Domingo, 16 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Queda no preço de alimentos no atacado interfere no varejo

Publicada em 18/04/2013 às 21:54
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Durante a alta no preço das hortaliças, o tomate foi o mais afetado (Foto: Fernando Rezende/Arquivo DS)
A queda dos preços dos alimentos no atacado continua e já começa a ser sentida pelos consumidores no varejo, mas não com a força suficiente para abater a inflação, por causa do encarecimento de hortaliças e verduras, com o tomate na dianteira. O quadro foi projetado pelo economista Salomão Quadros, do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV), ao comentar a "discreta" aceleração da segunda prévia do Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), que passou para 0,28%, contra o 0,24% registrado na segunda leitura de março. O IGP-M, divulgado ontem pela FGV, é o índice mais usado na correção dos aluguéis; em 12 meses, a alta é de 7,44%.

O IGP-M é composto por três índices, preços por Atacado (IPA), ao Consumidor (IPC) e Nacional de Custo da Construção (INCC). Quadros enfatizou que a aceleração de março para abril deu-se ao avanço no INCC. O IPA ficou com a mesma taxa (0,11%) e a inflação ao consumidor até recuou, de 0,63%, em março, para 0,57%.


Tremor de 3,8 graus atinge Minas Gerais

No ano passado, foram registrados 174 tremores fracos

Mais um tremor de terra atingiu ontem o município de Montes Claros, em Minas Gerais, atingindo 3,8 graus na Escala Richter. De acordo com o Corpo de Bombeiros, não havia informações sobre feridos e os chamados recebidos pela corporação foram relativos apenas a pequenas rachaduras, principalmente em residências.

O soldado plantonista do Corpo de Bombeiros em Montes Claros, Alexandre Freitas, disse que moradores de diversos bairros sentiram o tremor por volta das 7h20. Ele explicou que o órgão aguarda análise do Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB) para saber a amplitude do tremor.

O bancário Frederico Pereira, morador do bairro Cidade Nova, região sul da cidade, disse que acordou com o abalo e a sensação não foi pior que a do fim do ano passado, quando foi registrado o último tremor na cidade mineira, em 19 de dezembro.

Antes disso, o último abalo em Montes Claros havia sido notado em 15 de novembro, de 2,3 graus na Escala Richter, considerado de intensidade fraca. O maior abalo já registrado no município atingiu 4,2 graus, em 19 de maio deste ano.

No fim do ano passado, a Prefeitura de Montes Claros informou que 174 tremores de terra de magnitudes fraca a moderada foram contabilizados na cidade no período de julho a dezembro de 2012.


Índios protestam no Planalto com paus e lanças de madeira

Um grupo de indígenas que protestava contra a mudança no processo de demarcação de terras cercou ontem o Palácio do Planalto. Com poucos seguranças na casa, já que a presidente Dilma Rousseff estava no Palácio da Alvorada e em seguida embarcou para Lima, no Peru, os índios pegaram os servidores desprevenidos e conseguiram não apenas cruzar a rua em frente ao Planalto, mas também atravessar o espelho d'água.

O grupo, de cerca de 200 indígenas, deu as mãos e cercou o palácio, chamando pela presidente com gritos de "Queremos Dilma" e "Dilma assassina". Com paus e lanças típicas de madeira, os indígenas tentaram antes subir a rampa, mas foram impedidos. Os índios chegaram a cercar um policial militar que fazia a segurança do Planalto, que precisou ser resgatado por um colega.


Ministro nega oportunismo ao apoiar lei contra criação de novos partidos 

O ministro chefe da secretaria-geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, contestou ontem as acusações de que a atuação do governo seria oportunista e miraria possíveis adversários para as próximas eleições, ao apoiar o projeto de lei que inibe a criação de novos partidos. A proposta foi aprovada nesta quarta-feira (17), no plenário da Câmara dos Deputados.

Sob pressão do Palácio do Planalto, a Câmara aprovou o texto-base do projeto de lei que limita o acesso de novos partidos ao Fundo Partidário e ao tempo de propaganda na TV e no rádio. O resultado cria dificuldades, por exemplo, para a candidatura da ex-ministra Marina Silva, que quer formar um novo partido, a Rede. Também atrapalha as pretensões do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), pois quem migrar de legenda não poderá levar o tempo de TV.


Jucá quer banco de horas para domésticas

O senador Romero Jucá (PMDB-RR), relator da proposta que regulamenta os direitos das empregadas domésticas, vai indicar a elaboração de um banco de horas para as domésticas.

A proposta em debate no Legislativo prevê que a empregada compense as horas cumpridas em um dia de trabalho, a mais ou a menos, dentro da jornada de 44 horas semanais ou oito horas diárias fixada pela emenda constitucional que ampliou os direitos da categoria.

Se uma doméstica trabalhar seis horas em um dia, por exemplo, o patrão fica com o "saldo" de duas horas, que poderão ser exercidas pela empregada em outro dia de trabalho. Jucá vai sugerir a criação do banco de horas no relatório que será apresentado na semana que vem.


Supremo permanece com salário para deficientes e idosos pobres

O Supremo Tribunal Federal (STF) resolveu por maioria de seis votos que a concessão do benefício de um salário mínimo mensal a deficientes ou idosos que tenham provado a condição de miserabilidade, previsto na Constituição (artigo 203), deve prevalecer em face da Lei Orgânica da Previdência Social (Loas), que limitou tal prestação aos que recebem até um quarto de salário mínimo.

Mas, pelo menos até que o Congresso modifique o dispositivo legal, os juízes devem examinar caso por caso, a fim de que o “critério de miserabilidade” não fique preso ao percentual do salário mínimo previsto na lei vigente. O STF declarou a “inconstitucionalidade incidental” do parágrafo 3ª do artigo 20 da Loas, mas “sem pronúncia de nulidade”.


Copa do Mundo terá R$ 15 milhões destinado para arte 

O governo federal deve publicar em maio edital de R$ 15 milhões para atividades artístico-culturais na Copa do Mundo de 2014. Segundo a secretária-executiva do Ministério da Cultura, Jeanine Pires, a ideia é fazer cerca de 300 eventos nas 12 cidades-sede da competição internacional.

A expectativa é de financiar atividades no cinema, teatro, literatura, dança, arte contemporânea e atividades que envolvam inovação e criatividade. Durante o fórum cultural olímpico, a diretora da Olimpíada Cultural & Festival Londres 2012, Ruth Mackenzie, reforçou que a competição é a grande chance de os países se apresentarem ao mundo, graças à exposição midiática.


GIRO PELO MUNDO

EXPLOSÃO NO TEXAS DEIXA MORTOS E FERIDOS - A explosão de uma fábrica de fertilizantes localizada numa pequena cidade do Texas matou de 5 a 15 pessoas e deixou 160 feridos, disse uma fonte policial local. A explosão na cidade de West, localizada a cerca de 130 quilômetros ao sul de Dallas, estremeceu o chão com a força de um pequeno terremoto e pôde ser ouvida a dezenas de quilômetros de distância. 

OPOSITORES NÃO VÃO À POSSE DE MADURO - Parlamentares da oposição venezuelana anunciaram que não vão participar da cerimônia de posse do presidente eleito, Nicolás Maduro, agendada para hoje na Assembleia Nacional. Com a ausência, a oposição quer protestar contra uma decisão que a proíbe de fazer discursos no Parlamento caso não reconheça o novo governo; protestam também contra a recusa do Conselho Nacional Eleitoral (CNE) de recontar os votos das eleições de domingo.

 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar