Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Prefeitura amplia horário de funcionamento das Casas do Cidadão

Publicada em 26/11/2013 às 20:58
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Postos de atendimento descentralizado, que oferecem mais de 100 tipos de serviços, as Casas do Cidadão da Prefeitura de Sorocaba funcionarão uma hora a mais por dia, atendendo a uma antiga reivindicação de muitos munícipes. A partir de segunda-feira (2 de dezembro), as unidades Itavuvu, Ipanema, Ipiranga, Brigadeiro Tobias, Éden e Nogueira Padilha estarão abertas ao público das 9 às 17 horas, de segunda a sexta-feira.

Implantadas em 2008, as Casas do Cidadão presta anualmente cerca de 1 milhão de atendimentos de serviços da Prefeitura, Saae, Urbes, Polícia Civil, Poder Judiciário e Correios. Inclusive, a mudança de horário compatibilizará o funcionamento das Casas do Cidadão ao das agências dos Correios em nível nacional.

Para o secretário de Planejamento e Gestão, Rubens Hungria de Lara, os postos descentralizados vêm cumprindo o objetivo de atender rapidamente aos sorocabanos, dentro do plano de governo do prefeito Antônio Carlos Pannunzio em tornar a gestão pública mais eficiente.

"Estamos investindo para facilitar ainda mais a vida do cidadão, ampliando a gama de serviços oferecidos não só presenciais, mas também pela internet", explica. A mudança será viabilizada pela implantação da nova Infovia, formada por 262 quilômetros de fibra óptica. A nova rede de informações vai possibilitar mais velocidade na transmissão de dados entre as unidades municipais.

Entre os serviços oferecidos pelas Casa do Cidadão, estão as emissões de carteira de identidade (RG) e atestados de antecedentes criminais; certidões de tributos fiscais; solicitação de transporte por ambulância; emissão de Cartão SUS; orientações sobre programas de Desenvolvimento Social; 2ª vias IPTU, ISS e contas de água e luz; cursos profissionalizantes da Uniten; ações da Secretaria da Cultura (Secult); sessões de conciliação do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania; serviços dos Correios, entre outros.


 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar