Sábado, 30 de Maio de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Vacinação antirrábica tem baixa procura

Publicada em 20/05/2012 às 07:04
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O poodle Sasuke foi vacinado na manhã de ontem; a aplicação dura em média dois segundos (Foto: Fernando Rezende)
A vacinação antirrábica, que começou na sexta-feira, está sendo pouco procurada pelos donos de cãs e gatos da cidade. Os animais maiores de três meses devem tomar a dose da vacina. Desde 2009, ela foi suspensa, pois na última campanha a dose causou reações acima do esperado, levando alguns bichinhos ao óbito. A meta é imunizar 80% de toda a população canina e felina de Sorocaba. 

Para o veterinário responsável da Zoonoses, José Luís Chiquito Filho, a procura tem sido muito pequena, principalmente no dia de ontem. “Até às 10 horas foram vacinados 2.950 animais ao todo. No Parque São Bento, por exemplo, foram vacinados 100 bichinhos, e o esperado eram 400”, diz. Para o veterinário, vai demorar um tempo para conquistar a confiança dos donos novamente. “Com certeza isso se deve pelo episódio de 2009. As pessoas com quem conversei nesta semana me perguntaram se a vacina é realmente confiável”, comentou. Chiquito afirma que a vacina é de boa qualidade e que não tem perigo de causar reações nos animais imunizados. “Eu garanto que esta dose é a mesma aplicada em clínicas particulares.” Até a manhã de ontem não houve intercorrências ou sinais de alergia durante as aplicações. 

As reações adversas podem aparecer, em alguns casos, logo após a aplicação. “Há casos em que as reações são imediatas, como acontece no ser humano. Os sintomas são inchaços, principalmente facial, salivação e vômitos.” Chiquito orienta que em casos de sintomas leves o dono pode levar o animal de volta ao posto de vacinação. No local, há veterinários que poderão avaliar o quadro clínico do canino ou felino. Porém, em casos mais graves, quando há sintomas agudos, o proprietário deve levar o animal a uma clínica veterinária, para não perder tempo. “Na clínica o espaço é melhor equipado se for a necessidade de cuidados especiais.” 

O veterinário informa que a vacinação é muito importante tanto para o animal, quanto para a população, pois a raiva é uma doença que pode ser contraída pelo ser humano. Anne Karoline Negrão Nicoletti é dona do poodle Sasuke, e o levou na manhã de ontem para ser vacinado. “Em outros anos ele foi vacinado em clínicas particulares. Como estamos morando aqui perto, trouxe-o aqui e tenho certeza de que não vou me arrepender”, fala. 

A aplicação da vacina não demora mais que dois segundos e pode ser feita até o dia 2 de junho nos 113 postos fixos e 33 volantes em todas as regiões de Sorocaba. Os postos fixos estarão em Centros de Educação Infantil (CEIs), escolas municipais e estaduais, hipermercados e estabelecimentos comerciais. O horário de funcionamento será das 9 às 17 horas ou em meio período, dependendo da localidade, das 9 às 12 horas ou das 13 às 17 horas.

 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar