Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Iperó amplia opções de lazer e esporte com novas praças

Publicada em 29/11/2012 às 00:06
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Praça do CDHU, mesmo ainda em fase de conclusäo, já ganhou um parque infantil (Foto: AI/PMI)
A população de Iperó agora já pode contar com novas opções de lazer e esporte. Recentemente, foram instaladas na nova praça do Jardim Vitorino e no Ginásio Poli-Esportivo "Dito Bom" academias ao ar livre. Essas academias contam com equipamentos como Leg Press duplo, peitoral duplo, simulador de caminhada e puxador duplo. Além disso, também foram instalados na praça do CDHU um parque infantil, que garantirá o lazer das crianças que moram no bairro. A praça ainda está em fase de construção e deve ser finalizada ainda este ano. 

Também encontra-se em fase de construção a nova praça da rua Epitácio Figueiredo. Já foi instalado no local um playground com escorregadores, balanços e argolas. O projeto ainda prevê uma academia ao ar livre nos mesmos moldes das demais praças e uma quadra de areia para a prática esportiva. 


`TV Cela' da Cadeia de Votorantim conquista prêmio do Ministério da Cultura

O Ministério da Cultura, via Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC/MinC), está divulgando as iniciativas premiadas no Edital Agente Jovem de Cultura: Diálogos e Ações Culturais. O Concurso selecionou 500 iniciativas culturais - já realizadas e concluídas - propostas por jovens agentes culturais de todo o País que tenham entre 15 e 29 anos de idade. O projeto TV Cela, realizado na Cadeia Feminina de Votorantim, foi uma das contempladas com a premiação. A jornalista Luciana Lopez, 29 anos, foi a proponente da iniciativa.

O edital partiu da premissa de que o acesso à Cultura é um direito essencial para qualquer cidadão e de que a garantia dos direitos humanos está diretamente relacionada à democracia cultural, à pluralidade de práticas relacionadas ao cotidiano das interações sociais e aos processos de formação de grupos e identidades. Na avaliação, foi levada em consideração também a importância da vida cultural ativa nas comunidades para a promoção de ambientes saudáveis e para melhoria da qualidade de vida das pessoas, com amplo reconhecimento e democratização de formas de produção, circulação e fruição de bens culturais.

O programa TV Cela, produzido e apresentado por reeducandas da Cadeia Pública Feminina de Votorantim, foi realizado dentro das limitações físicas de uma cela e da limitação técnicas dos colaboradores voluntários e, após editado, foi distribuído para todas as TVs Comunitárias do Estado de São Paulo. Iniciou-se em 2009 e por dois anos foram realizadas gravações, que ainda são distribuídas para as TVs através de parcerias com a Associação Cultura Votorantim (ACV), entidade em que Luciana Lopez é vice-presidente. Os assuntos mais abordados nos programas de TV estavam relacionados à saúde (saúde da mulher, prevenção de doenças, dependência química, higiene bucal, etc.), cultura (movimento hip hop, música, teatro, pintura, artesanato, etc.), justiça, direitos humanos, educação, psicoterapia, política, televisão e comunicação, etc.. 

Luciana conta que os entrevistados, por sua vez, na maior parte das vezes viam-se envolvidos com a `causa' e passavam a ser novos colaboradores do projeto. "Muitos deles passaram a oferecer palestras e oficinas no local. Em relação aos políticos, percebeu-se que muitos conseguiram amenizar de alguma forma alguns dos problemas do local. Inclusive uma lei estadual relacionada à saúde das encarceradas foi criada após a passagem da deputada estadual Maria Lúcia Amary pelo programa", relembra a jornalista.

TV CELA - O "TV Cela" representou a continuidade do Programa "Povo Marcado", iniciado em 2007, no qual as reeducandas produziam um programa de rádio dentro da Cadeia. "Ambos os projetos foram idealizados em parceria com um grupo de pessoas envolvidas com a causa sociocultural, como é o caso da professora e semioticista dra. Míriam Cris Carlos, do jornalista e produtor cultural Werinton Kermes e da presidente da ACV, Mônica Marsal, pessoas indispensáveis para o sucesso dos projetos, pois sozinha eu não conseguiria atingir o objetivo", ressaltou Luciana.

O Edital"Prêmio Agente Jovem de Cultura" teve 2.463 projetos inscritos. A ideia central do Prêmio foi de mapear a juventude que movimenta a cultura no País. Puderam concorrer iniciativas existentes e já concluídas nas áreas de comunicação, tecnologia, pesquisa, formação cultural, produção artística, intercâmbio e sustentabilidade. As inscrições foram de acordo com a faixa etária, entre 25 e 29 anos (211 contemplados), de 18 e 24 anos (220 contemplados) e de 15 a 17 anos (69 contemplados). Cada selecionado irá receber premiação no valor de R$ 9 mil. "Pretendo investir o prêmio nos próprios projetos socioculturais e de comunicação que desenvolvo junto à Associação Cultura Votorantim, com aquisição de equipamentos que tornem possíveis a continuidade das ações que realizamos e o desenvolvimento de novos projetos", planeja a jovem.

Segundo o Ministério da Cultura, por meio da concessão de prêmios, o edital procurou valorizar especialmente iniciativas culturais de reconhecimento e/ou promoção dos direitos. O Prêmio será concedido por meio de uma parceria entre o MinC e os ministérios da Saúde e do Desenvolvimento Agrário e a Secretaria Geral da Presidência da República/Secretaria Nacional de Juventude 


Avenida 31 de Março ganha nova rotatória 

A avenida 31 de Março, uma das principais vias de acesso ao município de Votorantim, está recebendo a implantação de uma nova rotatória. A nova opção para o motorista está sendo implantada nas imediações do prédio em forma de Pirâmide e beneficiará milhares de estudantes e funcionários de empresas instaladas nas imediações. Nesta semana, os serviços têm continuidade com a retirada de parte do asfalto e canteiro, onde será implantado o novo traçado. 

A Prefeitura de Votorantim informa que a execução da obra está sendo realizada pela empresa Consterra. Para tanto, a Secretaria de Segurança Comunitária, Trânsito e Transporte (Sesec) interditou a pista no sentido Sorocaba-Votorantim. Durante o período de 40 dias, para a realização dos serviços o motorista terá como opção de desvio a utilização do acesso 103 da SP-79 (antiga estrada do Lageado, que margeia a lateral das dependências do Sesi de Votorantim).


Itapetininga lança pedra fundamental das obras da Praça dos Esportes e da Cultura  

Na última semana, a Prefeitura de Itapetininga realizou o lançamento da pedra fundamental das obras da PEC (Praça dos Esportes e da Cultura). Estiveram presentes na solenidade, entre outros, os secretários municipais de Cultura e Turismo, Marcos Vinícius de Moraes Terra; de Esporte e Lazer, Jair Bacon, e da Promoção Social, Eliana Fontes Lisboa, além do chefe de Representação do Ministério da Cultura, Valério Benfica; do consultor da Unesco, Frederico Roth; da primeira-dama do Município e do presidente do Fundo Social de Solidariedade, Angela Ramalho, e do prefeito itapetiningano Roberto Ramalho.

A Praça, localizada à rua Tadao Toyota, no Jardim Cambuí, irá atender mais de 12 mil moradores dos bairros Jardim Cambuí, Parque São Bento, Jardim Bela Vista, Vila Bandeirantes e Vila Carolina. O complexo de 3.000 metros quadrados será construído em dois edifícios multiuso, que contarão com uma praça, um Cras (Centro de Referência de Assistência Social), salas multiuso, biblioteca, telecentro, cineteatro/auditório com 60 lugares, sanitários, salas de apoio, telecentro, quadra poliesportiva coberta, pista de skate, equipamentos de ginástica ao ar livre, jogos de mesa, playground e pista de caminhada. O convênio, assinado junto à Caixa Econômica Federal, prevê um investimento de mais de R$ 2 milhões para a PEC.

Idealizada em conjunto pelos ministérios da Cultura, Esportes, Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Justiça e Trabalho e Emprego, a Praça integrará, num mesmo espaço físico, programas e ações voltados à promoção da cidadania e à redução da pobreza. A PEC é mais que uma praça, é um espaço público que integra atividades e serviços culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços socioassistênciais, políticas de prevenção à violência e inclusão digital, oferecendo cobertura a todas as faixas etárias, ou seja, será um importante espaço social para os moradores que terão oportunidade de ter acesso à cultura, educação, esporte e lazer. 

NOVA CRECHE/EMEI SANTA RITA DEVE SER ENTREGUE EM DEZEMBRO - A Prefeitura de Itapetininga está, por outro lado, concluindo as obras do novo prédio da Creche/Emei Santa Rita. Estão sendo investidos R$ 2.1 milhões na construção da unidade pré-escolar, que terá capacidade para atender 228 alunos, dos três meses aos 5 anos de idade, que residem nos bairros próximos. As obras serão entregues ainda neste ano.

A unidade, que está sendo edificada junto ao antigo Hospital Infantil, contará com amplas salas de aulas e de atividades, berçários, brinquedoteca, biblioteca, área de lazer, salas para diretoria, administração e professores, cozinha com área de serviço e depósito, pátio, almoxarifado, lavanderia, zeladoria e refeitório. Além disso, tendo consciência da importância do papel das crianças como propagadoras de informação no meio em que interagem e também devido à experiência bem-sucedida que o Município obteve com a implantação das Creches/Emei's ecologicamente corretas "Ana Júlia Vieira Gomes Heleno" (Centro) e "Profª. Maria Munhoz Soares de Salles" (Central Parque 4L), a Administração Municipal também está construindo esta pré-escola com dispositivos ambientalmente corretos, como janelas contínuas em toda a extensão e portas e visores de vidro temperado que favorecem a entrada da luz natural no prédio; telhas termoacústicas, que auxiliam para que o ambiente tenha temperatura agradável; lâmpadas brancas, que visam economia de energia; pátio com piso intertravado, que favorece a drenagem com infiltração no solo; reutilização da água da chuva para limpeza de áreas externas, sanitários e calçadas e captação de energia solar para o aquecimento do banho dos bebês.

Ao lado da nova Creche/Emei Santa Rita, a Prefeitura de Itapetininga está também reformando o prédio da antiga Maternidade para ser utilizado pelo Departamento Pedagógico e pela Secretaria Municipal de Educação. Conforme informações da Secretaria Municipal de Educação, a primeira fase das obras já foi entregue e a segunda fase da construção já está sendo executada. Ainda segundo a arquiteta responsável da Secretaria de Educação, no momento está sendo realizado a colocação de concreto na laje e a conclusão das obras está prevista para o final do mês de dezembro.


Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar