Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Cursos de formação abrem comemoração dos 20 anos da Oficina Cultural `Grande Otelo'

Publicada em 07/01/2014 às 20:29
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Primeiras oficinas experimentais de 2014 vão de janeiro a março, com mostra dos resultados na primeira semana de abril

A Oficina Cultural Regional "Grande Otelo", mantida pela Secretaria de Estado da Cultura em Sorocaba, no prédio do Fórum Velho, na praça Frei Baraúna, na região central da cidade, está comemorando neste 2014 seus 20 anos de existência e programa uma série de eventos especiais para marcar a efeméride, começando por atividades de formação que já devem ocorrer a partir deste mês, indo até março e culminando seus processos em uma mostra de resultados que acontecerá na primeira semana de abril.

Entre as oficinas experimentais que estão sendo programadas pela Oficina Cultural Regional "Grande Otelo" para estes três primeiros meses de 2014, estão cursos nas áreas de Artes Cênicas e de Artes Visuais. São elas:

* Oficina de Dança "O sexto dia: a crise da representação masculina". Coordenação: Douglas Emílio e Júlio Melo. De 21 de janeiro a 25 de março, às terças-feiras, das 18h30 às 21h30. Público: jovens e adultos do sexo masculino, acima de 16 anos, com alguma experiência em dança, teatro, performance, artes visuais ou música, estudantes de Filosofia, Sociologia ou Psicologia e demais interessados. Inscrições abertas até 16 de janeiro, quinta-feira. Seleção: carta de interesse/20 vagas. A apresentação de "O Sexto Dia: A Crise da Representação Masculina" será a 1º de abril, terça-feira, às 20 horas. Classificação: livre/40 lugares (distribuição de ingressos com uma hora de antecedência).

A oficina discutirá procedimentos cênicos em Dança, Performance e Teatro a partir do corpo masculino e possibilitará o encontro de artistas de diferentes áreas, a fim de produzir um exercício cênico que revisita o tema de projeto apresentado em 1995, agora na perspectiva dos artistas atuais. Bailarino, ator e arte-educador, Douglas Emílio é formado em Teatro/Arte-Educação pela Universidade de Sorocaba (Uniso). Atualmente, está cursando Formação no Método de Reeducação do Movimento Ivaldo Bertazzo. Realizou intercâmbio na Europa, com as escolas Trinity Laban Centre (Inglaterra) e Tanztheater Wuppertal Pina Bausch (Alemanha). Já o ator Júlio Melo formou-se pelo Conservatório Dramático e Musical "Dr. Carlos de Campos", de Tatuí, e cursa a Escola de Arte Dramática da Eca-USP. Integrante e cofundador do Coletivo Cê, assinou a direção dos espetáculos "Botu-ra-ti", contemplado pelo ProAC, e "Desterro”", também contemplado pelo ProAC e pela Linc de Sorocaba.

* Oficina de Performance "Jauára ichê" - Nós e entremeios da cultura antropofágica. Coordenação: Cleide Riva Campelo. De 22 de janeiro a 26 de março, às quartas-feiras, das 18h45 às 21h45. Público: atores amadores, bailarinos, performers, artistas plásticos, músicos, pesquisadores e universitários. Inscrições abertas até 18 de janeiro, sábado. Seleção: carta de interesse e currículo/20 vagas. Apresentação do espetáculo "Wir Sind Wir" no dia 2 de abril, quarta-feira, às 20 horas. Classificação: livre/40 lugares (distribuição de ingressos com uma hora de antecedência).

A partir de três núcleos inspiradores - a peça "Peer Gynt", de Ibsen; o conto indígena brasileiro "Ceiussu, a Velha Gulosa" e o filme "A Fonte da Donzela", de Bergman -, a oficina propõe um trabalho de reflexão e de experimentação artística que reverencie fatos da memória, assim como sirva de inspiração e estabeleça uma ponte entre os diversos tempos e espaços. Ao final, será apresentada a performance "Wir Sind Wir". A professora e pesquisadora Cleide Riva Campelo dirige, desde 2008, o grupo Tutu-Marambá Pesquisas das Artes do Corpo (www.tutumaramba.com.br). Com vasta produção acadêmica e artística, é doutora em Comunicação e Semiótica e autora de "Cal(e)idoscorpos, Um Estudo Semiótico do Corpo e Seus Códigos".

* Oficina de Teatro "Uma experiência cênica com Anton Tchekhov". Coordenação: Carlos Doles. De 30 de janeiro a 27 de março, às quintas-feiras, das 18h30 às 21h30. Público: atores, diretores e performers. Inscrições abertas até 17 de janeiro. Seleção: currículo artístico e entrevista (dia 23, quinta-feira, às 18h30)/20 vagas. A apresentação do exercício cênico será dia 3 de abril, quinta-feira, às 20 horas. Classificação: 14 anos/40 lugares (distribuição de ingressos com uma hora de antecedência).

A partir de fragmentos da obra literária de Anton Tchekhov, a oficina possibilitará oportunidade de investigação e experimentação cênica, focada na estética e linguagem teatral do trabalho do ator contemporâneo. Ator, diretor, dramaturgo e arte-educador, Carlos Doles é graduado em Teatro/Arte-Educação pela Universidade de Sorocaba (Uniso). É ator contratado da Cia. de Teatro do Conservatório de Tatuí, ator e diretor da Trupé de Teatro e diretor dos núcleos Descobrir Teatro e Teatroterapia.

* Oficina de Desenho "Diário Gráfico". Coordenação: Letícia Barreto. De 29 de janeiro a 26 de março, às quartas-feiras, das 14 às 17 horas. Público: artistas visuais e interessados em desenho partir de 14 anos. Inscrições abertas até 21 de janeiro. Seleção: entrevista e análise de portfólio, no dia 22, quarta-feira, às 14 horas/20 vagas. Exposição "GO em Esboço", com concepção de Letícia Barreto e dos participantes da Oficina de Desenho "Diário Gráfico", de 1º a 12 de abril, de terça à sexta-feira, das 13 às 21 horas, e sábados, das 9 às 18. Classificação: livre.

Diário Gráfico é a prática do desenho em cadernos e blocos, como forma de apontar ideias para projetos, registrar o cotidiano, treinar a observação e exercitar o ato de desenhar sempre que possível. O espaço da Oficina Cultural Regional "Grande Otelo" e o entorno serão a fonte de inspiração para os desenhos com técnicas comumente utilizadas nessa prática, como caneta esferográfica e lápis de cor aquarelável. Letícia Barreto é pintora, desenhista, artista mixed media e arte-educadora. Estudou Artes Plásticas no Instituto Lorenzo d'Medici, em Florença, Itália, e concluiu o mestrado em Artes Visuais e Intermédia na Universidade de Évora, Portugal. Realiza individuais e participa de mostras coletivas desde 1992, tendo exposto no Brasil, Itália, Estados Unidos, Equador e Portugal.

* Oficina de Fotografia "Fragmentos de uma história". Coordenação: Camila Fontenele. De 15 de fevereiro a 29 de março, aos sábados, das 14 às 17 horas. Público: interessados com conhecimento básico de Fotografia, a partir de 15 anos de idade. Inscrições abertas até 11 de fevereiro. Seleção: carta de interesse/20 vagas. Exposição "Fragmentos de uma História - 20 Anos da Oficina Cultural Regional `Grande Otelo'", com concepção de Camila Fontenele e dos participantes da oficina de fotografia, também de 1º a 12 de abril. Classificação: livre.

A oficina estimulará a pesquisa e o reconhecimento de cada imagem antes de fotografar, estudando cores e enquadramento, assim como possibilitará a formação de uma consciência estética ao capturar a imagem. A inspiração para essa experiência será o próprio prédio do Fórum Velho, sede da Oficina Cultural Regional "Grande Otelo", e seu entorno. Camila Fontenele é graduada em Comunicação Social, com habilitação em Publicidade e Propaganda, pela Universidade de Sorocaba (Uniso), cursando pós-graduação em Cinema, TV e Vídeo no Centro Universitário "Belas Artes", de São Paulo. É também idealizadora do projeto fotográfico "Todos Podem Ser Frida".


Cineastas ingleses abrem 'Cinema de Quinta' de 2014

Diretores ingleses serão o destaque da abertura da versão 2014 do projeto "Cinema de Quinta - Filmes de primeira", realizado sempre às quintas-feiras, das 19 às 21 horas, na Oficina Cultural Regional "Grande Otelo" também, com curadoria da Academia Sorocabana de Fotografia, Cinema e Vídeo, com 20 lugares por exibição. Esta mostra vai de 23 de janeiro a 20 de fevereiro e será inteiramente dedicada a cineastas ingleses com filmes importantes que marcaram época na sua diversidade de estilos. 

A programação especial traz, logo no dia 23, "Monty Python - Em busca do cálice sagrado", produção de 1975, com direção de Terry Jones e Terry Gilliam e classificação para 16 anos. Na Inglaterra medieval, o Rei Arthur parte numa jornada em busca de pessoal para formar o grupo conhecido como os Cavaleiros da Távola Redonda. Uma das mais conhecidas e cultuadas comédias de todos os tempos, protagonizada pelo grupo Monty Python.

Na sequência virão, no dia 30, "Alta fidelidade" (2000), com direção de Stephen Frears; dia 6 de fevereiro, "Ou tudo ou nada" (1998), de Peter Cattaneo; dia 13, "Despedida em Las Vegas" (1996), com direção de Mike Figgis; e no dia 20 de fevereiro, "Todo mundo quase morto" (2004), com direção de Edgar Wright,

'PORÃO DO TERROR' - Por outro lado, a Academia Sorocabana de Fotografia, Cinema e Vídeo também já definiu que, depois do ciclo com diretores ingleses, "Porão do Terror" dará sequência à versão 2014 do projeto "Cinema de Quinta - Filmes de primeira", na Oficina Cultural Regional "Grande Otelo", de 27 de fevereiro a 27 de março. A programação composta por grandes clássicos do gênero incluirá "Drácula" (1931, direção de Tod Browning), "Frankenstein" (1931, direção de James Whale), "O monstro da lagoa negra" (1954, direção de Jack Arnold), "Freaks - Monstros" (1932, direção de Tod Browning) e "A múmia" (1932, direção de Karl Freund).


Sorocaba receberá workshop de Residência Artística Internacional

A argentina Cia Móvil, de Buenos Aires, que se apresentou na cidade com o espetáculo "Corpo Estrangeiro" (Prêmio Teatro Del Mundo'2012 de melhor direção e coreografia) e também realizou o workshop de um dia dentro da II Semana do Artista/Festival Internacional de Artes "Cleyde Yáconis" em agosto do ano passado, retorna a Sorocaba neste mês de janeiro, para um aprofundamento do Workshop "Mover e ser movido", trabalho que integra as disciplinas de dança, teatro e teatro de objetos, propondo agora, assim, uma residência artística de 10 dias, a ser realizada entre os dias 20 e 31 deste mês.

A vinda da Cia Móvil a Sorocaba é uma iniciativa do Sindicato dos Artistas/Sated, tendo em vista o sucesso do espetáculo e o grande interesse que o workshop de um dia provocou no ano passado, como informou ontem o diretor teatral Mário Persico. O workshop acontecerá na sede do Teatro-Escola Mário Persico, que fica à rua da Penha, 823 - 3º andar. As inscrições já podem ser feitas no próprio Teatro-Escola, das 10 às 12 e das 13 às 16 horas.


TELEVISÃO

BBB14 estreia com 20 participantes

Na próxima terça-feira, dia 14, Pedro Bial anuncia a estreia da décima-quarta edição do "Big Brother Brasil". Com maior número de candidatos, a casa mais vigiada do Brasil terá neste ano 20 confinados. São eles Aline, 33 anos, atriz, de Porto Alegre (RS); Bella, 27 anos, bailarina, de Recife (PE); Vanessa, 27 anos, modelo, de São Paulo (SP); Letícia, 27 anos, bacharel em Direito, de Belo Horizonte (MG); Tatiele, 22 anos, Miss, de Cianorte (PR); Princy, 32 anos, corretora de imóveis, de Goiânia (GO); Clara, 25 anos, empresária, de São Paulo (SP); Franciele, 24 anos, produtora de eventos, de Santa Rosa (RS); Amanda, 23 anos, estudante de Engenharia, de Divinópolis (MG); Angela, 26 anos, advogada, de São Roque (SP); Valter, 35 anos, rapper, de São Paulo (SP); Vagner, 37 anos, empresário, de São Paulo (SP); João Almeida, 31 anos, cartomante, do Rio de Janeiro (RJ); Júnior, 27 anos, supervisor de vendas, de São Paulo (SP); Cássio, 22 anos, estudante de Publicidade, de Alvorada (RS); Marcelo, 26 anos, administrador, de Curitiba (PR); Alisson, 27 anos, professor, de Contagem (MG); Diego, 31 anos, publicitário, do Rio de Janeiro (RJ); Roni, 27 anos, modelo, de Iacri (SP); e Rodrigo, 28 anos, cozinheiro, de Recife (PE).

Desta vez, nenhum dos candidatos ao prêmio de R$ 1,5 milhão passará pela casa de vidro; todos entrarão de uma vez só no confinamento. "Em compensação, os participantes vão ter uma grande surpresa no início do jogo", adianta o diretor de núcleo Boninho.

UMA PITADA A MAIS DE HUMOR - Uma das novidades do `BBB 14' é a participação de Valdirene (Tatá Werneck), personagem de "Amor à Vida". Depois de muito batalhar pela fama e pelo sucesso, ela realiza o sonho de fazer parte do reality show. E não é nada fácil para ela entrar na casa mais vigiada do Brasil. Na história, Valdirene consegue ser entrevistada por Boninho e fisga uma suada vaga na casa de vidro, montada em um shopping Center do Rio de Janeiro. Murilo (Emílio Orciollo), Jefferson (Celso Berrini) e uma loura muitíssimo competitiva são os oponentes de Valdirene. E todos se surpreendem com o anúncio de Pedro Bial, que confirma a participação da periguete no programa. Ela, então, é levada a um hotel e fica lá até o momento em que entra na casa do `BBB 14'.

O público poderá participar dos paredões e de outras competições anunciadas durante a semana pelo site do `BBB' (www.gshow.com/bbb), através de ligações para os números 0300 divulgados durante a exibição ou enviando mensagens SMS.  O programa irá ao ar de segunda a sábado, logo após a novela "Amor à Vida", e aos domingos após o "Fantástico". 


 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar