Domingo, 15 de Setembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Cidade ganha 1.500 árvores às margens do córrego Tapera Grande

Publicada em 01/05/2013 às 00:43
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Crianças aprendem a importância do Meio Ambiente e contribuem com a manutenção do planeta (Foto: Zaqueu Proença/Secom)
Na manhã desta terça-feira (30), a 2ª edição do Megaplantio Escolar 2013 envolveu 600 crianças da EM "Ary de Oliveira Seabra", 30 adolescentes do Território Jovem do Cajuru do Sul e 90 alunos da rede estadual de ensino de Itu, e resultou no plantio de 1.500 árvores numa área pública do Cajuru do Sul, às margens do córrego Tapera Grande, um importante afluente do rio Pirajibu. A ação vai trazer benefícios para as duas cidades.

Realizada pela Prefeitura de Sorocaba, em parceria com a Prefeitura de Itu, a ação fez parte das comemorações do Dia do Pau-brasil, lembrado na sexta-feira, dia 3 de maio. Para simbolizar a data, foram plantadas cinco mudas desta árvore, que, além da importância ecológica, apresenta grande relevância histórica para o Brasil.

"Viemos a Sorocaba com muito entusiasmo para participar desta ação e plantar árvores às margens deste córrego, que nasce em Itu. É muito importante nos unirmos para cuidar e proteger o meio ambiente, isso será bom não apenas para as pessoas deste bairro, mas também para todo o planeta", comentou Valéria Rusticci, coordenadora de Educação Ambiental da Prefeitura de Itu. Segundo ela, em 2008, foi feito um plantio de 45 mil mudas de árvores às margens do rio Pirajibu em Itu. "Esta é uma grande iniciativa da Prefeitura de Sorocaba", elogiou.

"Trata-se de uma ação de grande relevância ecológica para Sorocaba e Itu, já que o córrego Tapera Grande faz a divisa dos dois municípios e se trata de uma recuperação numa área de proteção permanente", explicou Rafael Castellari, chefe de divisão de Educação Ambiental da Secretaria do Meio Ambiente de Sorocaba.

A sorocabana Letícia Gabrieli de Moraes, 7 anos, aluna da EM "Ary de Oliveira Seabra", participou do plantio no bairro onde mora. "Estamos ajudando a melhorar o nosso planeta", comentou. Já do município vizinho, uma das participantes foi Mayara Amanda Rosa, de 12, aluna da EE "Rosa Maria", de Itu. Ao lado de suas amigas, ela plantou três árvores. "Estou ajudando o meio ambiente", disse.

O Megaplantio Escolar tem como objetivo envolver as crianças na preservação do meio ambiente, desenvolvendo a consciência ambiental e trabalhando a questão da cidadania. A ação ambiental está embasada na declaração das Cidades Educadoras para o desenvolvimento sustentável, com o intuito de utilizar praças, parques e outras áreas públicas para sensibilizar as crianças sobre a importância da recomposição da vegetação nas áreas urbanas e seu papel como cidadão atuante, capaz de agir favoravelmente ao desenvolvimento sustentável global, por meio de pequenas ações locais em sua comunidade.

As mudas de mais de 80 espécies nativas e frutíferas utilizadas no plantio foram produzidas nos viveiros das penitenciárias "Dr. Danilo Pinheiro", no Mineirão, e "Dr. Antônio Souza Netto", em Aparecidinha; além dos existentes no Parque Natural "Chico Mendes", na Universidade de Sorocaba (Uniso) e no Clube do Nais.

 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar