Sábado, 25 de Maio de 2019 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< Mutirão contra a dengue orienta moradores do Júlio de Mesquita

Publicada em 26/05/2013 às 00:24
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Distribuindo folhetos informativos e orientando moradores, um grupo de aproximadamente 30 pessoas participou de um mutirão contra a dengue, no bairro Júlio de Mesquita Filho. O ponto de partida foi a Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro. Funcionários e voluntários foram às ruas batendo de porta a porta com o objetivo de conscientizar a população e fortalecer a ação de combate ao mosquito transmissor da doença. Segundo a coordenadora da UBS, Luciana Pereira Rodrigues da Silva, a iniciativa partiu dos próprios moradores do bairro, que após uma assembléia de saúde se organizaram para o mutirão. “Vamos passar à população que mesmo no inverno é imprescindível continuar combatendo o mosquito”, afirma. Desde o início do ano, 28 casos de dengue foram registrados no bairro. 

MOBILIZAÇÃO - O grupo se mobilizou e conseguiu doações de coletes de identificação e contou com a participação de um carro de som. Teve até mosquito da dengue no meio do mutirão. “Na assembléia tivemos a ideia e falei que, se ninguém quisesse se vestir, o Pedro topava”, conta a funcionária da UBS, Kátia Regina Pereira Lopes, avó do pequeno Pedro Henrique Moreira Lopes de Goes, 9 anos, que vestiu literalmente a camisa da ação. A funcionária também é líder do grupo de caminhada do posto de saúde, que estava em peso no mutirão. Kátia ressalta que cada pessoa deve cumprir sua responsabilidade e tentar conscientizar o maior número de pessoas. “Não adianta culpar o vizinho ou o município.” 

Um dos que foram abordados na ação é o emplacador Leonardo Prestes Soares, que há 20 anos reside no bairro Júlio de Mesquita. Ele conta que achou interessante a iniciativa e que a família cumpre com seu papel. “Um familiar e alguns amigos tiveram dengue neste ano e sabemos o quanto é difícil.” A mãe do jovem, a dona de casa Silvana Cisterna Prestes, afirma que não vai descuidar durante o inverno e que a residência foi até dedetizada. 

DENGUE – De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Área da Vigilância em Saúde da Secretaria da Saúde de Sorocaba (SES) no último dia 20, desde o início do ano até o último dia 17 já haviam sido registrados 649 casos de dengue na cidade; desses, 547 são autóctones, adquiridos na cidade, e 102 alóctones (importados. O índice elevado mostra que a cidade encontra-se em estado de surto, que pode evoluir para uma epidemia. 

Quem estiver com algum sintoma de dengue, como dor e manchas avermelhadas pelo corpo, febre alta e dores atrás dos olhos, deve procurar atendimento médico. Quatro UBS da cidade tiveram o horário de atendimento alterado para atender à população e fecham somente às 22 horas. São as unidades dos bairros Lopes de Oliveira, Júlio de Mesquita (Sorocaba I), Vila Hortência e Vitória Régia. 


 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar