Domingo, 29 de Março de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Três casos de explosões em caixas automáticos são registrados neste mês

Publicada em 28/01/2014 às 20:11
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Mais um ataque a um caixa eletrônico, desta vez na zona sul da cidade, foi registrado ontem pela Polícia Militar, em Sorocaba. O alvo dos bandidos foi o Mercadão Campolim, localizado na Avenida Professora Izoraida Marques Peres. Um grupo de homens invadiu o local, por volta das 7 horas, desceu até o subsolo e explodiu o caixa, levando uma quantia não identificada até ontem à noite. 

A ação dos infratores chegou a danificar a porta do elevador do mercado. Notas de dinheiro manchadas ficaram espalhadas pelo chão. Segundo informações da Polícia Militar, os criminosos estavam dentro de um Citroen C4 Pallas quando chegaram ao estabelecimento. 

Este é o terceiro ataque a caixas eletrônicos na cidade. Na madrugada do dia 9 deste mês, quatro homens encapuzados explodiram um caixa eletrônico no hipermercado Extra, do Parque Campolim. Eles também tentaram explodir mais três caixas, que ficaram danificados. 

O grupo entrou no local e rendeu um eletricista, que trabalhava na manutenção. Segundo a vítima, eles estavam armados e roubaram sua carteira, a chave do carro e o celular. O homem, que foi obrigado a acompanhá-los, disse que os quatro indivíduos usaram uma barra de ferro para estourar uma porta de vidro, que dava acesso à agência do Banco Bradesco. Ali, eles explodiram o caixa, pegaram o dinheiro, guardaram em malotes pretos e fugiram num Renault Sandero cinza, com vidros escuros. 

Na madrugada do dia seguinte (10), três tentaram explodir um caixa eletrônico, numa agência do Banco Itaú, na Avenida Itavuvu, zona norte. De acordo com a Polícia Militar, os homens, que estavam encapuzados, invadiram a agência por volta das 3h30. O caixa ficou danificado para uso. Policiais foram acionados ao local e acharam uma mochila, uma alavanca de ferro e uma banana de dinamite no chão. Ninguém foi encontrado. 

REGIÃO – A Polícia Militar registrou outros casos de caixas automáticos explodidos pelas cidades da região. Ontem, em Avaí, bandidos invadiram a cidade em dois carros, portando pistolas e fuzis. O bando disparou contra a base da Polícia Militar, danificando a viatura, que seria usada numa possível perseguição. Três policiais que estavam no local abrigaram-se para não ser atingidos; um deles se feriu ao rastejar sobre estilhaços de vidro. Casas e carros de moradores também foram atingidos pelos disparos.

Dois caixas foram danificados pela explosão e o cofre do terceiro foi levado. Os dois Honda Civic usados pelo bando tinham sido furtados em Campinas e foram abandonados perto da cidade. A PM mobilizou um helicóptero Águia na tentativa de cercar o grupo, mas não teve êxito. O ataque foi o sétimo na região de Bauru em menos de 15 dias. 

Em Araçoiaba da Serra, quatro homens armados tentaram furtar um caixa eletrônico, da Agência Itaú, no dia 5 deste mês, durante a madrugada. Na ocasião, os ladrões não conseguiram levar valor algum do caixa, mas, minutos depois, assaltaram um frentista, roubando R$ 230 em dinheiro. Em todo o Estado, no ano passado, foram registrados 243 roubos a banco, 21 a mais que no ano anterior. Desses, 121 ocorreram no Interior - no ano anterior tinham sido 107.

De acordo com o capitão Fabiano Serpa, oficial de relações-públicas da PM na região de Bauru, as explosões estão virando rotina no Interior, mas a polícia trabalha para identificar e prender as quadrilhas especializadas. Há indícios de policiais envolvidos. No domingo (26), um cabo da Polícia Militar foi preso em Barra Bonita, suspeito de ter participado da explosão de caixas automáticos na cidade. 


Rapaz e adolescente são detidos por tráfico de drogas 

Um jovem de 25 anos e uma adolescente de 15 foram detidos pela Guarda Civil, na manhã de ontem, por tráfico de drogas. Os dois foram flagrados no Jardim Humberto de Campos, por volta das 9h20. 

Uma equipe da Ronda Municipal (Romu) circulava pelas imediações quando recebeu uma denúncia, de um morador, informando que um indivíduo vendia entorpecentes na Viela 4 do bairro, local conhecido como ponto de tráfico pelos GCMs. 

Chegando ao lugar mencionado, os agentes abordaram o rapaz, que estava acompanhado pela adolescente. Com os dois, os guardas encontraram 233 flasconetes vazios, 23 flasconetes com cocaína e duas pedras brutas da mesma droga. 

O rapaz e a garota foram conduzidos à delegacia do plantão norte. Ele foi autuado em flagrante por tráfico e encaminhado ao Centro de Detenção Provisória; a adolescente, que já tinha passagem por tráfico, foi registrada em boletim de ocorrência e liberada ao pai. 

MAIS TRÊS MENORES APREENDIDOS – A Guarda Civil apreendeu três adolescentes, todos de 17 anos, por tráfico de drogas e associação criminosa no Parque das Laranjeiras, na manhã de ontem. A equipe fazia patrulhamento, próximo à EE "Prof. Antônio Cordeiro", quando viu os três menores em situação suspeita. Eles tentaram fugir dos guardas, mas foram localizados em seguida. 

Um dos adolescentes jogou um pequeno objeto, recolhido pela guarnição, contendo seis porções de maconha. Depois, com os três, os agentes encontraram mais 28 porções de cocaína, além de R$ 41. 

Os garotos foram conduzidos ao plantão policial norte. Foram autuados por ato infracional de tráfico de entorpecentes e associação criminosa, e encaminhados à Fundação Casa. 


Colisão entre veículos e motocicleta deixa dois feridos

Um acidente envolvendo cinco veículos e uma motocicleta deixou duas pessoas feridas na manhã de ontem, na Avenida Afonso Vergueiro, em frente ao shopping Pátio Cianê. Segundo agentes da Urbes, que administram o trânsito na cidade, dois carros seguiam no sentido do Centro ao bairro quando colidiram. 

Um deles atravessou o canteiro central e bateu em outros três veículos. Um motociclista, que passava pelo local, também foi atingido com a batida. Ele teve ferimentos graves e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu-192). Segundo os bombeiros, a vítima ficou com o braço ligado apelas pelos tecidos. Após o atendimento, ele foi transferido ao Hospital Regional. O motorista que atravessou o canteiro central teve apenas escoriações leves. 


Homem encontrado morto é reconhecido por familiares

O homem que foi encontrado morto pela Polícia Militar em um terreno baldio, no bairro Parada do Alto, foi reconhecido na quarta-feira (22), segundo informações da Polícia Civil. Familiares confirmaram a identidade de Vanderlei Tavante, 53 anos, depois de comparecerem ao Instituto Médico Legal (IML). O corpo estava na Rua Montevidéu, com lesões da cabeça e nas costas. 

O caso agora está sendo investigado pela polícia e dentro dos próximos dias, os parentes da vítima devem prestar depoimento para ajudar nos esclarecimentos. O homem tinha passagem pela polícia por furto e crime sexual, de acordo com o delegado Acácio Aparecido Leite, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG). 


Mulher reage a agressão e fere ex-marido

Uma mulher feriu o ex-marido durante uma luta corporal, por se sentir ameaçada por ele, na noite de segunda-feira (27), no bairro Júlio de Mesquita. Policiais militares foram acionados para atender à ocorrência, e o encontrou deitado na calçada, todo ensanguentado. 

A mulher contou à polícia que ele teria pulado o muro da casa e começou a ameaçá-la. O homem teria pegado uma faca e partido para cima dela, porém os dois lutaram e ela o feriu no pulso esquerdo. 


Queda de passarela deixa quatro mortos e seis feridos no RJ

A queda de uma passarela de pedestres, na Linha Amarela, na zona norte do Rio de Janeiro, provocou a morte de quatro pessoas, na manhã de ontem. O número de feridos subiu para seis e já foram identificados pelo Corpo de Bombeiros. Jairo Zenaide, 44 anos, sofreu traumatismo craniano e fratura na coluna. Luís Fernando Costa, de 30, motorista do caminhão que colidiu com a passarela estava lúcido e passava bem. 

Luís Carlos Magalhães, 60 anos, viajava no banco de trás do Palio prata, que foi completamente amassado pela passarela. Sofreu traumatismo craniano e estava em estado grave. Gláucia de Andrade e Liliane Souza Rangel foram internadas, mas não havia informações sobre o estado de saúde das duas. Um homem identificado como Nélio Rodrigues dirigia um Marea que passava na hora do acidente e também ficou ferido. 

A empresa Arco da Aliança Comércio e Serviços Ltda., proprietária do caminhão que colidiu com a passarela de pedestres divulgou nota prometendo prestar assistência aos familiares das vítimas e ao seu funcionário "independente da conclusão das investigações sobre as possíveis causas do acidente".

ACIDENTE EM SOROCABA - Um acidente semelhante matou duas pessoas em novembro de 2010, em Sorocaba. Mais de três anos depois, o caso segue sem condenação na Justiça. Assim como no acidente do Rio de Janeiro, a caçamba de um caminhão basculante estava levantada e atingiu a passarela de concreto na altura do quilômetro 96 da rodovia Raposo Tavares. 

Com o choque, a estrutura veio abaixo, matando o motorista de uma Kombi que passava pelo local e um pedestre que estava na passarela no momento em que ela caiu. 

O motorista responde por homicídio culposo (quando não há a intenção de matar). O advogado da empresa responsável pelo caminhão, José Bernardo Júnior, disse que os processos do caso estão em andamento e não há uma previsão de data para a conclusão. Ele ainda afirmou que acredita na inocência dos motoristas, tanto em Sorocaba, como no Rio de Janeiro. 


Governador ameniza números sobre criminalidade em SP

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, relativizou ontem os números sobre criminalidade no Estado divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo. Os dados mostram uma queda de 8% no total de homicídios, mas aumentos de 10,2% nos latrocínios; de 8,1% nos roubos e 10% nos roubos de carros.

Segundo Alckmin, nos casos dos homicídios, São Paulo está abaixo do total de 10 por cem mil habitantes. "Os latrocínios, temos que combater", disse. Os roubos de carros, de acordo com ele, serão combatidos com trabalhos mais ostensivos. "Temos confiança de que vamos reduzir os crimes neste ano", disse.

Sobre os roubos de carros, o governador afirmou que, na proporção da frota de veículos do Estado, os roubos estão caindo. De acordo com ele, em 2002, a frota era de 12 milhões de veículos e os roubos eram de 1.591 unidades por 100 mil e que hoje a frota é de 25 milhões e os roubos são de 836 por cem mil.

"Não estamos satisfeitos, mas estão caindo", observou. Segundo Alckmin, a Lei do Desmanche vai ajudar a reduzir esse tipo de crime. A lei do desmanche determina que quem desmanchar um veículo tem de acompanhar as vendas e marcar as peças.

Ele também citou a lei de roubos de cargas, segundo a qual o estabelecimento que for pego vendendo mercadorias frutos de roubo poderá até perder o alvará de funcionamento e o CNPJ.

O governador fez as declarações em breve entrevista que concedeu à imprensa após ter acompanhado a chegada do Megatatuzão à estação Eucaliptos da Linha 5-Lilás do Metrô, na zona sul da capital paulista. O Megatatuzão, uma máquina projetada para escavar túneis nas obras do Metrô, partiu do Poço Bandeirantes no dia 11 de setembro do ano passado e percorreu 483 metros.

O túnel faz parte da extensão da Linha Lilás, entre o Largo Treze e a Chácara Klabin. A previsão do Metrô é de que o equipamento trabalhe 22 meses para concluir o túnel.
 
 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar