Domingo, 25 de Agosto de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Porto Feliz entrega mais 60 casas na segunda fase do `Minha Casa, Minha Vida'

Publicada em 15/10/2012 às 23:39
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Novas casas ficam no bairro Altos do Jequitibá, que surge com o `Minha Casa, Minha Vida' (Foto: AI/PMPF)
A Prefeitura de Porto Feliz  entregou este mês mais 60 casas do Programa "Minha Casa, Minha Vida", desenvolvido em parceria com o governo federal. As 60 casas foram construídas no novo bairro Altos do Jequitibá, na antiga área do Engenho dos Bandeirantes, e teve investimento de R$ 1.803.276, incluindo a infraestrutura do local.

O prefeito Cláudio Maffei (PT) fez a entrega das chaves para os futuros moradores e destacou, na oportunidade, a importância do acontecimento. "O dia de hoje é muito especial. É um dia de muita felicidade, já que estamos contemplando o sonho das pessoas", disse às famílias. "Não tenham dúvidas de que vocês vão morar em um dos melhores bairros da cidade, projetado e com um grande centro de lazer, próximo ao Estádio Municipal, um campo para a comunidade e um ginásio", completou Maffei.

Essa segunda fase do "Minha Casa, Minha Vida" em Porto Feliz contempla famílias de baixa renda e mulheres que sustentam sozinhas a própria casa. A solenidade da entrega das chaves contou ainda com a presença de diretores e servidores municipais, além de representantes do Banco Luso Brasileiro S/A e da Construtora Cartago.


5° Festival de Arte para Crianças apresenta espetáculos de diferentes linguagens artísticas em Salto 

Neste próximo final de semana, de 18 a 21 de outubro, a Secretaria de Estado da Cultura promove o 5º Festival de Arte para Crianças, seu antigo Festival de Teatro Infantil. Neste ano, o evento será realizado em Salto, na regiäo de Sorocaba, e apresentará espetáculos de diversas linguagens artísticas, destinados a jovens e crianças. Durante quatro dias, a cidade recebe atrações de teatro, circo, música e dança, de consagradas companhias como Le Plat Du Jour, Cia. Polichinelo de Teatro de Bonecos, Cantavento e Cia. Nóz de Teatro, Dança e Animação. A programação, que também inclui oficinas para o público infantil, é gratuita.

O espetáculo "O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá", do Grupo 59 de Teatro, abre o Festival na quinta-feira (18), às 19 horas. A peça, inspirada na obra de Jorge Amado, conta a história do amor impossível entre um gato malhado e uma andorinha. No palco, os atores criam um jogo de cena, sem elementos cênicos, transformando a peça em uma grande brincadeira. 

O Festival é realizado pela Secretaria de Estado da Cultura com execução da APAA (Associação Paulista de Amigos da Arte), em parceria com a Secretaria da Cultura e Turismo do Município. Os espetáculos serão concentrados na Sala Palma de Ouro e arredores.

PROGRAMAÇÃO - Entre os destaques do 5º Festival de Arte para Crianças em Salto, está a Cia. Le Plat Du Jour, umas das maiores companhias de teatro infantil do País, com a peça "Chapeuzinho Vermelho". Na montagem, duas palhaças interpretam, com humor, os personagens do clássico da literatura infantil, tudo a partir de um armário cheio de chapéus. A Companhia sobe ao palco na sexta-feira (19), às 19 horas também. 

Com texto e direção de Marcelo Romagnoli, o espetáculo "Terremota" chega ao Festival inserindo, de forma delicada e sutil, a homossexualidade. A peça conta a história de Maria, uma menina que mora com o tio chamado Bigode e com o gato Platão. Depois de uma tempestade estragar uma viagem à praia, eles inventam uma brincadeira: constroem outro mundo na sala de casa, uma nova república, que Maria poderá governar. A peça é apresentada no sábado (20), às 10h30, na Sala Palma de Ouro. 

No domingo (21), às 10h30, a Cia de Feitos exibe "O pato, a morte e a tulipa". Baseado no livro homônimo, do filósofo alemão Wolf Earlbruch, a peça desmistifica o lado negativo da morte, por meio da história de um pato que descobre que está sendo seguido por ela. Ao longo do espetáculo, há projeções coloridas, além de música e divertidos jogos. Já "A Pop", da Cia. Nóz de Teatro, Dança e Animação, promove uma brincadeira com a arte pop, ao utilizar como elementos de linguagem e cenário anúncios publicitários, caixas de sabão e lata de sopas para contar a história de uma dona de casa. A apresentação que mistura dança, teatro e animação poderá ser vista igualmente no domingo (21), às 14 horas. 

O espetáculo de música infantil "Gangorra", apresentado pela cantora Vange Milliet e pelo baixista Paulo Lepetit, encerra o Festival, às 19 horas do domingo (21). O show tem no repertório músicas do casal inspiradas no cotidiano com os filhos e ainda em questionamentos das crianças. O casal já dividiu o palco com músicos como Tom Zé, Lenine e Zeca Baleiro. 

A música também está presente no espetáculo "Barco Doido", do Grupo Canta Vento, enquanto "Expresso Caracol", da Cia dos Pés; "Começar a Cutucar", do Grupo Dança Aberta, e "Embarcando a tecnologia", da Faces Ocultas Cia. de Dança, de Salto, colocam a crianças para dançar. Tem ainda teatro de rua com Zabumba, da Cia. Tribo, e teatro de bonecos, com a Cia. Polichinelo de Teatro de Bonecos, que apresenta "As Histórias do Caixão do Zé". Os Irmãos Becker, fazem malabarismos e encantam as crianças em Circo Malabarístico. Os pequenos ainda podem assistir a contações de histórias, no hall da Sala Palma de Ouro e apresentam-se igualmente as companhias Conto e Cantos, Faz e Conta e Cia. Conto em Cantos. Sexta, sábado e domingo, o Festival também promove oficinas de máscaras, pin hole e sensibilização para os pequenos.

INGRESSOS - Toda a programação é gratuita, mas é necessária a retirada de senhas dos espetáculos com uma hora de antecedência. Serão distribuídos, no máximo, dois ingressos para cada pessoa.  


VOTORANTIM

Leite materno ajuda a prevenir obesidade infantil

O aleitamento materno pode contribuir para prevenção da obesidade na infância. É com esse mote que a Prefeitura de Votorantim, através da Secretaria de Saúde, realiza um trabalho de orientação às mais de mil gestantes atendidas na rede básica de saúde, incentivando a amamentação.

Dados divulgados pela Pesquisa de Orçamentos Familiares em 2008/2009 encontraram no Brasil excesso de peso em 33,5% das crianças de 5 a 9 anos, além de um aumento expressivo dessa prevalência nessa faixa etária ao longo de 34 anos. Em Votorantim, o Programa de Atenção a Criança realiza, entre outras ações, o incentivo ao aleitamento materno. Segundo a coordenadora do Programa, Maria de Fátima L.V. Mendonça, o leite materno, exclusivo até os seis meses de vida e complemento a partir dessa idade, é essencial para suprir as necessidades nutricionais do bebê. "O leite materno funciona como uma proteção contra a obesidade, pois tem uma composição balanceada e apropriada para a fase de crescimento", assevera ela.

Durante o pré-natal e no acompanhamento pós-parto, a equipe de saúde reforça que, se a obesidade for iniciada na infância ou adolescência, pode persistir na fase adulta, diminuindo até mesmo a expectativa de vida. "Temos diversas doenças muito conhecidas que são ocasionadas pela obesidade precoce, como hipertensão arterial e apneia do sono", lembra Maria de Fátima 
Maria de Fátima.

O atendimento ao bebê e orientação às famílias é realizado no Ambulatório de Especialidades da Mulher e da Criança, localizado na rua José Beline, 97, no Jardim Paraíso, das 7 às 16 horas, de segunda à sexta-feira. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15)3247-1646 e nas Unidades Básicas de Saúde.


Espaço Jovem da Vila Nova recebe últimos detalhes 

A Prefeitura de Votorantim está finalizando as obras de reforma do Centro Esportivo "Antônio Polli", na Vila Nova Votorantim. Neste espaço, vai funcionar mais uma unidade do Espaço Jovem. A empresa responsável pela obra está finalizando os serviços de acabamento, bem como a instalação de um portal.

A proposta do Espaço Jovem é trabalhar a cidadania com cursos de capacitação a exemplo da informática; a Cultura deverá trabalhar as oficinas desenvolvidas pelo Governo Municipal e o Esporte com todas as modalidades, incentivando a prática esportiva. No Vossoroca, onde foi implantada a primeira unidade, mais de 600 jovens são atendidos. Na Vila Nova Votorantim, a Prefeitura reformou o espaço onde funcionava a sede do Centro Esportivo, que servirá para atividades internas, o prédio recebeu nova instalação elétrica, hidráulica e pintura e a área externa foi toda revitalizada, a exemplo da pista de skate e da quadra poliesportiva, bem como o campo de futebol.

Houve ainda a implantação de uma pista de caminhada no local e, nesta semana, a Prefeitura também estará instalando ali uma academia de ginástica ao ar livre. Com isso, o Governo Pivetta mantém o planejamento de implantar ações em seus espaços públicos e oferecer mais qualidade de vida à população. 


CAPÃO BONITO

Centro de Convenções ficará pronto nos primeiros meses de 2013 

Continuam em ritmo acelerado as obras de construçäo do Centro Municipal de Convenções na praça Cunha Bueno, em Capäo Bonito. A Prefeitura local está investindo R$ 509.369,32 no empreendimento. A verba foi obtida junto ao Ministério do Turismo (Programa `Turismo Social no Brasil'), através de emenda parlamentar do deputado federal Milton Monti, complementada com contrapartida da Prefeitura. A responsável é a construtora Constrói Ltda. EPP, que deve concluir a obra nos primeiros meses de 2013.

O novo Centro de Convenções faz parte da etapa 2012 do Programa de Investimentos da Prefeitura capäobonitense, que engloba a construção do Portal Turístico na rodovia SP-127, duas salas de aula na ETEC Dr. Celso Charuri para implantação do Curso de Enfermagem, ampliação da Creche Metodista e a segunda fase da Unidade Básica de Saúde da Vila Aparecida. A etapa tem previsão de um investimento total de mais de R$ 1,7 milhão.

A construção do Centro de Convenções vai melhorar a imagem da praça Cunha Bueno e levar mais uma importante opção de espaço para realização de eventos no Município.

O PROGRAMA - Segundo a Caixa Econômica Federal, responsável pelo gerenciamento dos recursos, o objetivo do Programa `Turismo Social' é proporcionar o aproveitamento e a melhoria das condições atuais dos atrativos históricos, culturais e naturais, mediante a implantação de projetos e empreendimentos, obras e serviços de finalidade ou interesse turístico. O Programa, que tem gestão do Ministério do Turismo, é operado com recursos do Orçamento Geral da União (OGU). O Ministério procede à seleção das operações a serem atendidas pelo Programa e informa à Caixa para fins de análise e contratação da operação.

O Programa ainda prevê verbas para intervenções, implantação, ampliação ou recuperação de infraestrutura urbana em municípios turísticos; construção, ampliação ou reforma de aeroportos, heliportos, marinas, píer, atracadouros e terminais marítimos, fluviais, rodoviários e ferroviários; acampamentos turísticos públicos, centro de eventos, praças públicas, parques de exposições, parques públicos, terminais de turismo social e de lazer; casas e centros de cultura e museus, centro de comercialização de produtos artesanais; pórticos e portais de cidades, centros ou quiosques de informações turísticas, sinalização turística, teleféricos e mirantes, escolas destinadas à qualificação de mão-de-obra para os setores de hotelaria, gastronomia e turismo; intervenções em sítios históricos, culturais, ambientais, arqueológicos, religiosos, geológicos; recuperação de equipamentos e prédios históricos para fins turísticos, elaboração de planos de desenvolvimento turístico e aquisição de ônibus.

Para 2013, a Secretaria Municipal de Planejamento de Capão Bonito já elabora novos projetos para serem inseridos no Programa.


Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar