Domingo, 15 de Setembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Proprietários já podem fazer projeto de lojas do Shopping Cidade Sorocaba

Publicada em 27/04/2013 às 20:26
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Os empresários Saulo Ohshima e Elisângela Martins terão duas lojas no shopping que devem empregar cinco funcionários cada (Foto: Fernando Rezende)
Após 24 meses do início das obras do Shopping Cidade Sorocaba, foram entregues ontem de manhã as chaves das lojas ao cerca de 300 proprietários de espaços no empreendimento. Esse é o último passo antes da inauguração, que será no dia 26 de setembro, e a partir de agora, os lojistas devem encaminhar seus projetos para análise da administração do shopping. Todos receberam um caderno com normas técnicas e padrões que devem seguir na execução da obra. De acordo com Robson Santos, da AD Shopping, que administrará o local, nele já contém especificações exigidas pelo Corpo de Bombeiros e pela Prefeitura Municipal de Sorocaba. “Feito o projeto, eles nos encaminham e em cerca de 30 dias recebem a resposta. As obras duram em média 60 dias.”

Orçado em R$ 300 milhões, o shopping deve gerar 1,5 mil empregos diretos e aproximadamente 10 mil indiretos quando estiver em operação. Santos adianta que algumas lojas já contrataram funcionários, mas a maioria deve iniciar o processo cerca de dois meses antes. “Já temos um banco de dados com cerca de 3 mil cadastros, que devem ser usados para formar a equipe da administração e das próprias lojas.” Quem tiver interesse em concorrer a uma das vagas, pode entrar e se cadastrar no site da administradora, www.adshopping.com.br ou do próprio empreendimento, www.shoppingcidadesorocaba.com.br.

LOJAS – Ao todo serão 11 lojas âncoras, 21 megalojas, 330 lojas médias e 22 espaços na praça de alimentação, que já foram comercializados. O estacionamento possui 11 mil vagas rotativas, 90% delas cobertas. Os proprietários das lojas Morana e Baloné, de acessórios femininos, Saulo Ohshima e Elisângela Martins, estiveram no evento e apostam no sucesso das marcas no novo empreendimento. “Será a segunda unidade de cada uma e acredito que a tendência é aumentar a rede nos próximos anos. A cidade tem um mercado atraente e com potencial de consumo, mas acho que ainda é carente de variedades”, afirma Ohshima. Eles acreditam que o investimento na obra de cada unidade será em torno de R$ 220 mil a R$ 260 mil e juntas vão empregar 10 funcionários.

Desde que chegou de Itapetininga há 15 anos, o comerciante Gilberto Campos fixou moradia na zona norte da cidade e acompanhou todo o processo de crescimento da região. Junto ao sócio, Alexandre Carvalho, em 2010 montou a rede Gama Óticas, que terá sua terceira unidade instalada no cidade. “Quando compramos o espaço em 2010, já sabíamos que seria um bom investimento. Mas, há 15 dias quando viemos na visita, nos deparamos com esta obra grandiosa”, afirma Campos. Eles ainda não têm ideia da soma total do investimento na obra da nova unidade, mas afirmam que farão o necessário para oferecer tudo o que há de mais moderno aos clientes.

SHOPPING – Uma realização dos grupos Comask, Factual, Tacla Empreendimentos, AD Shopping, W3R e AG Empreendimentos, o Shopping Cidade Sorocaba está entre os cinco maiores empreendimentos em ancoragem do País. 

 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar