Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Ex-vereadores são nomeados para cargos na Prefeitura

Publicada em 26/03/2014 às 00:43
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Os ex-vereadores Paulo Mendes (PSDB) e Waldomiro de Freitas (PSD) foram nomeados para cargos comissionados na Prefeitura de Sorocaba e começaram a trabalhar pelo governo nesta segunda-feira (24). Freitas é oficial de gabinete da Secretaria de Governo e Segurança Comunitária, enquanto Mendes ocupa o cargo de assessor técnico na Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária. Com base na folha de pagamento referente a fevereiro, disponível no portal da transparência municipal, os respectivos cargos possuem salário de aproximadamente R$ 2.600,00 a R$ 3.500,00, e R$ 7.280,00. Ambos ex-vereadores foram líderes de governo na Câmara Municipal na atual gestão de Antônio Carlos Pannunzio (PSDB).

AFASTAMENTOS - Paulo Mendes perdeu os direitos políticos por três anos em agosto do ano passado, quando, sem chances de recursos, a decisão referente a uma ação civil pública movida pelo Ministério Público (MP) em 1999 foi publicada pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), em despacho da 1ª Vara Cível de Sorocaba. O ex-vereador foi prefeito de Sorocaba por dois mandatos, entre 1987 a 1988, e 1993 a 1996. O MP entendeu que, na época, ele fez uso de dinheiro público para propaganda pessoal, pois confeccionou revistas e convites que continham fotos suas e de obras feitas na cidade. Mendes tentou reverter a situação com uma ação rescisória, mas não obteve êxito e após todas as partes serem notificadas, a Mesa Diretora do Legislativo anunciou seu desligamento. 

Ele era líder do governo e, com sua saída, Waldomiro de Freitas permaneceu no posto até o final de 2013, e Neusa Maldonado (PSDB) assumiu a vaga na Câmara. “Durante a inauguração do Jardim Botânico, o Pannunzio me chamou para conversar durante a semana, quando surgiu o convite. Estou feliz”, disse Mendes. Como assessor técnico, ele trabalha diretamente com o secretário de Habitação e Regularização Fundiária, Flaviano Agostinho de Lima, visitando obras e atendendo à população. Hoje, eles devem fazer uma visita na construção do conjunto habitacional Jardim Carandá.

Por sua vez, Freitas era suplente e assumiu a vaga no Legislativo enquanto Hélio Godoy (PSD) foi secretário de Habitação e Regularização Fundiária, do início de 2013 até fevereiro passado, quando foi exonerado por Pannunzio. Na ocasião, o ex-vereador ficou surpreso com a decisão do prefeito, mas afirmou que poderia perder o cargo a qualquer momento. Agora, ele faz a mediação entre os vereadores, prefeito e secretários. “O objetivo do Pannunzio é ajudar todos os vereadores e me pediu para atendê-los sem distinção partidária.” Freitas conta que o convite para assumir o cargo surgiu durante o carnaval e ontem acompanhou a sessão na Câmara. “Vou levar as reivindicações até a Prefeitura e também auxiliar o líder de governo. Aceitei o convite por estar dentro das minhas possibilidades, não foi por dinheiro”, ressalta. 
 
 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar