Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Acordo encerra greve na Toyota

Publicada em 19/10/2013 às 18:35
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Os trabalhadores da Toyota em Sorocaba aprovaram, no final da tarde de sexta-feira (18), um acordo que garante reajustes salariais e no adicional noturno, fornecimento de vale-compra, e participação nos lucros e resultados pelos próximos dois anos. Com o acordo, os funcionários da montadora encerraram uma greve que já durava 17 dias.

Os dias de paralisação não serão descontados dos salários. Os funcionários vão compensar esses dias com trabalho aos sábados e terão até março de 2014 para compensar as horas. O acordo também garantiu estabilidade no emprego por 90 dias para todos os 1.500 trabalhadores da Toyota em Sorocaba.

A negociação entre o Sindicato dos Metalúrgicos e a empresa durou três dias, teve participação do presidente da Toyota na América Latina e Caribe, Steve St. Angelo, e só foi concluída na madrugada de sexta-feira.

Com o acordo, o piso salarial na fábrica passa de R$ 1.560 para R$ 1.654, o que representa um reajuste de 6,07%. O adicional noturno terá aumento em janeiro de 2014, passando de 20% para 25% sobre a hora normal. O vale-compra, que também será implantado em janeiro, será de R$ 184 por mês e volta a ter reajuste sempre em janeiro de cada ano, com base nos índices obtidos na data-base da categoria do ano anterior. 

PARTICIPAÇÃO NOS RESULTADOS - Outra conquista com o acordo foi um Programa de Participação nos Resultados (PPR) de R$ 7 mil por funcionário em 2014. Em 2015, já está garantido também um PPR de R$ 7 mil mais a reposição da inflação e mais 2% de aumento real. 

A respeito do PPR, a negociação entre Sindicato dos Metalúrgicos e Toyota também garantiu que os dias de greve não vão prejudicar a participação nos resultados prevista para este ano, que é de R$ 4.400 no total.

Sem levar em consideração os reajustes salariais e outros benefícios, os ganhos financeiros com PPR e vale-compra vão representar uma remuneração extra anual de R$ 9.208.


 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar