Domingo, 15 de Setembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Implantação de corredores de ônibus divide opiniões

Publicada em 20/06/2012 às 22:40
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

JESSÉ VALTERNEI – motorista> “Se continuarmos com tantos carros nas ruas, será um caos; é preciso favorecer o transporte coletivo” (Foto: Fernando Rezende)
A Urbes – Trânsito e Transportes anunciou recentemente a implantação de corredores de ônibus nas ruas Hermelino Matarazzo e Comendador Oeterer, no Além-Linha, principais vias que ligam o Centro à zona norte, região mais populosa da cidade. Motoristas, moradores e comerciantes dividem opiniões sobre o assunto. 

Segundo a Urbes, as mudanças visam melhorar as condições de circulação do trânsito a fim de priorizar o transporte coletivo. Para o motorista Jessé Valternei, a medida é bem-vinda. “Se continuarmos com tantos carros nas ruas, será um caos. É preciso favorecer o transporte coletivo”, falou. 

Já para Vinícius Contrea, para uma obra desse porte, a Prefeitura deve se estruturar melhor. Ele dirige diariamente pelas avenidas e acha que a mudança não atingirá o objetivo de trazer melhorias ao trânsito local.

Comerciantes que têm estabelecimentos nessas vias não aprovam a medida. “Precisa de, pelo menos, um lugar para carga e descarga de mercadorias”, sugeriu o proprietário de uma tapeçaria da rua Hermelino Matarazzo. Com a mudança, os veículos não poderão mais estacionar do lado direito das vias. Hoje muitos motoristas param os carros nas laterais do Cemitério Saudade. Para o comerciante, isto atrapalhará seu negócio. "Clientes - e eu mesmo não posso estacionar longe e trazer nas costas os móveis que pesam de 60 a 80 quilos; já tenho 70 anos.” 

Oliveira comentou da dificuldade ao estacionar quando houver sepultamento no cemitério. “Onde os carros irão parar?”. Para Oliveira, os veículos estacionados nas ruas laterais será oportunidade de roubos, o que já acontece com frequência no bairro.  

A empresa pública informa que, por se tratar de implantação de um benefício à circulação em via pública, os critérios técnicos para a implantação da faixa exclusiva analisam fatores que consideram prioritariamente o interesse coletivo. Entretanto, as características locais da mobilização de comerciantes e moradores também são avaliadas e consideradas na elaboração do projeto.

Poderão utilizar as faixas exclusivas veículos do transporte coletivo municipal, especial, fretamentos, ônibus escolares e intermunicipais. Segundo a empresa, veículos como os de transporte escolar podem usar as outras duas faixas, quando não há necessidade de parar nessas vias.

Ainda não há data para início da operação das faixas exclusivas, que dependem de alguns trabalhos técnicos para começarem a funcionar. As faixas serão recapeadas e receberão sinalização de trânsito especial. 

 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar