Sábado, 16 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Tarde de cultura do samba paulista no Sesc, com marchinhas de Carnaval Além de conhecer o contexto histórico, o público poderá vivenciar o ritmo através da apresentação 'Rancharia'

Publicada em 01/02/2014 às 16:08
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Com o objetivo de resgatar o samba paulista e trazer a sua história ao público, além de valorizar seus compositores, o grupo Kolombolo Diá Piratininga apresenta na tarde deste domingo (2), às 16 horas, no Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, 555, esquina com a avenida Washington Luiz, no Jardim Faculdade), o espetáculo "Rancharia". A atração é gratuita e para o público em geral.

O Núcleo Rancharia do Kolombolo Diá Piratininga, focado nas pesquisas de marchinhas do Carnaval paulista, traz um repertório com obras como "Vila Esperança" (Adoniran Barbosa) e "Saudade do Bonde" (Toniquinho Batuqueiro), além de hinos de times de futebol do estado de São Paulo, como Jabaquara, Juventus e o próprio E.C. São Bento, de Sorocaba, entre outros.

Antes da apresentação musical, acontece uma roda de conversa, "História do samba paulista", às 14 horas. Nela, o músico, antropólogo e pesquisador do samba paulista Renato Dias relata a história do gênero. Um ritmo com características e memórias diversas em relação ao samba carioca, construído por compositores renomados como Toniquinho Batuqueiro, Carlão Peruche e Geraldo Filme. Os interessados em participar do bate-papo devem se inscrever antecipadamente na Central de Atendimento da Unidade, sendo as vagas limitadas.
 
 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar