Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< MESSI, CRISTIANO RONALDO OU INIESTA? Fifa anuncia os três jogadores como finalistas ao prêmio de melhor do mundo em 2012; quem levará a melhor?

Publicada em 29/11/2012 às 23:57
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, no anúncio dos finalistas para o prêmio Bola de Ouro 2012, no centro de Imprensa do Parque Anhembi, em São Paulo (Foto: Guilherme Dionizio/Folhapress)
Sem surpresas, a Fifa anunciou nesta quinta-feira o argentino Lionel Messi, o português Cristiano Ronaldo e o espanhol Andres Iniesta como os finalistas ao prêmio de melhor jogador do mundo em 2012. Os três foram selecionados em uma lista prévia de 23 indicados, que tinha Neymar como único brasileiro, e disputam o troféu que será entregue em cerimônia marcada para o dia 7 de janeiro, em Zurique, na Suíça.

Unanimidade mundial, Messi é o grande favorito para ganhar o prêmio da Fifa pelo quarto ano seguido. Cristiano Ronaldo aparece novamente como seu principal rival. O português também já foi eleito o melhor do mundo em 2008, quando ainda estava no Manchester United, mas vem sendo superado pelo argentino do Barcelona nas três últimas eleições. Enquanto isso, Iniesta corre por fora e busca uma vitória inédita.

Os três finalistas foram escolhidos dentro de uma lista de 23 jogadores indicados pela Fifa em outubro. A eleição contou com votos de jornalistas do mundo inteiro e dos treinadores e capitães das seleções nacionais. Assim como aconteceu no ano passado, Neymar estava entre os indicados - o atacante do Santos era o único brasileiro e o único a jogar fora da Europa -, mas não conseguiu novamente ir à final.

Criado em 1991 pela Fifa, o prêmio de melhor jogador do mundo passou a ser chamado há dois anos de Bola de Ouro, em uma junção com a famosa premiação da revista francesa France Football que existia desde 1956. E, considerando os vencedores dessas duas disputas, Messi pode se tornar agora o recordista histórico, como o único a ganhar quatro vezes como o principal destaque do futebol mundial na temporada.

Aos 25 anos, Messi vem se superando a cada temporada. Neste ano, ele já conseguiu fazer 82 gols e está a apenas três do recorde histórico do alemão Gerd Müller, que marcou 85 vezes em 1972. Além disso, continua brilhando com a camisa do Barcelona e tem sido capaz de repetir as ótimas performances também na seleção argentina. Diante desse cenário, desponta novamente como favorito ao prêmio de melhor do mundo.

Cristiano Ronaldo também teve um ano incrível. Aos 27 anos, o astro português comandou o Real Madrid na conquista do título do último Campeonato Espanhol, acabando com a supremacia nacional do Barcelona. E ainda conseguiu se destacar na Eurocopa, que aconteceu entre junho e julho, na Polônia e na Ucrânia, quando levou a seleção de Portugal à semifinal, perdendo apenas nos pênaltis para a futura campeã Espanha.

O terceiro finalista deste ano é Iniesta, que entra na disputa como o representante da principal seleção do futebol mundial no momento - a Espanha é a atual campeã mundial e bicampeã europeia Aos 28 anos, o meia do Barcelona foi eleito o melhor jogador da última Eurocopa, o que o credencia para estar agora na premiação da Fifa. Mas, diante de Messi e Cristiano Ronaldo, ele sabe que é o grande azarão.

TÉCNICOS - A Fifa também anunciou nesta quinta que Vicente del Bosque, da seleção espanhola, Pep Guardiola, ex-Barcelona, e José Mourinho, do Real Madrid, são finalistas ao prêmio de melhor técnico do ano eleito pela entidade.

Del Bosque foi eleito finalista depois de ter conquistado com a Espanha o título da Eurocopa de 2012, enquanto que José Mourinho faturou o Campeonato Espanhol da temporada 2011/2012 ao Real Madrid, que também foi semifinalista da Liga dos Campeões passada. Já Guardiola, mesmo depois de ter ficado sem o último Espanhol e sido eliminado pelo Chelsea na semifinal do principal torneio interclubes do futebol europeu, teve mais uma vez o seu inquestionável bom trabalho realizado no clube catalão valorizado.

O vencedor do prêmio de melhor técnico de 2012 será conhecido no próximo dia 7 de janeiro, em Zurique. Na mesma data também será anunciado o ganhador do prêmio de melhor treinador do ano no futebol feminino. Os três candidatos finalistas, anunciados nesta quinta, são os seguintes: Bruno Bini, da França, Norio Sasaki, do Japão, e Pia Sundhage, da Suécia. (Agência Estado)


Corinthians negocia marca que dará nome ao Itaquerão

O Corinthians negocia os "naming rights" do Itaquerão com uma empresa estrangeira. O anúncio da marca que dará nome ao estádio pode ser feito já no primeiro semestre de 2013. Duas variáveis estão sendo discutidas. O valor do contrato, até maior do que os R$ 400 milhões previstos, e tempo de duração do acordo - pode se estender até por mais de duas décadas.

O "perfil" da empresa que negocia com o clube é de uma multinacional que possui pequeno market share no Brasil e pensa em ampliar isso. Dar nome ao estádio seria uma maneira de ela crescer rapidamente no País. O Corinthians não revela as empresas com as quais negocia a venda do nome, mas admite que o negócio deve ser fechado antes de o estádio ficar pronto - a previsão atual é dezembro de 2013. "Isso caminha, já é um fato, temos tratativas (de conversas), mas é duro falar em datas", disse o presidente Mário Gobbi. "É de fora (a empresa)".

O nome do estádio é a principal fonte de recurso para custear a obra, orçada em R$ 820 milhões - R$ 400 milhões virão do BNDES, em forma de empréstimo, e outros R$ 420 milhões, via um projeto de isenção fiscal da Prefeitura de São Paulo. Os "naming rights" pagarão o empréstimo do BNDES. A ideia inicial era vender o nome do estádio por um prazo de dez anos, tempo que o clube terá para pagar as parcelas ao banco.
 

Montillo ainda interessa à diretoria do São Paulo

Objeto de desejo do São Paulo no começo da temporada, o meia Walter Montillo, do Cruzeiro, voltou à lista de interesse para o ano que vem. O argentino é visto como possível substituto de Lucas, que vai em janeiro para o Paris Saint-Germain, e o nome já passou pelo crivo do presidente Juvenal Juvêncio, que autorizou o diretor de futebol Adalberto Baptista a procurar o clube mineiro e iniciar as negociações. Alexandre Mattos é quem responde pelos cruzeirenses.

Ao contrário do que aconteceu na investida no início do ano, quando São Paulo e Corinthians tentaram contratar o argentino, desta vez o Cruzeiro tem interesse em se desfazer do meia, que passará a ganhar R$ 400 mil mensais a partir de 2013 graças a uma cláusula contratual. A pedida inicial está na casa dos R$ 10 milhões e os mineiros ainda pedem alguns jogadores para liberá-lo.

O São Paulo não aceita pagar esse valor e tenta compor a proposta com alguns nomes como Cícero, Juan e Casemiro. Juvenal Juvêncio tem sido informado sobre todos os passos e por vezes assume a dianteira das negociações.

Embora atue mais recuado no Cruzeiro, o técnico Ney Franco enxerga Montillo na função de segundo atacante e ocupando a faixa que Lucas domina atualmente. A ideia é fechar com o jogador até o início das férias para tê-lo na pré-temporada e para Ney Franco já começar a pensar na estrutura da equipe. Para isso, precisará dobrar o Cruzeiro, caso contrário o negócio naufraga. 


Santos deve ter três atacantes para clássico contra Palmeiras

Victor Andrade pela direita, Miralles no meio e Neymar na esquerda. Esse foi o ataque armado pelo técnico Muricy Ramalho no treino técnico desta quinta-feira no CT Rei Pelé e que pode ser confirmado para o clássico contra o Palmeiras, neste sábado, na Vila Belmiro, na rodada de encerramento do Campeonato Brasileiro.

A dúvida do treinador está entre o argentino Pato Rodríguez, que ajudaria Felipe Anderson na armação das jogadas, e Victor Andrade, para dar maior poder ofensivo à equipe. Apesar de o jogo não decidir nada, Muricy Ramalho faz mistério e usou 12 jogadores no time titular no treino desta quinta para despistar

Embora a tendência seja de escalar o time com três atacantes, Muricy Ramalho também pode optar por quatro jogadores no meio de campo para não deixar a defesa exposta, em razão das ausências de Adriano (cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo) e Henrique (foi submetido a uma cirurgia de púbis). No treino, o setor teve Arouca e Alan Santos, atuando mais presos à zaga, e Felipe Anderson e Pato Rodríguez na armação.


Felipão diz que Brasil ‘tem obrigação de ganhar Copa’

Luiz Felipe Scolari foi confirmado nesta quinta-feira como o novo técnico da Seleção Brasileira. Com a experiência de ter sido pentacampeão mundial há 10 anos, ele foi contratado pela CBF para substituir Mano Menezes, demitido na semana passada, e terá a missão de comandar o Brasil em busca do hexa na Copa do Mundo de 2014. Junto com ele chega o tetracampeão Carlos Alberto Parreira, que será coordenador. Ambos foram apresentados pelo presidente da CBF, José Maria Marin.

Em sua primeira entrevista coletiva, Felipão já mandou um recado claro ao assumir o cargo. Segundo ele, o Brasil tem "obrigação" de conquistar o título do Mundial por estar jogando em casa. "É bom que fique claro: temos a obrigação, sim, de buscar o título. Hoje, não somos favoritos, mas pretendemos nos tornar favoritos. Vamos trabalhar para isso", afirmou.

Atualmente com 64 anos, Felipão evitou fazer muitas comparações com a sua primeira passagem pela Seleção. "Me sinto mais motivado, mais jovem, em condições de assumir o cargo. Acho que as dificuldades podem ser um pouco diferentes, mas são parecidas", avaliou o treinador.

Ao falar sobre seus planos para o time, Felipão disse que irá promover uma sequência natural do trabalho feito até agora por Mano Menezes, mas que, aos poucos, vai implantando seu estilo. Ele aproveitou para defender a jovem geração do futebol brasileiro, especialmente Neymar.

Sem adiantar nomes de possíveis convocados, Felipão revelou que tentará mesclar juventude e experiência no grupo brasileiro. "A Seleção é jovem, mas tem outros jogadores experientes que podem dar sua contribuição. E fazer com que a seleção não seja tão jovem", explicou. 

A estreia de Felipão no cargo será no dia 6 de fevereiro em amistoso contra a Inglaterra, no estádio de Wembley, em Londres. 


Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar