Sábado, 6 de Junho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< DIG prende dupla que roubava condomínios e procura um terceiro que está foragido

Publicada em 22/12/2012 às 01:04
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Emerson Alberto Alves ainda está sendo procurado pela polícia (Foto: Fernando Rezende)
Com casa em condomínio de luxo e carro zero km, dois indivíduos e um terceiro comparsa sustentavam suas vidas com roubos de automóveis e dinheiro de vítimas que também residiam em propriedades de alto padrão. O setor de inteligência da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) apurou que a quadrilha pode ter lucrado mais de R$ 380 mil e U$ 12 mil. A Polícia Civil continua as investigações no intuito de descobrir se o trio é responsável por roubos a caixas eletrônicos e residências também em outras cidades da região.

Bruno Leonardo de Oliveira, 25 anos, vulgo “Dengo”, e Alecsando Gonzaga da Silva, de 32, vulgo “Amigão” ou “Lagoa”, foram apresentados ontem pela manhã na DIG. Eles foram presos acusados por roubarem dois condomínios residenciais em Sorocaba, localizados no Jardim São Paulo e Lago da Boa Vista, nos dias 29 de outubro e 9 de novembro passados; com eles agiu Emerson Alberto Alves, 28 anos, vulgo “Dentão”, que está foragido.

Em outubro, a quadrilha conseguiu entrar no condomínio e render moradores de duas casas, de onde fugiu levando da primeira residência um Fiat Punto, que foi localizado posteriormente, e R$ 78 mil em dinheiro; da segunda, roubou a quantia de R$ 300 mil. Já na ocorrência de novembro, os criminosos conseguiram subtrair R$ 8 mil e U$ 12 mil, além de um carro Mercedes-Benz, que também foi encontrado dias depois.

O delegado titular da DIG, José Humberto Urban Filho, disse que o primeiro da quadrilha a ser identificado foi “Dentão”, que conduzia o Fiat Punto na fuga do roubo contra o primeiro condomínio. As investigações prosseguiram até que “Dengo” e “Amigão” foram descobertos. O trio foi reconhecido pelas vítimas, através de imagens, e a partir daí a polícia pediu à Justiça mandados de prisão e busca domiciliar nas casas dos investigados.

Oliveira foi detido em sua casa, num condomínio fechado situado no Wanel Ville. Já o condomínio em que Silva mora fica em Votorantim. Ele foi preso em flagrante, pois em sua casa foram encontradas duas pistolas 9 mm, 50 projéteis do mesmo calibre, e 300g de cocaína. Os agentes da DIG apreenderam ainda o GM Cruize, modelo 2013, de Oliveira, e outro Fiat Punto. Aparelhos celulares, correntes, brincos e relógios também foram apreendidos.

A AÇÃO DA QUADRILHA – Urban explicou o funcionamento da ação do grupo. “Eles se aproveitavam de pessoas que entravam nos condomínios para a prestação de serviços. Por isso estamos investigando a participação dessas pessoas nos crimes, como informantes.” Conforme o delegado, eles estudavam as vítimas antes da ação, daí que são considerados um bando de alta periculosidade. “É uma quadrilha especializada, por isso temos muito trabalho ainda a fazer nas investigações, que continuam.”

“Dengo” e “Amigão” foram recolhidos ao Centro de Detenção Provisória (CDP). Além de roubo, Silva, que já tinha passagem por este mesmo crime e uma pena de 19 anos a cumprir, pode responder por porte ilegal de arma e tráfico de entorpecente. Oliveira também já tinha passagem pela polícia, por roubo e porte de arma de fogo. Ele havia sido preso em ação conjunta da Polícia Civil de Sorocaba e Itapeva, em maio passado, quando foram encontrados em sua casa uma submetralhadora de calibre 9 mm, munição, e R$ 9 mil em dinheiro. Porém ele ganhou a liberdade dias depois.


Operação policial é reforçada com base nas novas regras da lei Seca

A presidente Dilma Rousseff sancionou, sem vetos, a nova versão da Lei Seca, que está publicada no "Diário Oficial da União". A lei diz que, a partir de ontem, dia 21 de dezembro, o motorista flagrado embriagado que se recusar a fazer o teste do bafômetro será multado em R$ 1.915,10. Em casos de reincidência em um período de um ano, a multa chegará ao dobro, R$ 3.830,80. As penalidades criminais ainda dependem de regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

A nova lei ainda permite outras provas que podem ser usadas para confirmar a embriaguez ao volante. Além do teste do bafômetro, o condutor do veículo envolvido em acidente de trânsito ou que for alvo de fiscalização de trânsito "poderá ser submetido a teste, exame clínico, perícia ou outro procedimento que, por meios técnicos ou científicos, na forma disciplinada pelo Contran, permita certificar influência de álcool ou outra substância psicoativa que determine dependência". 

Em Sorocaba, a Polícia Militar fará bloqueios em pontos estratégicos da cidade a fim de pôr em prática as mudanças da lei. O chefe interino da Seção de Assuntos Civis do 7º Batalhão da PM do Interior (BPM/I), tenente Rogério Lima, informa que as operações ocorrerão em toda a cidade, mesmo nas vésperas e feriados de Natal e Ano-Novo. “Não iremos diminuir nossa operação nos feriados, ao contrário, vamos intensifica-las.”

PROGRAMA VIZINHO VIGILANTE – Ainda pelas festividades do final de ano, a Polícia Militar de Sorocaba iniciou ontem o Programa Vizinho Vigilante. Como nessa época aumenta o número de munícipes que viajam, o programa foi criado com base no policiamento comunitário e procura aproximar os moradores da polícia. 

O tenente Rogério Lima explica que o munícipe que for viajar pode fazer um cadastro em qualquer Distrito Policial (DP) mais próximo de sua casa. À polícia, a pessoa passará seu nome e o de um vizinho de confiança, que ficará em casa durante as festividades. “O programa existe há cerca de quatro anos e a cada edição vem ganhando mais adesão da população. É uma forma de segurança para todos”, ressaltou o tenente.

Os endereços e telefones das companhias são estes: 1ª Cia. - avenida Américo Figueiredo, 3.585, bairro Júlio de Mesquita Filho (3202-7245); 2ª Cia. - avenida Ipanema, 2.460, Vila Nova Sorocaba (3213-6300); 3ª Cia. - praça da Maçonaria, s/n, Jardim Paulistano; 4ª Cia. - rua Ramon Haro Martini, 1.260, Vila Haro; (3227-3896); 5 Cia. - avenida General Osório, 395, bairro Trujillo (3211-2368); e Cia. da Força Tática - rua General Mena Barreto, s/n, Cerrado (3229-3994). 


Número de presos em saída temporária passa de 23 mil nos próximos dias 

Presos beneficiados com a saída temporária começaram ontem a deixar as unidades para passar o Natal e a virada do ano em liberdade. Em Sorocaba, serão 543 presos liberados. Da Penitenciária "Danilo Pinheiro" (P-1), serão 345; da Penitenciária "Antônio de Souza Neto" (P-2), 193; e do Centro de Detenção Provisória (CDP), outros cinco. 

A maioria dos detentos deve retornar até as 17 horas do dia 2 de janeiro. Porém, há determinações também para os dias 26 de dezembro e 1º de janeiro, mas em menor quantidade. Em Sorocaba, parte dos presos sairá com tornozeleira eletrônica, entre 10% e 15%; os equipamentos disponíveis não são suficientes para todos. Na Penitenciária "Odon Ramos Maranhão", em Iperó, serão 401 presos na saída temporária.

Até ontem, em todo o Estado haviam sido liberados 19.631 presos; para hoje estão previstas as saídas de mais 626, amanhã mais 1.229, e na segunda-feira, 16. Já no dia 27, outros 1.340 estarão nas ruas provisoriamente; no dia 28, mais 349, e no dia 29, outros 56. No total, o Estado vai liberar 23.247 presos.

  

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar