Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Emprego nos Correios leva centenas ao PAT

Publicada em 29/11/2012 às 00:03
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

PAT ficou lotado de candidatos a uma vaga nos Correios (Foto: Jota Abreu)
Na manhã de ontem, o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) ficou lotado de candidatos a uma vaga temporária no setor de triagem dos Correios. A seleção ocorreu somente ontem - ao todo, são 80 vagas na região - e, de acordo com entrevistados no PAT, somente em Sorocaba são 40. Segundo o responsável pela seção de atendimento do PAT, Isaías Alves de Lima, a divulgação foi feita por publicações em jornais e pelo portal do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), no programa Mais Emprego. “Os candidatos não precisam ser cadastrados no sistema, mas posteriormente terão de fazer o registro, pois são monitorados pelo portal que levanta dados estatísticos”, afirma Lima. 

Normalmente, as pessoas interessadas em vagas comparecem ao PAT e retiram uma carta de encaminhamento ao local onde deverão fazer entrevista. Porém Lima contou que os Correios terceirizaram os serviços que recrutam os trabalhadores e estavam fazendo as entrevistas no local. “Todas as três salas de reunião estão ocupadas. Em cada uma cabem cerca de 20 pessoas”, contou. 

Segundo candidatos que saíram da entrevista, o salário é de R$ 1.004,00, com vale-alimentação e cesta básica, que ao todo aumenta para cerca de R$ 1.500,00 a remuneração. O resultado sai até sexta-feira e inicialmente o contrato é de 30 dias, podendo ser renovado em janeiro caso o trabalhador seja eficiente no cargo. A partir de então, o vínculo empregatício vai se renovando a cada seis meses. 

Muitas pessoas vieram de cidades da região como Iperó e Salto e, segundo informações, já estavam fazendo exame médico no local, para não precisarem se deslocar novamente a Sorocaba.

CONCORRENTES - O estudante Clóvis Tenório da Silva, 21 anos, estava na fila para concorrer a uma das vagas. “Minha mãe me avisou sobre a seleção e vim correndo”, afirma. Ele está desempregado no momento, mas já trabalhou como fiscal e conferente em comércios. “Preciso voltar ao mercado de trabalho e acho que é uma oportunidade interessante”, conta. Já a dona de casa Irandi Santos está em busca do primeiro emprego. Ela está esperançosa e foi a convite da amiga Adriana Costa Nascimento, que também concorre a uma vaga. “Espero que dê tudo certo e vamos mostrar serviço, fazer tudo corretamente para sermos efetivadas”, espera Irandi.

Foi por um acaso que Evelise Alves de Goes ficou sabendo das vagas. Ela foi ao PAT atrás de outra vaga. “Vim por conta de vaga de operadora de caixa, mas vou aproveitar para fazer cadastro na dos Correios”, conta. Pela quantidade de pessoas que estavam no PAT, daria para preencher mais que as 80 vagas disponíveis, inclusive em outras cidades. “Está difícil de voltar para o mercado de trabalho. Dependendo da situação, eu aceito trabalhar em outra cidade”, afirma Evelise.  


Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar