Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Saúde reúne gestores para o planejamento de ações em 2014

Publicada em 08/01/2014 às 20:53
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Desde o início da semana, o secretário da Saúde de Sorocaba, Armando Raggio, vem se reunindo com os coordenadores regionais, diretores de área, gestores e coordenadores de unidades da rede municipal de Saúde para a realização de oficinas, cujo objetivo é direcionar os trabalhos ao longo deste ano, com o planejamento das ações e das estratégias que visam à reestruturação e à melhoria do sistema. A vice-prefeita e secretária municipal de Desenvolvimento Social, Edith Maria Di Giorgi, também está acompanhando os encontros.

Nestas reuniões, na Escola de Gestão Pública, os profissionais da Secretaria da Saúde de Sorocaba (SES) avaliam os alcances de 2013, discutindo os desafios para 2014 e ainda se preparam para a devolutiva da 7ª Conferência Municipal de Saúde, realizada entre os dias 29 de novembro e 1º de dezembro do ano passado, que deve ocorrer até o mês de maio. "Estamos nos esforçando para consolidar o que foi feito em 2013 na área da Saúde, ampliar e aperfeiçoar estes alcances. Além disso, estamos planejando as tarefas que teremos para 2014, inclusive nos preparando para responder às mais de 500 propostas da última Conferência Municipal da Saúde, formuladas pela população", comenta Raggio.

Entre os avanços do ano passado, os próprios profissionais da Saúde citaram a regionalização da SES - divisão da cidade em seis regiões (norte, centro-norte, noroeste, sudoeste, centro-sul e leste); a reorganização do sistema de urgência e emergência da SES - alteração do padrão de atendimento das Unidades Pré-Hospitalares (UPHs) zona norte e zona oeste e a mudança no atendimento do PS Municipal, que funciona na Santa Casa; a implantação da Central de Regulação Municipal; a inauguração da UPH da zona leste; o fortalecimento da rede de Saúde Mental, inclusive com a inauguração do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) AD III (24 horas) e também a realização da 7ª Conferência Municipal de Saúde.

E, entre as expectativas para este 2014, já para o primeiro semestre do ano, está a regulação das vagas dos leitos dos hospitais contratados pela Prefeitura em dezembro do ano passado (Santa Casa, Evangélico e Santa Lucinda, por convênio de contratualização) e o funcionamento da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Éden, cujas instalações devem ser entregues pela Prefeitura em abril.
 
 
 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar