Domingo, 20 de Outubro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Número de homicídios cai 2,26%

Publicada em 25/11/2013 às 22:11
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A região de Sorocaba teve queda nos homicídios dolosos neste ano em comparação com o mesmo período do ano passado, apontam as estatísticas da criminalidade divulgadas nesta segunda-feira (25) pela Coordenadoria de Análise e Planejamento (CAP) no portal da Secretaria da Segurança Pública (SSP). O indicador de criminalidade passou de 221 ocorrências registradas de janeiro a outubro do ano passado para 216 no mesmo período deste ano, cinco a menos, embora tenha havido três casos a mais em outubro.

No mês, os furtos tiveram redução de 2,09% na comparação com outubro do ano passado, com 50 ocorrências a menos. De janeiro a outubro deste ano, foram registrados 2.342 casos, contra 2.392 nos dez meses de 2012.

Além de reduzir os indicadores de criminalidade, as polícias da região de Sorocaba tiveram recorde na quantidade de prisões feitas e de apreensões de drogas ou prisões de traficantes registrada no ano.

Outro indicador em queda no mês é o de roubo a banco. Em outubro deste ano, um caso do indicador de criminalidade foi registrado na região, ante dois no mesmo mês do ano passado.

Os roubos, que incluem roubo a banco e de carga, tiveram diminuição de 38 ocorrências no ano. A região registrou 4.787 casos entre janeiro e outubro, número 0,79% menor do contabilizado no mesmo mês do ano anterior, quando houve 4.825.

Não houve registro de extorsão mediante sequestro em outubro. O indicador de criminalidade se manteve estável, já que no mesmo mês do ano passado também não houve ocorrências.

PRISÕES E APREENSÕES DE DROGAS RECORDES - As polícias Civil e Militar bateram recorde de apreensões de drogas ou prisões de traficantes, com a maior quantidade registrada para um período de janeiro a outubro desde 2001. O aumento foi de 15,08% nos dez meses.

Entre janeiro e outubro deste ano foram realizados 3.320 flagrantes de tráfico. O dado indica um crescimento de 435 casos, já que no mesmo período de 2012 houve 2.885 flagrantes.

O indicador de produtividade policial também aumentou no mês: 1,77%, com cinco casos a mais. O número de prisões é recorde para o período de dez meses. Subiu 15,42%, passando de 9.297 de janeiro a outubro do ano passado, para 10.731, ou seja, 1.434 a mais.

No mês, o indicador de produtividade policial também aumentou - 12,32%, com 111 casos a mais. Ainda foram retiradas 1.130 armas ilegais das ruas da região de Sorocaba nos últimos dez meses. O aumento é de 2,82% a igual período do ano passado, quando foram apreendidas 1.099.


Delegacia Eletrônica passa a registrar ocorrências de roubo

A Delegacia Eletrônica da Polícia Civil foi ampliada e, desde hoje, vítimas de roubo de veículo podem registrar boletins de ocorrência eletronicamente. A ampliação continuará em 15 dias, quando também será possível registrar ocorrências de roubo a transeunte ou de objeto (roubo de rua).

Esta é a primeira vez que crimes praticados sob grave ameaça poderão ser registrados por via Delegacia Eletrônica, que já atendia a estes 11 tipos de ocorrências: furtos - incluindo de veículos -, perdas (documentos, celulares e placa de veículos), ameaça, injúria, difamação, calúnia, desaparecimento e encontro de pessoas.

A ampliação traz mais comodidade à vítima, que não precisará ir até um Distrito Policial logo após ser roubada e poderá registrar a ocorrência de casa, por exemplo. Caso haja agressão física no momento do crime, porém, a vítima ainda precisará ir a um DP para possíveis exames e não será possível fazer o registro pela internet.

A inclusão dos roubos no rol de crimes atendidos pela Delegacia Eletrônica também tem como objetivo incentivar o registro da ocorrência, evitando, assim, a subnotificação. Pesquisa divulgada no mês passado pelo Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper) mostra que 36,7% das vítimas deste tipo de crime avisam a polícia sobre o ocorrido. A principal razão, segundo o levantamento, é a falta de importância do objeto roubado.

COMO REGISTRAR - O registro da ocorrência de roubo pela web depende do preenchimento correto de um formulário disponível no site da Delegacia Eletrônica. Além de informações pessoais da vítima, são pedidos dados como local onde o roubo ocorreu, características do veículo e do autor do crime.

Todos os detalhes que possam ajudar a Polícia Civil a esclarecer o roubo serão usados nas investigações. O sistema questionará, por exemplo, se o assaltante possuía tatuagem, barba, cicatriz ou qualquer outra característica física que o diferencie.

Logo após o registro, um policial da Delegacia Eletrônica analisará o caso e entrará em contato com a vítima por telefone para averiguar algum dado ou colher mais informações. Ele será responsável por aprovar ou reprovar o boletim de ocorrência.

Uma vez aprovado, o boletim será encaminhado ao Distrito Policial da área onde ocorreu o crime, que investigará o roubo. Os policiais do DP agendarão dia e horário para que a vítima compareça à delegacia.

A aprovação do pedido de boletim de ocorrência pela internet será informado via e-mail. Assim que agendado, a data e a hora em que a vítima deverá comparecer ao DP também será informada. Será possível acompanhar o andamento do pedido pelo site da Delegacia Eletrônica. Caso haja uma falsa notificação de crime, o autor do registro pode ser punido, de acordo com pena prevista no artigo 340 do Código Penal Brasileiro. 

 
Adolescentes são apreendidos acusados por roubo de carros 

Dois adolescentes, de 16 e 17 anos, foram apreendidos na manhã de ontem acusados por roubo de carros. Os infratores participavam da “Gangue da Raposo Tavares” que teria como integrante um terceiro menor infrator, de apenas 14 anos, que ainda está sendo procurado pela polícia. 

Agentes da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) suspeitam de que desde 23 de outubro a gangue praticava furtos no Bairro João Romão e Vila Sabiá e atualmente estavam roubando outra vez nesses locais.

Através do cruzamento de informações de adolescentes infratores entre a Diju (Delegacia da Infância e Juventude) e a DIG, a polícia conseguiu identificar os menores. De acordo com o delegado titular da DIG, José Humberto Urban Filho, a quadrilha não tinha hora para agir nem modelo de carro determinado, procurando apenas veículos de qualidade. Os infratores, que atuavam armados, já tinham passagem pela polícia por tráfico de entorpecentes. 

A polícia apreendeu quatro celulares e dois capacetes que teriam sido utilizados em outros crimes. As pessoas que foram vítimas da quadrilha devem procurar a DIG, na avenida Dom Aguirre, 3.303 ou ligar pelo telefone (15) 3224-1595.


Drogas levam jovens à prisão 

Nesta segunda-feira (15), dois jovens foram flagrados por policiais militares portando 42 pedras de crack e cinco porções de maconha no Parque das Laranjeiras. Ao perceber a aproximação dos policiais, um dos indivíduos dispensou três pedras crack e uma porção de maconha. O acusado admitiu que havia adquirido a droga para consumo próprio.

Lucas Mora Moreno, 19 anos, e Leandro Rodrigues Alves, de 18, foram levados ao plantão policial norte e autuados em flagrante por tráfico de entorpecentes. Os dois já possuíam passagem pela polícia e foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória (CDP).


Polícia Rodoviária encontra maconha em frigorífico 

Policiais do Comando Policial Militar Rodoviário foram verificar denúncia anônima de que um veículo estaria transportando drogas para a região, trafegando pela rodovia Castelo Branco, no domingo (24). 

Durante a fiscalização, a equipe encontrou 313 tijolos de maconha em 15 bolsas. Ao indagar o motorista, este informou que tinha pegado a droga em Dourado-MG e receberia R$ 500 para transportá-la até São Paulo. Devido ao flagrante, o infrator foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Avaré-SP, onde foi apreendido o veículo.


Acidente entre micro-ônibus e carreta deixa 14 mortos em MG

Um acidente entre um micro-ônibus e uma carreta causou a morte de 14 pessoas, incluindo um adolescente e uma criança, e deixou 11 feridos na manhã desta segunda-feira (25). A batida aconteceu no quilômetro 361 da BR 251, próximo ao trevo de acesso ao município de Padre Carvalho, na região norte de Minas Gerais. De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), todas as vítimas estavam no micro-ônibus do Sistema Estadual de Transporte em Saúde (Sets) e seriam levadas de Rubelita para receberem atendimento médico em Montes Claros, ambas também no norte mineiro.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o micro-ônibus bateu de frente com a carreta, que transportava um motor e invadiu a contramão. O motorista da carreta ficou preso nas ferragens, mas foi retirado com ferimentos leves e socorrido a um hospital de Salinas. Os demais feridos também foram encaminhados para unidades do município e de Taiobeiras.

O Corpo de Bombeiros informou que uma das vítimas morreu logo após dar entrada no Pronto-Socorro de Salinas. Pelo menos quatro feridos ainda estão em estado grave. No início da manhã, o Samu havia informado que 26 pessoas estavam no micro-ônibus, mas depois confirmou que dois passageiros que também deveriam ser levados a Montes Claros perderam a viagem, iniciada ainda na madrugada.

O motorista da carreta já teria sido ouvido pela Polícia Civil, mas o teor do depoimento não foi revelado.

O acidente, que interditou parcialmente a BR 251, no sentido de Rubelita a Montes Claros, fez com que vários moradores da cidade de origem das vítimas fossem para a rodovia em busca de informações, já que o ponto onde ocorreu a batida não tem sinal de celular nem de rádio. Durante a tarde, o governador de Minas, Antônio Anastasia (PSDB), divulgou nota lamentando o fato e prestando solidariedade aos amigos e familiares das vítimas.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar