Sábado, 30 de Maio de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Votorantim promove fórum especial Pré-Rio + 20

Publicada em 17/05/2012 às 02:08
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O jornalista e apresentador Paulo Henrique Amorim, da TV Record, fará a abertura do Fórum Pré-Rio + 20 em Votorantim (Foto: Divulgaçäo/Secom-PMV)
Dentro do conceito de "agir localmente para resolver problemas globalmente", o município de Votorantim será o único da região a realizar publicamente ato sobre a Conferência Mundial do Rio, que acontece no mês de junho. A Prefeitura local, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, em parceria com o Instituto Brasileiro de Administração Pública (IBAP), promove na segunda-feira (21), no Auditório Municipal "Francisco Beranger" (ao lado do Terminal Rodoviário), o Fórum Pré-Rio + 20. O evento terá ainda a participação de entidades ambientalistas locais e da região.

Durante o encontro, que ocorrerá das 8 às 13 horas, serão tratados temas como economias de baixa emissão de carbono, gestão sustentável das cidades e proteção ao Meio Ambiente nos próximos 50 anos. De acordo com a programação já definida, haverá a presença de diversas autoridades e palestrantes conhecidos nacionalmente inclusive. A partir das 8 horas, falará na abertura do Fórum Pré-Rio + 20 em Votorantim, por exemplo, o jornalista Paulo Henrique Amorim, da Rede Record de Televisäo; depois discorreräo também sobre suas experiências em torno da temática proposta a ambientalista e consultora em resíduos sólidos Marli Medeiros, dona de casa mundialmente conhecida, e ainda o escritor Augusto Cury, nacionalmente conhecido como autor de vários `best-sellers', entre outros.

O delegado federal dr. Joel Zarpellon Mazo, presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Federal e da IPA/Brasil - Distrito 27 (International Police Association), que possui larga experiência na área de Meio Ambiente, na visão da repressão aos crimes contra a natureza, deverá encerrar o encontro. Haverá ainda a presença de inúmeros outros convidados especiais, entre deputados, prefeitos, vices e secretários municipais de Meio Ambiente da região, além do público local, especialmente convidado. Na oportunidade, os participantes deverão deixar registrada também sua preocupação com o que  líderes de mais de 90 países vão discutir sobre o que afeta a vida das pessoas nas cidades da região e do Planeta durante a Conferência Mundial que acontece o mês que vem no Rio de Janeiro.

A mediação, apresentação e moderação do Fórum ficará a cargo do jurista Fernando Pinheiro Pedro, consultor de Direito Ambiental para diversos organismos oficiais do Brasil e do mundo.

APARTAMENTOS TÉRREOS A IDOSOS, PESSOAS COM DEFICIÊNCIA FÍSICA E MOBILIDADE REDUZIDA - Em recente sessão, a Câmara Municipal de Votorantim aprovou por unanimidade o projeto de lei de autoria da vereadora Fabíola Alves da Silva Pedrico (PSDB), que dá preferência para que idosos, pessoas portadoras de deficiência física ou com mobilidade reduzida tenham prioridade na escolha de apartamentos térreos nos conjuntos habitacionais populares beneficiados por programas habitacionais governamentais na cidade.

Para ter o benefício, prevê a iniciativa que as pessoas beneficiadas nos programas habitacionais terão que manifestar interesse através de requerimento e preencher os requisitos na forma da lei. O benefício é estendido tanto aos titulares, como a seus dependentes e deverá ser apresentado atestado médico reconhecendo as limitações. Segundo a vereadora, o projeto tem grande relevância por tratar-se de uma questão de acessibilidade. "Normalmente, os edifícios com até quatro pavimentos não possuem elevador, obrigando as pessoas a se locomoverem pela escada e isso muitas vezes dificulta e inviabiliza a escolha de um apartamento em outros pavimentos que não seja o térreo a essas famílias e este projeto visa, assim, melhorar a qualidade de vida dessas pessoas, reduzindo os efeitos de suas limitações e dando-lhes a condição de igualdade", destaca a vereadora.

Caso não haja manifestação de interesse por nenhum dos beneficiados, os apartamentos serão destinados normalmente.


Festa do Kaki Fuyu começa amanhã em Piedade

A décima-segunda edição da Festa do Kaki Fuyu de Piedade começa amanhã e segue até domingo, dentro do calendário de comemorações alusivas à passagem dos 172 anos de existência do Município. Haverá shows de artistas famosos, além de exposição e venda de caquis e outros produtos agrícolas da região. A festa foi oficializada no Calendário Turístico do Estado através da lei 14.549/11. 

Entre os meses de abril e junho (período de safra), os produtores piedadenses esperam colher este ano mil toneladas de caqui. Em 2011, cerca de 1.200 toneladas foram colhidas, mas neste ano houve queda de 20% na produção da fruta, queda esta atribuída às chuvas de granizo que caíram no final do ano passado. Os agricultores esperam vender cerca de 4 mil caixas somente durante a Festa do Kaki Fuyu, o que representa 500 caixas a mais que na edição anterior. A caixa, com pelo menos seis unidades, é comercializada de R$ 15 a R$ 35, sendo o valor médio de R$ 25. 

A 12ª Festa do Kaki Fuyu de Piedade será realizada na Praça de Eventos do Kai Kan, sede da Associação Cultural e Esportiva de Piedade (Acep), localizada na Rodovia José de Carvalho (SP-250), Km 101 - Trecho Piedade/Pilar do Sul. O prefeito de Piedade, Geremias Ribeiro Pinto (PT), veio, aliás, ao DIÁRIO DE SOROCABA esta semana, convidando todos a prestigiarem a Festa. 


Programação da Festa do Kaki Fuyu

É esta a programaçäo geral da 12ª Festa do Kaki Fuyu de Piedade:

* Dia 18, amanhä, sexta-feira: 
16 horas - Aberura oficial no Kai Kan
19 horas - Show com o Grupo "Ponto Cego"
21 horas - Show com a dupla Otávio Augusto e Gabriel

* Dia 19, sábado:
11 horas - Abertura da festa 
12 horas - Eduardo Neto
15 horas - Carlinhos Salles e Edu Lima
18 horas - Gilson e Marcos
21 horas - Show do grupo Maate Quente

* Dia 20, domingo:
11 horas - Abertura
12 horas - Apresentação de Taikô
15 horas - Banda "Em Movimento"
17 horas - Grupo "Voz do Morro" 
19 horas - Banda "Em Movimento"
21 horas - Show com a dupla Rionegro & Solimões



Itapetininga implanta prevenção de doenças do coração para crianças

Problemas cardíacos na fase adulta podem ser reflexos de uma má alimentação e falta de exercícios físicos durante a infância, como afirma o dr. Abel Pereira, médico em Itapetininga há mais de trinta anos, doutor em Cardiologia pela Faculdade de Medicina de Sorocaba, que junto com a professora dra. Tânia Martinez, livre docente em Medicina pela Unifesp e médica colaboradora do Instituto do Coração de Säo Paulo (Incor), coordenará o Programa "Prevenção de Doenças do Coração", voltado para crianças entre 6 e 14 anos de idade que freqüentam a rede escolar de Itapetininga. O programa é uma parceria entre a Prefeitura de Itapetininga e a Fundação Zerbini, ligada ao Incor de São Paulo.

O programa de prevenção vai funcionar em duas etapas. Na primeira etapa, serão selecionados 7 mil alunos da rede municipal de ensino, que irão passar por um processo de coleta de dados, com a coleta de sangue para a verificação do índice de colesterol - esta coleta será feita com um pequeno furo na ponta do dedo indicador. As crianças também terão suas medidas antropomédicas e pressão arterial aferidas, para constatar se alguma sofre de pressão alta. Na segunda etapa do projeto, serão incluídas mais 2 mil crianças.

Segundo a professora dra. Tânia Martinez, o programa tem o objetivo de tentar encontrar algum desvio, seja no peso, na pressão ou na alimentação, que indique a possibilidade daquela criança desenvolver algum problema cardíaco no futuro. "A Prefeitura de Itapetininga está de parabéns pela parceria, porque criança saudável será um adulto saudável e essas crianças também farão propaganda de uma vida com mais saúde para suas famílias, proporcionando, assim, uma maior qualidade de vida a toda a população por conseguinte", destaca a dra. Tânia. 


Dia da Luta Antimanicomial é comemorado em Itapetininga 

Amanhä, 18 de maio, é celebrado o Dia da Luta Antimanicomial. Nesta data, em todo o País são levantadas questões acerca do tratamento oferecido aos que sofrem de algum transtorno mental. É dia de reflexões e defesa dos direitos humanos e também dia de comemorações pelo avanço conquistado na luta da superação do modelo manicomial de assistência em saúde mental.

Em Itapetininga, para comemorar a data, a Secretaria Municipal de Saúde realiza nesta quinta-feira (17), na praça do Fórum Velho, uma mostra das atividades realizadas pelos clientes dos serviços da Rede de Saúde Mental de Itapetininga (Ambulatório de Saúde Mental, Núcleo Infantil, Casa do Adolescente, Caps Ad e Caps II). Já amanhä, sexta-feira, no Caps II, localizado no bairro da Chapadinha, haverá o I Inter Caps, com campeonatos de futebol, vôlei e handebol e participação dos atendidos pelos Caps's de outros municípios da região, como Votorantim, Piedade Tatuí e Sorocaba.

A Rede de Saúde Mental de Itapetininga funciona através de convênio firmado entre a Prefeitura local e o Instituto Educacional Assistencial e Social, com o objetivo de oferecer atendimento à população do Município, realizando o acompanhamento clínico e a reinserção social dos usuários pelo acesso ao trabalho, lazer, exercício dos Direitos Civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários.


Capão Bonito quer zerar déficit habitacional

Começou nesta semana mais uma importante etapa do Programa Habitacional de Capão Bonito, com a construção de mais 30 casas no Conjunto Habitacional do Jardim Boa Esperança. O início das obras foi comemorado por moradores que veem nas novas casas a oportunidade ter uma moradia mais digna.

A previsão da Secretaria Municipal de Planejamento, que coordena a obra, é de que as obras sejam concluídas num prazo de oito meses. O prefeito Júlio Fernando Galvão Dias inclusive ofereceu, na semana passada, um café da manhã no Paço Municipal para os trabalhadores que executaräo a obra e destacou a importância de se investir em setores como Saúde, Educação, Infraestrutura e Habitação. "Vocês, a partir de agora, são os grandes parceiros de nossa Administração. O trabalho de vocês, com certeza, trará novas perspectivas para muitas famílias de nossa cidade", destacou o prefeito.

Conforme ainda o prefeito, a Prefeitura deve realizar um dos maiores Programas Habitacionais da cidade, com a execução de maios 50 casas pelo Programa "Minha Casa, Minha Vida" e mais 300 já autorizadas pela Secretaria Estadual de Habitação na Vila Maria. "São obras que também geram empregos preciosos no setor de construção civil. Aliás, a Prefeitura tem sido uma das maiores geradoras de empregos neste setor, com inúmeras obras. No atual ritmo, acredito que nossa cidade irá zerar o seu déficit habitacional", frisou ainda o prefeito.

Os projetos estão sendo executados em parceria com os governos estadual e federal. Além da construção das casas, a Prefeitura de Capäo Bonito também já se preocupa com infraestrutura. Todos os projetos preveem asfaltamento e outras ações importantes voltadas à área de Educação e Saúde. O Conjunto Habitacional do Boa Esperança, por exemplo, deverá ganhar uma creche e a Vila Maria também.

CIDADE VEM EVOLUINDO - Capão Bonito vem, aliás, evoluindo muito nos últimos anos na questão habitacional. A Prefeitura conseguiu concluir a primeira etapa do Conjunto Habitacional do Boa Esperança e o Conjunto Jardim da Amizade e ainda, em contrapartida, levar infraestrutura a esses locais. "A casa não cumpre apenas as funções de abrigo, reprodução biofisiológica e lazer, mas é também o lugar onde está em jogo o `status' social, a natureza das relações de produção e acumulação, o estatuto jurídico da propriedade, as desigualdades sociais e a difusão de ideologias, em suma elementos configuradores da reprodução das relações sociais e econômicas, subjacentes a um determinado modelo de sociedade. A importância da habitação na estruturação da vida social decorre ainda da sua influência na materialização e reprodução da divisão técnica e social", finalizou o prefeito. 


TATUÍ

Workshop discute questões da mineração na região sudoeste 

Mais de 200 pessoas participaram do "Workshop sobre Mineração e Meio Ambiente", realizado no Auditório "Jornalista Maurício Loureiro Gama", do Nebam "Ayrton Senna da Silva". O evento teve por objetivo discutir a mineração, divulgar o trabalho do DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral) e estreitar relações desta autarquia com a comunidade minerária. 

O workshop foi uma realização da Prefeitura de Tatuí, DNPM, Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental do Estado) e DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), com apoio do Sindipedras (Sindicato da Indústria de Mineração de Pedra Britada do Estado de São Paulo), do Sindareia (Sindicato das Indústrias de Extração de Areia do Estado), do Comitê da Bacia Hidrográfica dos Rios Sorocaba e do Médio Tietê e da Associação de Recurso Hídrico da Bacia do Rio Tatuí. Entre os presentes, estavam o prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, o subsecretário de Mineração do Estado, José Fernando Bruno, o superintendente do DNPM/SP, Ricardo de Oliveira Moraes, o diretor da Cetesb, Geraldo do Amaral Filho, e o diretor do DAEE/Sorocaba, Renato Alves da Silva.

Entre os assuntos em pauta, estiveram "Licenciamento Ambiental da Mineração", "A importância da pesquisa mineral para a futura atividade de lavra", "Visão geral das principais receitas do DNPM", "Importância do acompanhamento dos processos minerários", "Relatório Anual de Lavra (RAL): ferramenta de gestão do Setor Mineral", "Procedimentos de outorga de recursos hídricos para mineração", "Ações do Sindareia em prol das minerações de areia no Estado de São Paulo" e o "Mercado produtor de Pedra Britada no Estado: Evolução, Perspectivas e Medidas Estruturais".


Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar