Domingo, 20 de Outubro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Vila Pedroso III finaliza a construção do primeiro bloco

Publicada em 24/08/2012 às 21:09
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A construçäo do segundo bloco na Vila Pedroso III já avança para o segundo bloco (Foto: Secom/PMV)
Seguem em ritmo acelerado as obras do Programa "Votorantim Sem Favelas" na Vila Pedroso III, região do bairro do Itapeva. A construção avança para o terceiro piso do segundo bloco de apartamentos. Com a construção do primeiro bloco finalizada, começaram os serviços da parte elétrica, instalação do telhado, pintura e a colocação de portas e janelas. Segundo o engenheiro responsável pela obra, a construção funciona como uma linha de montagem: enquanto um prédio está em fase de acabamento, outra equipe começa a fundação do seguinte.

Ao todo, 100 famílias serão atendidas apenas nessa unidade, que receberá cinco blocos com 20 apartamentos. Além das moradias, cada empreendimento terá salão de festas, quadra esportiva, área livre, uma vaga de estacionamento por família e portaria com guarita. A segunda unidade do conjunto de empreendimentos, a Vila Pedroso I, finalizou, por sua vez, os trabalhos de terraplanagem, colocação de alambrados e serviços de fundação do salão de festas. Nesta etapa, serão construídos três blocos, para atender 60 famílias. A área total será de 4.360 metros quadrados. 

Os apartamentos são de 42 metros quadrados, composto por sala e cozinha conjugadas, dois quartos e banheiro. O condomínio vertical é fechado por alambrados e terá guarita na entrada, para segurança dos moradores. Contando com a Vila Pedroso II, ao todo serão atendidas 320 famílias, apenas nesta região; na Vila Garcia, serão duas unidades - Vila Garcia I e II -, cada uma com 160 unidades e o Votocel com mais 260, totalizando 900 famílias atendidas, assim, pelo Programa "Votorantim Sem Favelas".

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA NO JD. SÃO LUCAS - A região do Jardim São Lucas vai ganhar uma praça com mais de 3.600 metros quadrados, dotada com teatro, quadra poliesportiva, pista de caminhada, pista de skate e academia de ginástica ao ar livre. O contrato para execução das obras foi assinado na Prefeitura com a empresa B.V. Engenharia Ltda., vencedora da licitação. O novo espaço de lazer será construído com recursos do governo federal, por meio do Programa de Aceleração ao Crescimento (PAC II). 

Assinado o contrato, o projeto será, agora, encaminhado à Caixa Econômica Federal, que emitirá a ordem para a execução dos serviços. Para tanto, a Prefeitura já deu início aos trabalhos preliminares de terraplanagem na área situada entre o Jardim São Lucas e o bairro Itapeva. De acordo com a Prefeitura, o objetivo é levar à comunidade um espaço destinado para a prática esportiva e o desenvolvimento de atividades culturais, tudo isso com o acompanhamento de profissionais em suas respectivas áreas. No local, haverá também um prédio com salas multiuso para o desenvolvimento do trabalho do Centro de Referencia de Assistência Social (Cras).

A praça será construída ao lado da Unidade Básica de Saúde (UBS), já anunciada pela Prefeitura. A praça terá três blocos de construção, sendo o teatro com toda a estrutura, como camarim e coxia; quadra poliesportiva coberta e o terceiro prédio dotado com salas multiuso. O espaço terá ainda academia de ginástica ao ar livre, playground, pista de skate e bicicletário. Serão utilizados ainda pisos intertravados e direcionais, além de rampas de 
acessibilidade. 


Piedade recolhe mais de uma tonelada de lixo do rio Pirapora

A Prefeitura de Piedade, por meio da Coordenadoria de Meio Ambiente, recolheu mais de uma tonelada de lixo do rio Pirapora durante uma ação ambiental realizada nos dias 14 e 15 agosto. A limpeza do rio contou com apoio de cerca de 70 estudantes das escolas estaduais "Theodora de Camargo Ayres" e Etec de Piedade. Os serviços também foram realizados no ribeirão dos Cotianos, um afluente do rio Pirapora.   

De acordo com a Coordenadoria de Meio Ambiente, foram retirados do rio diversos tipos de lixo, entre eles até armários, chinelos, sutiãs, alimentos, fraldas usadas, embalagens (principalmente de balas) e 70 embalagens de águardente. Além da limpeza, os moradores e pessoas que passavam próximas ao rio receberam orientações sobre a importância desta ação para o Município. A Coordenadoria alertava que o lixo jogado no rio pode trazer consequências graves a todos, destacando ainda que um ambiente saudável só será alcançado por meio da educação das pessoas que participam ou se sensibilizam com este tipo de ação. 

SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO DA MARGINAL - A Diretoria de Trânsito e Transportes Coletivos da Prefeitura de Piedade (Ditracopi) realizou mudanças na sinalização de trânsito da avenida Raimundo Nonato Leite (Marginal), no trecho próximo à rotatória. Agora, neste trecho foi instalada uma placa que permite o motorista utilizar as faixas 1 e 2 no sentido Prefeitura/Ibiúna/São Paulo. O trecho também recebeu placas de orientação, sinalizações de solo, novas faixas de pedestres e a readequação de outras. 

As melhorias visam oferecer maior agilidade e fluidez no trânsito da Marginal.


ITU

Museu da Energia recebe mostra sobre Revolução de 1932

O Museu da Energia de Itu, com o patrocínio da Gás Natural Fenosa, inaugurou a exposição "1932, o Ano da Revolução Paulista". A mostra, que integrou as comemorações do Dia Nacional do Patrimônio Histórico, celebrado em 17 de agosto, conta a história da mobilização que teve a participação de diferentes setores da sociedade paulista da época, inclusive trabalhadores do setor de energia.

Os visitantes têm ali a oportunidade de conferir, por meio de fotos históricas, alguns dos acontecimentos mais marcantes da Revolução Paulista: o alistamento e os exames médicos dos soldados, a preparação das mulheres para atuarem como enfermeiras durante os confrontos e até a participação de indígenas na batalha. Além das imagens, a exposição traz também documentos da época. Todo o acervo pertence ao Núcleo de Documentação e Pesquisa da Fundação Energia e Saneamento.

A Revolução de 32 foi um marco na formação do povo paulista. Suas bandeiras, a constitucionalização do País e a autonomia e superioridade de São Paulo, defendidas pela elite, sensibilizaram grande parte da população, que aderiu às manifestações. A exposição estará aberta para visitação até o dia 30 de setembro, com entrada franca. Além da visitação espontânea, o Museu da Energia oferece visita monitorada para escolas. O agendamento pode ser realizado através do e-mail itu@museudaenergia.org.br ou pelo telefone (11)4022 6832.



Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar