Sábado, 7 de Dezembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Obras de duplicação da SP 264 iniciam-se no sábado

Publicada em 27/11/2013 às 22:11
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

As obras de duplicação entre os quilômetros 102,0 e 119,50 (17,5 quilômetros) da rodovia João Leme dos Santos (SP 264), que liga Sorocaba a Salto de Pirapora, iniciam-se neste sábado (30). De acordo com a deputada Maria Lúcia Amary (PSDB), o governador Geraldo Alckmin (PSDB) estará em Sorocaba para uma solenidade de início das obras, a partir das 14 horas. 

O projeto de melhorias na rodovia prevê a construção de uma ciclovia e sete passarelas, via marginal, dispositivos de acesso e retorno em nível e em desnível. O orçamento destinado pelo governo do Estado será de R$ 114 milhões. O Departamento de Estradas e Rodagens (DER) planeja o tempo de 15 meses para a entrega da duplicação da rodovia.

A melhoria foi anunciada pelo governador em abril de 2011, após a comissão de vereadores de Sorocaba ter reunido no Legislativo lideranças dos bairros vizinhos à rodovia, deputados, prefeitos dos municípios da região, vereadores, entidades representantes de classe, entre outros, para debater o tema e cobrar uma atitude do governo. Há dois anos, Alckmin declarou que as obras se iniciariam no segundo semestre de 2012, no entanto o começo foi adiado várias vezes. A rodovia é uma das mais perigosas da região com registros constantes de acidentes, inclusive com vítimas fatais. 

Em abril de 2012, a Comissão de vereadores da Câmara de Sorocaba e lideranças dos bairros que margeiam a SP 264 percorreram a rodovia e sugeriram ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER) a implantação de seis passarelas nos pontos mais conflitantes da via. Os locais escolhidos foram no acesso ao Jardim Tatiana e em frente ao Green Valley (ambos em Votorantim), na entradas do bairro Chácaras de Ana Maria (no quilômetros 109) e em três bairros de Salto de Pirapora: Inhambiru, próximo ao quilômetro 110; Jucurupavá, no 116; e no Jardim Paulistano, no 118,8. Todos foram acatados pelo DER. Na ocasião, foi elaborado um manifesto com a assinatura dos participantes da primeira audiência pública, todos favoráveis à duplicação, e protocolado pela comissão de vereadores no gabinete do governador, no Palácio dos Bandeirantes em São Paulo. 

Desde então houve o período de elaboração do projeto executivo e a licitação para contratação das empresas responsáveis pela obra. A Construtora Gomes Lourenço foi contratada por R$ 56,9 milhões para duplicar o trecho entre o quilômetro 102 e o 109,6 da SP 264, e a Compec Galasso Engenharia e Construções contratada para as obras entre o quilômetro 109,6 e o 119,5. 
 

 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar