Terça-Feira, 18 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Casa Paulista ajuda Itapetininga na construção de moradias populares Unidades habitacionais serão para atender famílias com renda mensal de até 3 salários mínimos

Publicada em 18/10/2013 às 22:08
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O Governo do Estado vai ajudar o município de Itapetininga na construção de moradias populares com aporte financeiro da Casa Paulista - agência de fomento habitacional criada pelo governador Geraldo Alckmin em setembro de 2011, com a finalidade de ampliar a participação da iniciativa privada e agentes públicos na produção de moradias sociais.  Trata-se de aporte da primeira etapa de projeto. A autorização foi aprovada esta semana pelo secretário estadual de Habitação, Sílvio Torres, durante audiência com o prefeito Luís Antônio Di Fiori Costa, na sede da Pasta, na Capital.

O prefeito informou, ao solicitar o aporte financeiro da Casa Paulista para a construção de 1.152 unidades habitacionais em Itapetininga, que está finalizando o projeto que será enviado à Caixa Econômica Federal. "Estamos finalizando o projeto para encaminhar à Caixa. Tão logo seja aprovado, solicitaremos os recursos complementares do Governo de São Paulo para viabilizar a construção das moradias do Programa `Minha Casa, Minha Vida'", afirmou Di Fiori Costa. "O aporte financeiro da Casa Paulista é fundamental, porque viabiliza o empreendimento e possibilita melhoria na qualidade das unidades habitacionais", acrescentou ele. As moradias serão de construídas na Vila Mazei. 

A parceria faz parte do acordo de cooperação assinado entre os governos do Estado e Federal em janeiro de 2012, para a viabilização de 100 mil novas moradias pela Caixa. A parceria também foi estendida para o Banco do Brasil, que financiará 20 mil unidades habitacionais. Nessa modalidade, o Estado repassa até R$ 20 mil por unidade, a fundo perdido, com o objetivo de viabilizar moradias que serão construídas pela iniciativa privada. Serão atendidas famílias com renda mensal de até R$ 1.600,00. 

O secretário se dispôs a ajudar Itapetininga e informou que vai aguardar a solicitação do agente financeiro, que determina o valor a ser repassado pelo Estado. Ele também disse que os agentes financeiros e o Governo de São Paulo estão estudando uma nova forma de repasse financeiro. "Tão logo o projeto seja aprovado e a questão do repasse financeiro pelo Estado equacionado, o Município pode contar com os recursos complementares da Casa Paulista para viabilizar as moradias", aduziu Sílvio Torres.

Com os recursos da Casa Paulista, as unidades deverão respeitar e incorporar as melhorias estabelecidas como parâmetro de qualidade da Secretaria de Estado da Habitação. As moradias contarão com área de lazer, pisos cerâmicos em todos os cômodos, azulejos nas paredes hidráulicas e medidores de água individualizados, entre outros itens. 

MAIS 200 MORADIAS - O prefeito de Itapetininga comentou também, por outro lado, que está na Caixa outro empreendimento, já aprovado, que prevê a construção de 200 unidades habitacionais por meio do programa MCMV/Far, com o aporte financeiro da Casa Paulista igualmente. O Município aguarda o chamamento da instituição financeira. "As moradias irão atender a população carente da comunidade de Vila Palmeira", acrescentou Di Fiori. 

Também está em produção o empreendimento Itapetininga M, a Vila Dignidade, com 16 moradias que serão destinados a idosos de baixa renda e com vínculos familiares frágeis, com previsão de conclusão de obras para julho de 2014. São casas com itens de segurança e acessibilidade indispensáveis para promover a autonomia e independência do idoso. 


Itu sedia amanhä I Encontro de Gurgel

Acontece neste domingo (20), no Plaza Shopping Itu, em parceria com o Gurgel Campinas, um clube voltado para amantes do modelo, o I Encontro da categoria, das 10 às 13 horas, no estacionamento do centro de compras, próximo ao Hotel Ibis (entrada 3). O evento também contará com a presença do Carangas Clube de Itu e um show da Banda Get Back, embalando o público ao som de clássicos do The Beatles. Com entrada gratuita, o objetivo do Encontro é reunir diversas gerações, para que o público acompanhe as mudanças e características do automóvel, considerado o primeiro genuinamente nacional, idealizado por Amaral Gurgel que, por 25 anos de atividade, produziu cerca de 40 mil veículos. Para participar com a exposição de um exemplar, basta se inscrever pelo e-mail gurgelcampinas@terra.com.br .

Os apaixonados por carros poderão ali ver de perto a evolução do Gurgel, além de acompanhar a história da indústria de veículos nacional. O primeiro modelo produzido no Brasil por Amaral Gurgel, a versão QT (Qualquer Terreno), permanece em exposição no Plaza Shopping Itu. "Os encontros de carros atraem o nosso público, que sempre nos prestigia nas manhãs de domingo. Além de ser um programa diferente, é também para a família inteira, que se encanta com os modelos e histórias dos bastidores automotivos. Para o I Encontro de Gurgel, a expectativa é de que milhares de pessoas prestigiem", afirma o gerente de marketing do centro de compras, Edgar Silveira. 


Detran em Tatuí passa a funcionar no Poupatempo 

A partir da próxima segunda-feira (21), Tatuí contará com nova unidade do Departamento Estadual de Trânsito (Detran.SP), dentro do Poupatempo, que fica na avenida Coronel Firmo Vieira de Camargo, 135, no Centro. A nova unidade realizará todos os serviços de trânsito relativos a condutores, veículos e infrações, com horário ampliado de atendimento: de segunda à sexta-feira, das 9 às 17 horas, sem pausa para o almoço. Na segunda-feira, excepcionalmente, o atendimento acontecerá a partir das 12 horas. 

A antiga Ciretran funcionou em Tatuí somente até esta última quinta-feira (17), quando foi desativada; o endereço do local de emplacamento de veículos permanece o mesmo: rua Pastor Júlio Sanguinetti, 195, também no Centro. 

Com a mudança, a unidade de Tatuí passa a atender com o mesmo padrão de qualidade do Poupatempo. Além de nova infraestrutura, a unidade conta com sistema de organização do fluxo por meio de senha, orientadores para dar apoio aos usuários e condições de acessibilidade. No local, o público também tem computadores à disposição para acessar os serviços eletrônicos e sistema que permite avaliar os serviços prestados. Além disso, todos os servidores que atuam na unidade passaram por capacitação. 
 

 




Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar