Segunda-Feira, 30 de Março de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Funcionário morre prensado em máquina de fazer chantilly

Publicada em 27/01/2014 às 20:31
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Um homem de 46 anos foi prensado numa máquina de fazer chantilly, enquanto trabalhava na manhã de ontem, no bairro Aparecidinha, e morreu. O acidente aconteceu por volta das 6h40. Segundo informações passadas para a Polícia Militar pelo técnico de segurança da empresa Codap Brasil Ltda., Osmar Diniz operava um robô que produz chantilly, quando uma correia foi arrebentada. 

Ele começou a fazer a troca da correia e, por motivo desconhecido, a máquina foi desligada. De acordo com o técnico de segurança, ainda não se sabe se o próprio funcionário teria desligado o robô e, por descuido, feriu-se ao religá-lo. 

O homem teve o pescoço e os braços prensados. Ele chegou a ser socorrido por uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros ao Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos. A perícia técnica compareceu ao local para analisar o caso. Em nota, a empresa Codap Brasil Ltda. lamentou o falecimento do operador e afirmou que prestará assistência completa à família. 


Rapaz vai detido com 76 porções de drogas e dinheiro

Um rapaz de 18 anos foi detido com 76 porções de cocaína, próximo ao Sabe Tudo do Parque Paineiras, na manhã do domingo (26). A equipe da Guarda Civil fazia patrulhamento pelo bairro, na Rua Benedito Teles de Menezes, quando viu Luiz Fernando de Oliveira Feliciano, em atitude suspeita. Quando ele percebeu a viatura da GCM, ficou nervoso e tentou fugir, mas logo foi abordado pelos agentes. 

Estes encontraram com ele as porções de cocaína e R$ 60 em dinheiro. Questionado sobre o ocorrido, o jovem confessou que vendia drogas pelo local. Ele foi encaminhado ao plantão policial norte, onde foi autuado por tráfico de entorpecentes e recolhido em seguida ao Centro de Detenção Provisória. 

GAROTA DETIDA NA VILA COLORAU – Uma adolescente de 16 anos foi detida acusada por tráfico de drogas na Vila Colorau, zona leste de Sorocaba. O fato aconteceu no domingo (26). Segundo policiais militares, uma equipe fazia patrulhamento pelo bairro quando viu a garota na rua conversando com dois homens. 

Durante a aproximação, um deles jogou no chão uma porção de cocaína, que estava guardada dentro de seu bolso. Com o indivíduo de 19 anos, os agentes ainda encontraram duas porções da mesma droga e R$ 20 em dinheiro; com o outro rapaz, a polícia não identificou nada.

A adolescente tinha 11 porções de cocaína e R$ 184 em espécie. Os dois foram encaminhados à delegacia. O rapaz foi levado ao Centro de Detenção Provisória e a garota, liberada para a mãe. 


Jovens são apreendidos pichando prédio do Mercado 

A Guarda Civil apreendeu dois adolescentes que estavam pichando paredes do Mercado Municipal e de outros prédios no centro de Sorocaba, na madrugada deste domingo (26). O Centro de Operação e Inteligência da GCM recebeu uma denúncia sobre o fato e deslocou uma guarnição ao local para atender à ocorrência. 

A dupla foi localizada na Avenida Dr. Afonso Vergueiro, perto do Terminal Santo Antônio, onde ainda estavam com as latinhas de tinta spray. Os dois foram conduzidos ao plantão policial sul e autuados em flagrante por ato infracional de danos, e liberados aos cuidados dos responsáveis mediante assinatura de termo de compromisso de apresentá-los em juízo quando notificados. 


Morador de rua é encontrado morto a facadas

Um morador de rua foi encontrado morto na madrugada de ontem, na Avenida Juscelino Kubistcheck de Oliveira, no Centro. O rapaz foi encontrado todo ensanguentado na avenida, quando a equipe do patrulhamento comunitário da Guarda Civil chegou para averiguar o caso. 

O médico do Serviço de Atendimento de Urgência (Samu-192), que foi com a equipe para prestar socorro, verificou que o rapaz estava com ferimentos no peito, provavelmente feitos com golpes de faca. A vítima não possuía documentos de identificação. O caso foi apresentado no plantão policial sul e elaborado registro de encontro de cadáver. A polícia investiga o caso. 

 
Homem morre afogado em represa de Itupararanga

Um homem de 39 anos morreu afogado na tarde de domingo (26), na represa de Itupararanga, em Alumínio. Segundo informações da Polícia Militar, Carlos Marcelo dos Santos estava na represa com familiares quando se afogou. O Corpo de Bombeiros foi ao local para prestar atendimento e a equipe de resgate encontrou o corpo a aproximadamente três metros de profundidade. 

De acordo com os PMs, o homem não sabia nadar e teria ingerido bebida alcoólica antes de entrar na água. O local fica na Estrada do Carafá, região conhecida como Areia Branca. O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal de Sorocaba. O caso foi registrado na Delegacia de Alumínio. 


PM detém cambista próximo ao CIC

A Polícia Militar deteve um cambista na tarde de sábado (25), próximo ao Estádio Municipal 'Walter Ribeiro', o CIC, antes de começar a partida entre Atlético Sorocaba e Palmeiras. Segundo a Polícia Militar, o homem foi flagrado vendendo ingressos a um torcedor. Ele tentou fugir quando viu que estava sendo vigiado pelos policiais, mas logo foi alcançado. 

Os agentes encontraram com o cambista 22 ingressos e R$ 1.126. O homem prestou depoimento na delegacia e foi liberado pelo delegado em seguida.


Dois são flagrados em tráfico em São Roque

Dois flagrantes de tráfico de drogas foram feitos pela Polícia Civil de São Roque no sábado (25), na cidade. A primeira ocorrência atendida foi próximo a um bar, onde os policiais montaram campana e encontraram um rapaz de 21 anos vendendo entorpecentes pelas imediações. Ao abordarem o jovem, os policiais encontraram duas porções de crack e R$ 75. Ele foi levado para a delegacia e acusado por tráfico de drogas.

No outro, os investigadores faziam patrulhamento em um bairro da cidade, quando viram um veículo suspeito, estacionado no início da estrada Darcy Penteado, próximo à Rodovia Raposo Tavares. O motorista era um rapaz de 23 anos. Durante revista, os policiais localizaram uma barra de maconha pesando 50 gramas, no interior do veículo. Os policiais notaram que o suspeito estava com as mãos sujas de terra.

Indagado, o jovem confessou que tinha enterrado parte da droga no quintal de sua casa. Os agentes seguiram até sua residência e apreenderam mais um pedaço da droga compactada em barra, pesando cerca de 100 gramas. Ele foi levado à Delegacia de São Roque, onde foi autuado por tráfico de entorpecentes. 


Homicídios caem 14% na capital paulista em 2013

O governador Geraldo Alckmin disse ontem que o número de homicídios caiu na capital paulista e no Estado de São Paulo em 2013. Os índices, contudo, seguem na casa dos milhares. 

Na cidade, houve 1.176 assassinatos dolosos no ano passado inteiro, ante 1.368 em 2012, redução de 14%. No Estado todo, os homicídios dolosos passaram de 4.836 ao longo de 2012 para 4.439 no ano passado. 

Em dezembro, na capital foram 99 homicídios dolosos, ante 156 no mesmo mês de 2012. No Estado, em dezembro, houve o registro de 400 homicídios - foram 530 no último mês de 2012.


Com menos radares, multas diminuem 26% em rodovias 

Com menos radares em operação, o número de multas por excesso de velocidade nas rodovias paulistas caiu 26,5% de janeiro a novembro de 2013. De acordo com dados do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), nesse período do ano passado foram aplicadas 2.040.319 multas por velocidade acima do limite, contra 2.774.182 do ano anterior. A redução de 733.863 multas não significa que o motorista está respeitando mais a lei de trânsito. De fevereiro a novembro de 2014, os 42 radares móveis que operavam em rodovias sob concessão, as mais movimentadas, deixaram de funcionar por falta de contrato.

O impacto na redução de multas ficou evidente no primeiro mês sem radar. Comparado com o mesmo mês do ano anterior, em fevereiro de 2013, o número de multas despencou de 282.884 para 158.537. Embora os dados de dezembro de 2013 não sejam oficiais, em todos os meses houve redução no número de multas. De acordo com o DER, os radares móveis voltaram a operar nas rodovias sob concessão entre o final de dezembro e o início deste mês. Esses equipamentos são mais eficazes para flagrar excesso de velocidade do que os radares fixos, cuja localização é conhecida pelos motoristas. Uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) exige que os radares sejam colocados em locais visíveis.

Durante todo o ano passado, segundo o órgão estadual, a fiscalização da velocidade nas rodovias estaduais continuou sendo feita por 340 radares fixos, além de outros 100 equipamentos portáteis da Polícia Rodoviária Estadual. Até ontem, o número de acidentes nas rodovias estaduais em 2013 não tinha sido divulgado. Segundo o DER, cerca de duas mil mortes ocorrem anualmente nas estradas paulistas e as estatísticas demonstram que o aumento no controle sobre a velocidade resulta em diminuição no número de acidentes.


Jovem baleado pela PM em protesto sai do coma

O jovem Fabrício Proteus Nunes Fonseca Mendonça Chaves, 22 anos, que foi baleado pela Polícia Militar durante o protesto contra a Copa no sábado, saiu do coma induzido na manhã de ontem. O estado dele segue grave, embora estável, informou a Santa Casa, onde ele está internado.

Fabrício continua na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e respira com a ajuda de aparelhos. Os médicos estão mantendo o rapaz sedado.

No sábado (25), o rapaz foi baleado no tórax e na região genital por dois policiais militares, na Rua Sabará, em Higienópolis, na região central de São Paulo. De acordo com a PM, os policiais pediram para revistar a mochila de Fabrício, que tentou fugir. Quando era perseguido, teria sacado um estilete e acabou baleado.

Ele passou por operação na Santa Casa. O hospital informou que foi preciso remover um testículo da vítima por causa dos ferimentos.

Testemunhas afirmam que Fabrício não reagiu. "Eram três policiais descendo a rua correndo atrás do menino. Depois do terceiro tiro, o rapaz saiu cambaleando e um policial deu um empurrão nele em cima da árvore", disse um morador da região que não quis se identificar.

Na manhã de ontem, o comandante-geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, coronel Benedito Roberto Moura, teria dito que os disparos da polícia foram legítimos. Ele conta que imagens de câmeras de segurança confirmam a versão da PM.


Presos quatro acusados de planejar ataque em Campinas

O Ministério Público (MP), com apoio da Polícia Militar, prendeu ontem pelo menos quatro acusados de planejar um possível atentado contra policiais militares, em reação aos 12 assassinatos em série que aconteceram numa mesma região da periferia de Campinas, no interior de São Paulo, nos dias 12 e 13.

A chacina é investigada como uma reação de PMs, após a morte de um colega de corporação que estava de folga, durante um assalto, num posto na área do Ouro Verde, horas antes. O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), que investiga membros do Primeiro Comando da Capital (PCC) na região, interceptou conversas telefônicas entre criminosos e chegou ao plano.

Na casa de um dos presos, nesta segunda-feira, foi encontrada uma lista com os nomes das 12 vítimas da chacina. A operação foi deflagrada pela manhã. Os presos foram levados para duas delegacias da cidade e também para Paulínia. Na sexta-feira, 24, a Polícia Civil, que investiga o caso, prendeu Gullit Fernandes de Oliveira, 22 anos. Oliveira é um dos dois suspeitos de matar o PM Arides Luís dos Santos, de 44, na tarde do dia 12. O crime aconteceu horas antes do início dos 12 assassinatos, com características de execução, em cinco pontos distintos da região do Ouro Verde, em um prazo de quatro horas. 
 
 
 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar