Terça-Feira, 18 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Prefeito de Tatuí determina início de reformas no Centro de Convivência do Tanquinho

Publicada em 16/01/2013 às 21:03
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O imóvel foi degradado e depredado e está com todos os vidros quebrados (Foto: Divulgação)
Revitalizar um patrimônio público completamente abandonado, antes mesmo de sua inauguração. Com esse objetivo, o prefeito de Tatuí, José Manoel Correa Coelho, o Manu, visitou o Centro de Convivência do bairro do Tanquinho. A unidade foi construída através de investimento da Secretaria de Estado da Habitação, por meio de um programa da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano).

Os relatórios da Prefeitura de Tatuí e da própria CDHU apontam que a construção foi concluída em 7 de maio de 2012. Como o convênio foi totalmente custeado com verba estadual, caberia ao município como contrapartida apenas obras de fechamento, paisagismo e adequações finais; porém nada foi feito. 

Pior, de lá para cá, o imóvel foi degradado e depredado, está com todos os vidros quebrados, problemas nos sanitários e no forro. Mais de R$ 148 mil foram investidos na construção do prédio.

O prefeito Manu determinou início imediato da reforma de toda estrutura. Na própria quarta-feira (9), funcionários e técnicos da Secretaria de Infraestrutura e do Departamento de Planejamento Habitacional e Urbano fizeram o levantamento inicial para recuperação da unidade. 

O equipamento público que já pertence ao município, deverá incluir também ações de promoção social, vinculadas ao Fundo Social de Solidariedade, inclusive com estrutura para cursos, como de panificação e costura, por exemplo. “Vamos mesclar as ações de convivência e integração entre a população, com ações de capacitação profissional e de amparo assistencial. Estamos estudando ainda a possibilidade de implantar no local o Cras – Centro de Referência de Assistência Social, para atender à população do Tanquinho e do Jardim Santa Rita”, explicou o diretor do Gabinete de Bem-Estar Social e Cidadania, Márcio Fernandes.

Por Lei, as cidades com mais de 100 mil habitantes precisam ter quatro unidades do Cras. Tatuí, hoje, possui apenas uma, localizada na Vila Doutor Laurindo.

Já Manu lamentou que a Prefeitura precisa investir novos recursos num convênio já finalizado. “Seremos obrigados a custear os reparos e conclusões, justamente porque a gestão anterior não teve capacidade de entregar essa obra à população e sequer de zelar pelo patrimônio público. Vamos ter, por exemplo, de trocar todos os vidros; gastando duas vezes o recurso, com a mesma finalidade.” 


VOTORANTIM

Saúde reúne secretarias para ações integradas no combate à dengue 

Manter uma campanha permanente no combate ao mosquito da dengue é a proposta da Prefeitura de Votorantim por meio da Secretaria de Saúde, que reuniu representantes de outras pastas para definir as ações de forma integrada e, dessa forma, intensificar cada vez mais os trabalhos de prevenção, principalmente neste início de ano em função do período de chuva e calor.  

Neste primeiro encontro, participaram representantes das secretarias de Saúde, Meio Ambiente, Educação, Jurídico, Serviços Públicos e Comunicação. Na próxima semana participam as demais pastas tornando essas reuniões periódicas.

A proposta da Secretaria da Saúde é justamente integrar todas as secretarias da prefeitura, bem como definir ações preventivas. O objetivo é fazer com que a dengue não seja de responsabilidade única de uma só pasta e sim, de toda a Prefeitura. O último caso da doença registrado no município ocorreu no início do ano passado e era importado. 

A meta da Prefeitura por meio do Centro de Controle de Zoonoses é manter a equipe já destinada para essas ações. Para isso é realizado durante todo o ano um trabalho de campo para manter o controle dos possíveis criadouros.

Os profissionais da saúde prosseguem com trabalho de prevenção, fazendo visitas em pontos estratégicos como borracharias, depósitos de recicláveis, entre outros lugares que podem ter mais incidência de larvas. Os munícipes que apresentarem sintomas de dengue devem procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima para diagnóstico mais precoce possível. 


Fiscalização eletrônica reduz índice de acidentes na SP 79

Excesso de velocidade e imprudência são os principais fatores que provocam a elevação dos índices de acidentes nas estradas, causando ferimentos graves e mortes, apontam estudos. A rodovia Raimundo Antunes Soares (SP 79), no trecho entre Votorantim e Tapiraí, tem média movimentação de veículos e boa parte de tráfego é de caminhões. Além de ser uma estrada movimentada e alguns trechos de declive, que torna a estrada mais arriscada, existem esses dois fatores; a velocidade máxima é de 80 km/h, mas nem sempre o limite é respeitado pelos condutores, principalmente os estressados, aqueles que são impacientes e, por causa disso, acabam pondo em risco a própria vida e a dos demais que trafegam pela rodovia. 

Estudo desenvolvido pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) mostrou a necessidade de investir mais em fiscalização eletrônica, motivo que convenceu o departamento a adquirir novos radares móveis, que foram comprados em junho de 2010. Dois desses equipamentos estão à disposição da 1ª Cia. do 5º Batalhão da Polícia Rodoviária, instalada no espaço físico do DER, em Piedade. No entanto, a legislação vigente só permitia instalar radares móveis nos trechos das rodovias após estudos específicos para comprovar alto índice de acidentes provocados pelo excesso de velocidade. A lei ainda exigia que fosse instalada uma placa informando que havia fiscalização eletrônica no trecho. 

No final de 2011, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou a resolução 396/2011 retirando a obrigatoriedade de instalar placa, alertando os condutores sobre a fiscalização por meio de radares móveis. Com a nova lei vigente, a Polícia Rodoviária intensifica a fiscalização eletrônica na SP 79, resultando no aumento de multas aplicadas aos infratores.

Segundo informação do comandante da Polícia Rodoviária em Piedade, tenente Márcio Lopes, de junho a dezembro de 2011, foram registradas 3.490 infrações no trecho da SP 79; e de junho a dezembro de 2012, a estatística elevou para 5.014 as infrações registradas - aumento de 47,5% do número de infrações. Ainda de acordo com o comandante, as infrações mais comuns são contra o Artigo 203, inciso V do CTB (Código de Trânsito Brasileiro) - ultrapassar pela contramão onde houver linhas duplas/simples contínuas amarelas (ultrapassagem em local proibido) e as do artigo 167 do CTB – deixar o condutor/passageiro de utilizar o cinto de segurança (não usar o cinto de segurança). O tenente complementa que tais infrações são devido às características do trecho da rodovia, que em toda a sua extensão é de pista simples. Mas a fiscalização eletrônica não trouxe apenas multas aos infratores, mas também a queda nas estatísticas de acidentes. 
 
Em 2011, foram registrados 350 acidentes no trecho da rodovia; em 2012, foram 340 acidentes, redução de 2,85%. Márcio Lopes destaca que existem outras causas de acidentes que não contribuem com a redução das estatísticas. Motoristas que desconhecem a alteração da legislação reclamam de aplicação de multas por excesso de velocidade. O critério usado pela polícia para instalar radares móveis continua sendo os pontos em que ocorre aumento de acidentes provocados pelo excesso de velocidade. Para evitar multa e não expor a própria vida em risco e a vida dos demais usuários, o condutor deve manter a velocidade máxima em 80 km.

Toni Silva – Repórter dos Tribunais 


Capão Bonito quer concluir construção de casas neste semestre

A construção de 30 novas casas no Jardim Boa Esperança caminha para novas etapas – cobertura e acabamento. A obra é muito festejada por moradores que vêm nas novas casas a oportunidade ter uma moradia mais digna e com mais qualidade de vida a partir deste ano.

A previsão da Secretaria Municipal de Planejamento, que coordena as obras, é de que elas sejam concluídas até o final deste primeiro semestre.

A construção das casas tem gerado 34 empregos diretos. Conforme ainda a Prefeitura, a cidade dará sequência a um dos maiores Programas Habitacionais com a execução de mais 50 casas pelo Programa Minha Casa Minha Vida e as 300 já autorizadas pela Secretaria Estadual de Habitação na Vila Maria. Os projetos estão sendo executados em parceria com os governos estadual e federal.

A Prefeitura também já se preocupa com a infraestrutura do local. Todos os projetos preveem asfaltamento e outras ações importantes voltadas na área de Educação e Saúde.

Capão Bonito vem evoluindo nos últimos anos na questão habitacional. A Prefeitura conseguiu concluir a primeira etapa do Conjunto Habitacional do Boa Esperança e o Conjunto Jardim da Amizade e, ainda, em contrapartida, levar infraestrutura aos locais.


Itapetininga ganha novas unidades de saúde

A Prefeitura de Itapetininga está prestes a concluir a construção de uma Unidade de Saúde da Família, na Vila Santana. A obra, orçada em R$ 410 mil, contará com três consultórios médicos, um odontológico com sala de escovação, sala de enfermagem (pré-consulta), um consultório de enfermagem, uma sala de expurgo, sala de esterilização, sala de inalação, sala de curativo, sala de vacina, sala para educação e saúde, sala de coleta, copa, DML (departamento de material de limpeza), sanitários com infraestrutura para acessibilidade.

Em um terreno de 380 mil m², a unidade irá atender aproximadamente a 12 mil habitantes. Vila Santana, Vila Maria Isabel, Vila Piedade, Jardim Santa Inês, Vila Mara, Vila Godoy, Vila Salem e Conjunto Habitacional Nina Piedade, serão beneficiados com a nova unidade. Hoje boa parte desses habitantes utiliza a Unida Básica de Saúde Genefredo Monteiro.

Os moradores da Vila Mazzei e bairros próximos também terão sua própria Unidade de Saúde da Família. A nova unidade está sendo edificada na Vila Mazzei e deve atender a mais de três mil pessoas, que se utilizarão dos atendimentos ali prestados. Estão sendo investidos R$ 248.687,63 na construção.

 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar