Domingo, 16 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Piloto e copiloto morrem em queda de avião sobre casas A aeronave de pequeno porte atingiu duas casas; nenhum morador ficou ferido

Publicada em 29/05/2013 às 21:04
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Às 15h26 de ontem, um avião monomotor com dois tripulantes decolou do Aeroporto "Bertram Luiz Leupolz", em Sorocaba, com destino à cidade de Jundiaí. No entanto, minutos depois de levantar voo, a aeronave de prefixo PPXLR caiu e atingiu duas casas da rua Belmiro Moreira Soares, no Jardim São Guilherme. Uma das casas, a de número 1.189, foi a mais atingida e teve 50% de sua estrutura prejudicada pelo incêndio resultado da explosão do avião. O piloto Cauan Nichelimi e o copiloto Fernando Bondezan Moreira morreram carbonizados, e nenhum morador das casas atingidas ficou ferido.

Quando o operador de empilhadeira, Miguel Aparecido, 37 anos, chegou à frente de sua casa não acreditava no que estava vendo. Ele trabalhava no momento da queda do avião e foi avisado por vizinhos de que sua residência havia sido atingida por um avião. Assim como ele, a esposa também estava trabalhando. Segundo ele, apenas animais domésticos estavam na casa quando aconteceu o acidente. Assustado, ele refletia sobre a sorte de ele e a mulher ainda estarem vivos. “Meus amigos me avisaram e eu nem acreditei. Vim correndo do serviço e estou chocado com o que estou vendo.”

Além de Miguel, os moradores da rua também ficaram bastante assustados, pois, de acordo com eles, o barulho da explosão do avião foi muito forte. Bombeiros entraram nas casas vizinhas à de Miguel para procurar possíveis vítimas, mas apenas em uma a família estava. Ninguém ficou ferido. Uma vizinha, moradora de duas casas acima da de Miguel, teve mal-estar pela triste cena que encontrou. “Eu estava na cidade e, graças a Deus, nada me aconteceu, mas isso é muito assustador”, disse a dona de casa Sebastiana das Dores da Silva, 62 anos.

Três viaturas do Corpo de Bombeiros com 28 homens atenderam à ocorrência, e também viaturas da Defesa Civil, Guarda Civil Municipal (GCM) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu-192). Pelo fato de o incêndio, que alcançou cerca de sete metros de altura, ter atingido a fiação elétrica da rua, equipes da CPFL também foram acionadas e se dirigiram ao local para tomar as providências necessárias.

Moradores disseram que, momentos antes da queda, a aeronave começou a perder altitude fazendo movimentos giratórios até cair. O major Augusto Galvão Júnior, do Corpo de Bombeiros, informou, por volta das 17 horas de ontem, que a situação já estava fora de risco e que era aguardada a chegada das equipes de perícia. A investigação das causas do acidente será feita pela Aeronáutica por meio do Seripa (Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes).


Trabalho da PM com Polícia Civil reduz 90% índice de roubos no Éden

Um adolescente de 17 anos, vulgo “Macaulay Culkin”, deu início, em janeiro passado, a uma onda de roubos a estabelecimentos comerciais situados no bairro do Éden. Diante disso, policiais civis do 6º Distrito Policial (DP) passaram a investigar os passos do garoto e de seus comparsas, que eram repostos rapidamente quando um ou outro era preso. Desde o final do mês passado, o menor está na Fundação Casa, resultado do trabalho conjunto entre os policiais civis e militares.

Coordenados pelo delegado Romeu Lara Júnior, os investigadores identificaram cinco indivíduos como comparsas do adolescente nos vários roubos cometidos nos últimos cinco meses no bairro. Sempre armados e atuando de forma violenta, os assaltantes agiam sob o comando do garoto ao invadir restaurantes, pizzarias, bares e até botecos. Conforme os policiais, muitas vítimas relataram ter sido agredidas com coronhadas pelo menor e seus ajudantes.

Um dos últimos roubos, que pode ter sido praticado pelo bando, foi a uma pizzaria do bairro, por volta das 23h30 do dia 14 de março. Segundo relatou o proprietário em depoimento à polícia, os infratores chegaram encapuzados com meia-calça em suas cabeças, por isso ele não conseguiu identificar nenhum dos autores. Do local, os bandidos levaram R$ 600 em dinheiro, telefone celular e pacotes de cigarros, depois de render os funcionários e clientes do estabelecimento. 

Foram presos, acusados por participar de crimes junto com o adolescente, Pedro Henrique Domingues da Silva, 19 anos, vulgo “Pedrinho”; Diego Santos da Cruz, 28 anos, vulgo “Baiano”; Cláudio Xavier de Souza, 41 anos, vulgo “Claudião”; e Wesley Marcos Ramos dos Santos, de 19. Todos estão no Centro de Detenção Provisória (CDP). Esses dois últimos foram detidos por PMs da 4ª Companhia. 

A equipe recebeu informações sobre o roubo a um mercado em Itu, no início deste mês, onde os bandidos utilizavam um Ford Fiesta, também roubado. Com base nas denúncias, os PMs localizaram o Fiesta em Sorocaba e dentro dele “Claudião”, Wesley e outro garoto de 17 anos. Todos foram levados à delegacia do plantão norte, onde assumiram os roubos praticados com uma garrucha de calibre 38 municiada. Ainda de acordo com a polícia, o trio agia com mais frequência na região do bairro do Éden, Cajuru do Sul e na cidade de Itu.

MAIS ACUSAÇÕES – A apreensão do menor à Fundação Casa deu-se pelo reconhecimento de apenas uma vítima, no entanto os policiais garantem que outros comerciantes afirmam a autoria do garoto nos roubos. “Por isso vamos relatar esse inquérito o quanto antes para que o juiz decida por deixar o adolescente mais um tempo em reclusão.”

O inquérito também aponta a participação de M.H.A.P., 23 anos, nos crimes. Ele já foi reconhecido por três vítimas, no entanto permanece nas ruas. Outros dois indivíduos, cuja identidade não foi revelada, estão sendo investigados pelos agentes. 


Jovem é flagrado com drogas perto de escola

Na tarde de ontem, um jovem de 18 anos foi detido pela GCM flagrado com drogas nas proximidades da Escola Estadual “Humberto de Campos”. O fato ocorreu quando uma equipe do Patrulhamento Comunitário com motos se deslocava para a unidade escolar e deparou com o jovem, identificado como Iarlison de Jesus Fernandes Lima.

Ele estava sentado na esquina da rua Humberto de Campos e ao avistar a viatura saiu andando rapidamente, o que despertou a atenção dos guardas em averiguá-lo. Com ele, os agentes encontraram R$ 300 em dinheiro, 25 porções de crack e uma chave de moto. Ao ser questionado, o jovem informou que vendia as drogas no local há cerca de cinco anos, e que comprara a moto em um leilão por R$ 850 com dinheiro obtido por meio do tráfico de drogas. 

A motocicleta foi guinchada e Iarlison conduzido ao plantão policial norte, onde foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Em seguida, foi recolhido ao CDP.


Setor de crime organizado investigará arrastões em SP

Os casos de arrastão em São Paulo passarão a ser investigados pelo Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic) da Polícia Civil. A informação foi confirmada ontem pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado. Antes, esse tipo de roubo era competência das delegacias de polícia onde cada um dos crimes era registrado. 

Na noite da última segunda-feira, mais um comércio foi alvo de arrastão na Capital paulista. A pizzaria está localizada na Vila Mariana, zona sul. O crime ocorreu por volta das 21h30, em frente a uma inspetoria da Guarda Civil Metropolitana (GCM), quando cinco homens armados renderam cerca de 20 clientes. O caso está sendo investigado pelo Deic. 

Dois produtores musicais de 38 anos e outro de 36 prestaram queixa. Eles relataram à polícia que os suspeitos fugiram levando suas carteiras com diversos documentos, cartões bancários, talão de cheques, chaves, celulares e R$ 400.

As vítimas disseram na delegacia ter ouvido de outras pessoas que os assaltantes chegaram ao local com um Toyota Corolla e entraram discretamente como se fossem clientes. As vítimas foram direcionadas ao 26º DP (Sacomã) para um possível reconhecimento fotográfico de suspeitos. A SSP informou que não diferencia o arrastão dos demais furtos e, portanto, não sabe informar o número de arrastões registrados em São Paulo neste ano.
 
 


 
Compartilhe 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar