminense, retornou para a etapa final da mesma maneira. No contra-ataque, entretanto, Júlio César, aos nove, quase marcou o segundo. Porém, um minutos depois, André Lima teve a chance do empate.

Aos 19 minutos, o jogo deu uma “esquentada”, quando o Grêmio reclamou de um pênalti de Leandro Euzébio em cima de Douglas. Logo depois, aos 24, foi a vez do Fluminense pedir um pênalti de Gabriel sobre Fernando Bob.

A partir dos 30 minutos, o jogo entrou na base do “tudo ou nada”. O Grêmio, mesmo com as alterações de Renato Gaúcho, não conseguia empatar. O Fluminense, recuado, decidiu explorar os contra-ataques. Além disso, contou com a sorte numa falha do sistema defensivo gaúcho e, aos 36 minutos, Darío Conca fez mais um gol e decretou a vitória.

LIDERANÇA - Com 57 pontos, o Fluminense, que não vencia há cinco rodadas, só perde a liderança se o Cruzeiro golear o Grêmio Prudente, no sábado, em Presidente Prudente. Hoje, o saldo de gols é muito favorável para o Tricolor: 20 a 11.

Já o Grêmio, que estava invicto há nove jogos, permaneceu nos 47 pontos, na nona posição, e desperdiçou a chance, pelo menos até sábado, de figurar na zona de classificação para a Copa Libertadores da América.

Na próxima rodada, o Fluminense encara o Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre, enquanto o Grêmio, novamente fora de casa, pega o Goiás, no Serra Dourada, em Goiânia. As duas partidas serão realizadas na quarta-feira, dia 3 de novembro, às 19h30. 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar