Sábado, 6 de Junho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Parede de futuro shopping cai e soterra carros no Centro; sete pessoas morrem

Publicada em 21/12/2012 às 00:34
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Policiais, bombeiros e trabalhadores da Defesa Civil atravessaram a noite nos trabalhos de resgate (Foto: Jota Abreu)
A queda da parede do futuro Shopping Pátio Cianê, localizado ao lado do Terminal de Ônibus Santo Antônio, resultou em sete mortos e um ferido, na noite de ontem, por volta das 19h30. Quatro carros e uma moto que passavam pela rua Comendador Oeterer foram atingidos pelos tijolos e ficaram soterrados. O Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar, a Guarda Civil Municipal (GCM), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Defesa Civil isolaram o local para dar início aos trabalhos de resgate. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o número de óbitos pode chegar a dez, pois havia a possibilidade de que pedestres estivessem passando pelo local no momento do desabamento.   

Por pouco um ônibus municipal com cerca de 45 passageiros não foi atingido. Quatro veículos foram soterrados; um Chevrolet Corsa, onde estava um homem; um Honda Civic, também com um homem; um VW Gol, com duas mulheres e uma criança; e um Fox, com uma pessoa.Por volta das 22 horas, os corpos das vítimas começaram a ser retirados. 

O comerciante Paulo Sérgio dos Santos, que trabalha em frente ao local da tragédia, disse que presenciou o exato momento em que o muro desabou sobre os carros. Imediatamente, ele foi em direção às vítimas para prestar os primeiros socorros, e chegou, inclusive, a trocar algumas palavras com o motorista do Corsa, que acabou falecendo. "Eu estava fechando a janela do meu comércio quando vi o muro desabar. Rapidamente, chamei minha esposa para socorrer as vítimas, mas não pudemos fazer nada. O motorista do Corsa, um taxista, ainda estava respirando, mas morreu na minha frente", revelou o comerciante, bastante abalado com o ocorrido. 

O acontecimento atraiu a atenção de dezenas de populares, alguns até se manifestaram contra a obra no Pátio Cianê alegando que o prédio é muito antigo para ser revitalizado. 

LUTO DE TRÊS DIAS - O prefeito Vitor Lippi e o eleito, Antônio Carlos Pannunzio, foram ao local da tragédia e manifestaram solidariedade às famílias das vítimas. "Foi uma fatalidade, uma tragédia, que a gente nunca imaginou acontecer. Lamento muito e me solidarizo com os familiares das vítimas", disse Lippi, anunciando que decretará luto de três dias na cidade por conta da tragédia.
 
  
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar