Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Família é roubada e fica sob armas de fogo

Publicada em 04/07/2013 às 01:19
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Mãe e filho foram rendidos na terça-feira (2), por volta das 20h30, na rua Major Joaquim Silvério, Vila Gabriel, por um grupo de quatro indivíduos. Eles entraram na propriedade das vítimas e deixaram outros familiares sob mira de armas de fogo.

O outro filho da vítima fez a declaração do fato. Ele conta que sua mãe e seu irmão chegavam à residência com o carro da família e, quando entraram na garagem, foram abordados por uma quadrilha, dos quais dois estavam armados. O bando invadiu a casa, anunciou o assalto e prendeu toda a família em um quarto de casal; dentro do prédio havia outras pessoas no momento do crime.

Ameaçando-os com armas, os bandidos insistiam que queriam dinheiro, por isso reviraram todos os cômodos. Depois de terminarem a procura, comeram alimentos que estavam na cozinha. De acordo com o declarante, os criminosos aparentavam desconhecer o lugar. Contudo, após uma hora e meia, os criminosos foram ao banheiro e fizerem suas necessidades fora do vaso sanitário, o que, segundo a vítima, fizeram de propósito.

O grupo levou um veículo Hyundai, materiais de maquiagem, brinquedos, uma máquina fotográfica digital, um par de tênis masculino, um televisor, um notebook, jogos eletrônicos, dois telefones celulares, roupas e R$ 2.700.

Antes de saírem, os assaltantes ficaram cerca de cinco minutos sem fazer barulho, apagaram as luzes e por duas vezes constataram se as vítimas estavam em silêncio. 

Os integrantes da quadrilha estavam com os rostos cobertos; eles usavam blusas de frio com capuz, e era possível apenas visualizar os olhos. Um deles, durante o ato, chamou outro infrator de “Gordinho”.

Segundo a apresentação dos fatos, um dos invasores parecia ser o líder do grupo; era magro e tinha olhos avermelhados, mas o que chamou a atenção da vítima foi a maneira calma com que ele lidava no momento do crime. O outro era o mais magro e alto da turma, porém o quarto indivíduo era baixo e falante. No decorrer do fato, os quatro seguraram a arma - possivelmente um revólver de calibre 38 - na cintura e intimidaram a família. 

As vítimas não sofreram agressões físicas e foram chamadas à delegacia policial da área para reconhecimento fotográfico. 


Adolescente acha moto estacionada e pega para si

Um adolescente de 17 anos e uma motocicleta foram apreendidos ontem pela Guarda Civil Municipal (GCM), às 4h30, na Avenida Ulysses Guimarães, Parque das Laranjeiras. De acordo com os agentes, o menor apresentou, de forma confusa, a decorrência dos fatos.

Enquanto a patrulha da GCM passava pela via onde ocorreu a apreensão, os guardas observaram um garoto que tentava dar partida em uma moto Honda Tintan. Desconfiados com o modo com que o jovem começou a se portar, os agentes o abordaram e começaram a questioná-lo sobre a posse do veículo.

O garoto apresentou diferentes versões ao mesmo tempo; inicialmente, afirmou que o motociclo era de um tio, em seguida, mudou de ideia, confessando que o tinha furtado. Por outro lado, quando lhe perguntaram sobre o local certo onde ocorreu o roubo, ele disse que não sabia informar com certeza, apenas indicou um ponto da rua Rudinei Schonfelder, no mesmo bairro. Os guardas dirigiram-se à região, mas não encontraram ninguém responsável pela moto.

O histórico do veículo foi levantado, porém não houve constatação sobre posse ilegal, contudo a GCM descobriu o nome do último dono que, ao ser notificado do caso, respondeu que já havia comunicado à Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) a venda da motocicleta. No entanto o atual proprietário não foi achado.

Com o detido, os agentes encontraram duas facas de pequeno porte; uma de aço e outra de metal com cabo de madeira. Diante do pai, o jovem alegou que desconhecia o dono do motociclo. Afirmou também que encontrou a moto parada em frente à EE “Jorge Madureira”, no Jardim Guaíba. O menor, que alegou ter achado as facas na rua, disse que iria ficar com o veículo e com os utensílios domésticos. 

Sob termo de compromisso, o infrator foi liberado na presença do responsável. O veículo foi levado para o pátio de um guincho para comprovação de origem.


Depois de agredido em hospital psiquiátrico, paciente morre 

De acordo com o boletim de ocorrência de número 7444/2013, Miguel Jorge Neto, 59 anos, morreu na terça-feira (2), às 17 horas, no Hospital Regional de Sorocaba, depois de sair do Hospital Psiquiátrico Vera Cruz, onde ficou seis dias internado.

Conforme a declaração, uma enfermeira do Vera Cruz telefonou para familiares de Neto, informando que outro paciente, que ficava no mesmo quarto, tinha agredido-o. Ela disse também no telefonema que Miguel sofrera um pequeno corte na cabeça e seria transferido para a Santa Casa de Misericórdia da cidade. 

Chegando à Santa Casa, um familiar foi orientado por um funcionário do local a se dirigir para o Hospital Regional; a situação da vítima era grave. 

Em conversa de um parente de Neto com o médico que liberou a certidão de óbito, o profissional disse que não havia mais nada para ser feito em favor do paciente que, segundo o médico, desde o dia da agressão já tivera morte cerebral; perdeu a calota craniana e massa encefálica. Foi solicitado um exame necroscópico do corpo.


PM flagra tentativa de furto de roupas em varal

Foi flagrado ontem, às 3 horas, pela Polícia Militar na rua José de Alencar, Vila Jardini, José Augusto Dias de Oliveira, 39 anos, roubando roupas que estavam no varal de uma residência. 

De acordo com um morador da região, Oliveira pulou o muro, entrou na casa vizinha e começou a pegar as roupas que estavam expostas do lado de fora do prédio. Ele usava roupas também roubadas.

O PM conseguiu deter o infrator e a dona das peças identificou o ladrão. Fora as roupas, foi apreendido um veículo, VW Santana, que estava com acusado; no seu interior foi encontrado peças femininas presas a uma corda de varal. O indiciado foi levado para o plantão policial norte.


Dupla é pega roubando fiação elétrica de construção

Foram presos ontem em flagrante, às 20h30, pela Polícia Militar, Marcos Daniel Rosa Cordeiro, 33 anos, e Clodoaldo Aparecido Monteiro, 34 anos, por tentarem roubar fios de eletricidade de uma construção na rua Taubaté, Jardim Leocádia. Cordeiro já era procurado pela polícia.

A dupla foi surpreendida por um morador da região que estava em uma residência próxima, e informou ao patrulhamento. Os PMs chegaram ao local e, de acordo com a testemunha, os infratores pularam o portão da obra, entraram no recinto e começaram a cortar a fiação elétrica, parando apenas quando foram abordados pelo munícipe. 

Os dois traziam consigo uma mochila e ferramentas que seriam usadas no crime. Depois da revista pessoal, os infratores foram levados ao plantão policial norte.


Vítima volta para almoço e não encontra seu carro

Um veículo, Fiat Pálio, placa EDQ – 8701, foi roubado, ontem, na Avenida Antônio Carlos Comitre, Parque Campolim. A proprietária disse que, ao chegar ao escritório onde trabalha, estacionou o carro próximo à escola, por volta das 7h30. Contudo, ao voltar para o almoço, percebeu que o carro não estava mais no local. 

A vítima afirma que a guarita de um prédio, que fica ao lado do local onde ocorreu o crime, tem câmeras e possivelmente possa ter registrado algo. Ela explicou que são constantes os roubos no lugar, além de ter pessoas que se oferecem para olhar os automóveis. O veículo tinha seguro.

OUTRO FURTO – Uma motocicleta foi roubada ontem, pela manhã, na rua Dr. Altino Arantes, Jardim São Conrado. O dono da moto disse que o veículo estava guardado no corredor de sua casa e o portão aberto. Ao verificar o local, percebeu que o portão estava aberto e motociclo tinha sido levado.


PLANTÃO

TRÁFICO DE DROGAS EM VOTORANTIM - A Polícia Militar prendeu na terça-feira (2), às 15h30, em Votorantim, durante patrulhamento pelo Vila Domingues, um suspeito com 0,018 kg de crack. Foi elaborado o boletim de ocorrência de tráfico de drogas, e o indivíduo permaneceu à disposição da justiça.

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA - O patrulhamento da Polícia Militar foi chamado na terça-feira, às 19h30, para atender a uma ocorrência de violência doméstica na Vila Irineu, em Votorantim. A vítima foi agredida pelo marido que, segundo testemunhas, voltou agressivo de um bar e chutou a mulher depois de uma discussão. O boletim de ocorrência baseia-se na Lei Maria da Penha. Foi solicitada fiança de R$ 4.746, contudo não foi cumprida. O infrator ficou aguardando decisão da justiça. A vítima foi encaminhada ao PA local.

MENORES PEGOS EM IBIÚNA - Policiais militares pegaram na terça-feira, às 16 horas, no Jardim Nova Ibiúna, em Ibiúna (SP), três indivíduos que, ao verem a viatura, tentaram fugir. Durante revista pessoal, encontraram 0,056 kg de cocaína, 0,029 kg de maconha, 0,070 kg de crack e R$ 20. Os acusados ficaram disponíveis à decisão judicial.

CASAL FURTA BOLSA EM SALTO DE PIRAPORA - Um casal de menores foi apreendido pela Polícia Militar na terça-feira, às 23 horas, na rua Gonçalo Correira, em Salto de Pirapora (SP), por abordarem a vítima com arma de fogo e roubarem sua bolsa. A patrulha, depois de denúncia, localizou os adolescentes e os encaminhou à delegacia para elaboração de boletim de ocorrência. O garoto foi levado para a Fundação Casa e a jovem espera decisão da justiça.
 
 
 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar