Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Tatuí define etapas para instalação de Marginal na SP-127

Publicada em 24/07/2014 às 01:22
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O município de Tatuí terá a partir de 2015 uma verdadeira guinada em seu setor produtivo e na geração de emprego e renda. Mais de 2 mil empregos diretos serão criados graças à instalação das empresas Noma e da Zoomlion. O primeiro passo para a concretização dessa meta é, porém, a construção de uma via marginal, na Rodovia Antônio Romano Schincariol, a SP-127, que terá investimento superior a R$ 6 milhões. 

Na semana passada, o prefeito José Manoel Corrêa Coelho, o `Manu', recebeu no Paço Municipal para uma reunião representantes das duas empresas, mais todas as instituições envolvidas com a obra. Participaram do encontro representantes da CCR/SP Vias, Sabesp, Elektro e Gás Natural Fenosa, além dos secretários municipais de Fazenda, Finanças e Planejamento, Lilian Maria Grando Camargo, e de Infraestrutura, Meio Ambiente e Agricultura, Nilton Raposo, do diretor de Trânsito da Prefeitura, Francisco Antônio Fernandes, o `Quincas', e dos engenheiros João Batista Camargo e Leonardo Spada.  

A reunião teve como objetivo afinar detalhes e acelerar as etapas para a construção do dispositivo viário. O representante da CCR/SP Vias, Alexandre Sapadafora, aproveitou a oportunidade para apresentar o projeto executivo do acesso que contempla projeções de rotatória, viaduto, passarela e mudança do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), que fica na altura do quilômetro 116 da Rodovia. "O projeto já foi protocolado junto à Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo). Por isso, precisamos do empenho de todas as empresas e entidades envolvidas no processo para conciliação das redes de abastecimento de água, esgoto, energia e gás para as empresas que irão se instalar no local", explicou Spadafora.

O prefeito destacou, na ocasião, que a melhoria é fruto de várias reivindicações junto ao Governo do Estado. O deputado estadual Edson Giriboni, na ocasião à frente da Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos, assumiu a missão de principal articulador da demanda, que foi autorizada em fevereiro pelo governador Geraldo Alckmin. A via marginal terá aproximadamente um quilômetro, com acessos e rotatórias entre os pontos de instalação das duas empresas e áreas de aceleração de caminhões de carga. "Trata-se de obra fundamental para o nosso plano de realocar o desenvolvimento, também geográfico, do Município, para as margens da SP-127, `levando a cidade' ao encontro da Rodovia Castello Branco", comemorou Manu.

No encontro, também foram discutidos os prazos para construção das duas fábricas. A Noma deve iniciar as obras já no segundo semestre deste ano, enquanto a Zoomlion prevê a largada para as edificações em 2105.  


 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar