Quinta-Feira, 27 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Sorocabanos publicam livro sobre doenças que afetam trabalhadores

Publicada em 24/07/2014 às 01:20
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

LER/DORT

No início deste mês, a obra "Trabalhar e Adoecer na Agroindústria" (Editora Insular, 2014) foi lançada durante Conferência de Saúde, em Florianópolis. O livro relata experiência promovida por órgãos públicos, como Cerest, MPT e INSS, na reabilitação de trabalhadores.

Ainda hoje, milhares de trabalhadores são afetados por Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho (Dort), em fábricas e indústrias de todas as regiões do País. Diante da constatação desta realidade, um grupo de pesquisadores, com a coordenação do médico sorocabano Roberto Ruiz, conheceu a realidade de trabalhadores de um frigorífico no interior de Santa Catarina, a partir da implantação do Programa de Reabilitação Ampliada (PRA). Com horas extras, trabalhadores passavam mais de dez horas fechados em ambiente úmido, gelado e sem janelas, movimentando repetitivamente mãos e braços nas esteiras de frango e carne suína. 

Sem ergonomia no ambiente de trabalho e com esteiras aceleradas para aumentar a produção homens e mulheres, pouco a pouco ficaram doentes, com dores sendo remediadas com remédios. Em entrevistas realizadas por outra sorocabana, a jornalista Fernanda Ikedo, trabalhadores revelaram as dificuldades consequências das LER/Dort. Mães que não podiam carregar seus filhos pequenos, homens que perderam os movimentos das mãos, sem poder carregar qualquer tipo de peso.

O livro "Trabalhar e adoecer na agroindústria" é, então, o resultado dos dados obtidos pelo PRA, que reabilitou centenas de trabalhadores da indústria alimentícia e buscou ações efetivas para a melhoria real das condições laborais dos trabalhadores. São artigos do grupo composto por representantes do Ministério Público, historiador, médicos e pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina, entre outros estudiosos na área, envolvidos no programa.

Além de tratar da reabilitação profissional, o livro aborda a luta contra esse problema social grave e a conquista da Norma Regulamentadora dos Frigoríficos (NR 36).


 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar