Terça-Feira, 20 de Agosto de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< “Pequenos Atos de Rua” e “Pó de Nuvens” são as atrações de dança no Sesc

Publicada em 15/07/2013 às 22:32
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A dança contagiará os espaços do Sesc Sorocaba nesta quarta e quinta-feira (17 e 18), sempre às 20 horas, com a apresentação dos espetáculos da Cia. de Dança Primeiro Ato (MG): “Pequenos Atos de Rua” e “Pó de Nuvens”, respectivamente. A primeira atração, que é gratuita, acontecerá na Convivência da Unidade e apresentará o trabalho de oito bailarinos que buscam aproximar o público na identificação e na transcedência dos movimentos. Em espaços públicos da cidade, inspirados em contos e no realismo fantástico, a cena cotidiana é a matéria prima para quadros que se movem e transformam o cenário urbano em ambientes de sonho e possibilidades.

Já em “Pó de Nuvens” (ingressos à venda na Bilheteria da Unidade), os coreógrafos Denise Namura e Michael Bugdahn propõem uma obra que pode ser vista como uma travessia. Travessia de uma temporalidade onde o passado, presente e futuro se misturam para se tornar um tempo além do tempo.

Neste espetáculo, organizado como um livro com capa, capítulos e contracapa, dois grandes mineiros serão companheiros de viagem: João Guimarães Rosa e Milton Nascimento, suas vidas e obras.

Navegando entre o prosear mineiro e o silêncio cheio de promessas, entre o nada e o tudo, entre o mar de montanhas e as estradas de terra vermelha, os caminhos nascem e se cruzam pouco a pouco, em um movimento coreográfico feito poesia.

Por vezes os coreógrafos se inspiram no som, no cheiro, na textura, no peso de uma simples palavra, de uma nota só, para transformar este material em estados emocionais fortes, concentrando-se ainda na vida dos personagens: na busca do absoluto, nas escolhas de vida, na solidão, no medo, nos laços de família.

Denise Namura e Michael Bugdahn conduzem o público para um universo marcado de humor e poesia, carregado do gestual e da escritura que lhes são próprios, propondo um olhar irônico, mas muito carinhoso. Uma visão muito pessoal sobre o mundo de Guimarães e Milton Nascimento, dois artistas mineiros tão especiais.

O Sesc fica na rua Barão de Piratininga, 555, Jardim Faculdade, esquina com a avenida Washington Luis. 


CineCafé exibe o filme “Performance” nesta terça
 
Com direção de Donald Cammell e Nicolas Roe, o filme “Performance” é a próxima exibição do CineCafé, no Sesc (rua Barão de Piratininga, 555, Jardim Faculdade, esquina com a avenida Washington Luis). A sessão será nesta terça-feira (16), às 19 horas, e os ingressos podem ser retirados, gratuitamente, com uma hora de antecedência, na Central de Atendimento da Unidade.

“Performance” é um longa-metragem underground e desafiador em sua essência, pois contém duas partes bem distintas. A primeira metade é um violentíssimo filme de gângster, e a segunda parte, uma jornada radical no estilo sexo, drogas e rock’n’roll protagonizada por um Mick Jagger ensandecido.

Antes da sessão, será exibido o curta “I am Bob”, com direção de Donald Rice. Após a exibição, acontecerá o “Cinema em Reflexão”, às 21h, com o cineasta e produtor Marcelo Domingues, que discutirá sobre os aspectos técnicos que o documentário apresenta.

A próxima sessão do CineCafé será no dia 23 de julho, com “Isto é Spinal Tap”, que apresenta a história da banda heavy metal Spinal Tap.

 
Projeto Mais Cultura abre inscrições 

Com uma programação extensa e variada, o Projeto Mais Cultura Montagem, desenvolvido pela Secretaria municipal de Cultura e Lazer (Secult), realiza inscrições, para maiores de 15 anos, entre terça e quarta-feira (16 e 17), na rua Souza Pereira, 448, Centro. Entre as atividades que serão desenvolvidas em várias regiões da cidade estão cursos de Teatro Contemporâneo, Teatro para Infância, Dança Contemporânea e Maracatu.

A programação do Mais Cultura Férias, de 15 a 19 de julho, envolve atividades das 14 às 17 horas, nos Centros Esportivos da Vila Gabriel, Maria Eugênia, Pitico, Brigadeiro Tobias e Jardim Simus, além do Parque da Água Vermelha e o Parque dos Espanhóis. 

As inscrições devem ser feitas no próprio local, com uma hora de antecedência do início das atividades, prevalecendo a ordem de chegada.

Diariamente serão realizadas nesses locais oficinas de dança, teatro, musicalização, desenho e capoeira. Aqui, a ideia, segundo o secretário de Cultura, José Simões, é que também as famílias possam participar com seus filhos menores. De modo geral, as atividades são dirigidas às crianças acima dos 7 anos, mas os pequenos também poderão integrar o programa, desde que acompanhados de responsáveis.


Sesc realiza a abertura da exposição Arte à Primeira Vista

Criada especialmente para promover o contato das crianças com a arte contemporânea brasileira, com a curadoria de Renata Sant’ Anna e Valquíria Prates, o Sesc Sorocaba promove a abertura da exposição “Arte à Primeira Vista”, nesta terça-feira (16), às 19 horas, na área de exposições da Unidade.

Os visitantes poderão conferir as obras até o dia 30 de setembro, de terça a sexta, das 9h30 às 21h30, e aos sábados, domingos e feriados, das 10 às 18 horas. Já as visitas em grupos podem ser agendadas com antecedência pelo e-mail secretaria@sorocaba.sescsp.org.br

A mostra reúne trabalhos dos artistas Geraldo de Barros, Mira Schendel (que fazem parte do Acervo Sesc de Arte Brasileira), Leonilson, Frans Krajcberg, Regina Silveira e Lygia Clarck, e tem como objetivo aproximar as crianças da produção artística atual. Além disso, visa oferecer mais um campo de descobertas a ser explorado e uma oportunidade de buscar, no universo lúdico, o frescor da fantasia e da riqueza de suas interpretações, renovando os olhares do público e impressões à primeira vista.

Durante todo o período da exposição, as pessoas poderão participar de vivências livremente inspiradas nos processos de criação e pesquisa dos artistas, abordando temas como arte e vida; reflexões sobre imagens e espaço da arte, em ateliês e práticas artísticas, acompanhadas por uma equipe de mediadores.


A HERANÇA DO SAGRADO

Obras-primas do Vaticano e de museus italianos são trazidas ao Brasil para a JMJ no Rio 

Dentro da programação do Festival da Juventude, integrante da Jornada Mundial da Juventude que acontece no Rio de Janeiro na outra semana, entre 25 e 28 de julho, trazendo inclusive o papa Francisco ao Brasil, o Museu Nacional de Belas Artes (MNBA) inaugurou ao público na quarta-feira (10) a exposição "A herança do sagrado: obras-primas do Vaticano e de museus italianos", que apresenta mais de cem obras-primas vindas dos Museus Vaticanos e das principais instituições museológicas italianas, como o Museu do Palácio Venezia, a Galeria Borghese e os Museus Capitolinos (Roma), o Museu de Capodimonte (Nápoles), a Galeria Nacional de Marche (Urbino) e a Galeria Palatina (Florença), além da Biblioteca Apostólica Vaticana e a Fábrica de São Pedro. "É uma exposição única em razão da amplitude do tema e pela presença de mestres e grandes artistas, o que proporciona um amplo entendimento da singularidade de importantes períodos artísticos - o Renascimento e o Barroco -, que nasceram e tiveram seu auge em muitos dos distritos italianos", explica o curador da exposição, professor Giovanni Morello, pesquisador que trabalhou na Biblioteca Vaticana durante trinta anos.

A exposição ocupa integralmente o segundo andar do MNBA do Rio e apresenta ao público obras emblemáticas, como Resurrezione (Ressurreição), de Ticiano, e raridades como a primeira representação conhecida de Jesus Cristo, de autor desconhecido, datada entre os séculos III e V, que serviu de inspiração às gerações seguintes. Esse também é o caso de Cristo como Salvator Mundi (Cristo como Salvador do Mundo), do ateliê de Leonardo da Vinci, um dos principais nomes do Renascimento italiano e que também marca presença com outras obras em "A herança do sagrado".

EM QUATRO MÓDULOS - Para a diretora do Museu Nacional de Belas Artes, Monica Xexéo, "esta é uma das exposições mais relevantes já realizadas no País e na América do Sul, abordando a arte do período Renascentista e do Barroco italiano". "A mostra reforça os laços culturais entre o Brasil e a Itália", comemora ela, acrescentando que a mostra apresenta pinturas, esculturas, joias e relíquias divididas em quatro módulos. O primeiro trata exatamente das representações dos diversos episódios da vida de Cristo, com destaque para obras de Ticiano e Peter Paul Rubens, enquanto que o segundo é dedicado à missão e à vocação dos apóstolos Pedro e Paulo. Nesta parte da exposição, o público pode apreciar inúmeros achados e obras de arte provenientes da antiga Basílica de São Pedro, conhecida como Basílica de Constantino, no Vaticano.

Já o terceiro módulo da mostra tem como tema a Virgem Maria, representada em obras muito significativas, como a que veio dos Museus Vaticanos, a Madonna del davanzale (Nossa Senhora do parapeito), datada de 1490, de Pinturicchio. O último módulo é dedicado a obras e relíquias que remetem à vida dos santos, tema abordado por artistas como Guido Reni e Caravaggio. Em homenagem ao Rio de Janeiro, o público pode ver de perto o relicário que abriga os restos mortais do crânio de São Sebastião, padroeiro da cidade.

SERVIÇO - A exposição "A herança do sagrado: obras-primas do Vaticano e de museus italianos" tem o apoio do Ministério da Cultura, por intermédio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), e é uma realização do Pontifício Conselho para os Leigos, do Comitê Organizador Local da Jornada Mundial da Juventude Rio2013 e da Fundação João Paulo II para a Juventude, em conjunto com o governo federal, por meio do Instituto Brasileiro de Museus e do Museu Nacional de Belas Artes. Segundo o gerente de Eventos Culturais da JMJ Rio'2013, Gustavo Ribeiro, a mostra é o principal evento cultural da Jornada Mundial da Juventude. "É a maior exposição já realizada para uma edição do evento, resultado do apoio inédito de diversas instituições da Santa Sé (Vaticano) e da Itália", frisa Ribeiro.

Fica aberta ao público até meados de outubro, dia 13, das 9 às 21 horas, de terça a domingo. O MNBA fica à avenida Rio Branco, 199, no Centro (Cinelândia).
 
 
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar